Cinema

Zootopia: Essa Cidade É O Bicho (2016)

O mundo das animações é um lugar mágico. É exitante, alegre e te deixa de coração quentinho seja você criança ou adulto ou qualquer que seja o pano de fundo utilizado, desde antigos à fabulosos e futuristas ou até mesmo dentro de você.

Zootopia é uma dessas animações de cidades gigantes e mágicas e porque? Porque todos os seus residentes são animais. A história é sobre a pequena coelha Judy Hopps (Ginnifer Goodwin de Once Upon a Time e com a voz de Monica Iozzi na nossa dublagem) que desde criança sonha em se tornar policial e trabalhar na cidade grande que nomeia o filme, até que finalmente consegue seguir seu sonho e se depara com uma série de desaparecimentos de animais predadores, como raposas, lobos e lontras.

É aqui que entra a primeira mensagem do filme que nós já vimos em outros filmes da Disney e que sempre é válido relembrar: SIGA O SEU SONHO. Não importa o que aconteça se você realmente quer algo, lute por isso. Se você quer, isso vale a pena, não importa quantas vezes pareça impossível ou que te digam que você não consiga, na verdade você consegue sim.

E aqui entramos na mensagem principal do filme que coloca Zootopia num patamar de realidade meio sumido ultimamente das animações: o preconceito. Existem inúmeros exemplos de preconceitos desde o começo do filme. Antes da pacificação predadores matavam as presas e alguns relembram disso até os dias atuais. Judy é um coelha fofinha e pequena, ela não serve para uma policial. Raposas como Nick (Jason Bateman de Quero Matar Meu Chefe, com voz de Rodrigo Lombardi na dublagem) são traiçoeiras. Predadores são perigosos. A discriminação que acontece como uma cultura, sem aprendizagem ou uma lei, é mostrada assim como a que terceiros insistem em manter não importa o que. Até mesmo os nossos próprios preconceitos que as vezes nem sabemos que existem, mas existem, e como isso é transportado de uma geração para a outra são mostrados e isso é de extrema importante em tempos como os que vivemos.

Zootopia é um convite claro a quem assiste à reflexão dos preconceitos internalizados e que, mesmo que isso não te faça automaticamente um pessoa cruel, a longo prazo isso fará algum mal não importa a sua intenção se não for trabalhado. Ninguém está acima de preconceitos, como você trabalha isso é o que importante. A sutileza e maestria com que o assunto é abordado é tão lindinho que, ah, Disney coraçõezinhos para você.

Além de todo o conjunto reflexivo e importante, não apenas para a nossa geração mas também para as futuras, a forma de abordagem ainda é de animação: divertida e bonita. E Zootopia dá um show com referências durante todo o filme como cenas de O Poderoso Chefão e 48 Horas, além das clássicas referências que a Disney faz consigo mesma como Robin Hood, Frozen e o ainda não lançado Moana.


Zootopia é a animação que volta a marcar a Disney num caminho certo novamente, de mensagens importantes para o famoso sonho de tornar o mundo melhor, divertido, leve e emocionante, de se assistir com toda a família e ir gravar a música que nossa querida Shakira fez para a trilha sonora. Vale a pena demais.

 

ficha técnica

Título original: Zootopia
Direção: Byron Howard, Rich Moore
Elenco: Ginnifer Goodwin, Idris Elba, Jason Bateman, Shakira, Jenny Slate, J. K. Simmons
Roteiro: Phil Johnston
Trilha sonora: Michael Giacchino, Sia
Duração: 108min.
País: EUA
Gênero: Animação
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge