Literatura

Umbigo sem fundo, Dash Shaw

Umbigo Sem Fundo

Umbigo sem Fundo centra-se na história da família Loony, que após anos separada, se vê obrigada a se reunir novamente. O acontecimento que delibera essa reunião é a separação, repentina para os personagens, do patriarca (David) e matriarca (Maggie) da família após 40 anos de casamento. Logo Denis (filho mais velho), Janie (filha do meio) e Pete (filho mais novo) são imersos em novos e velhos dilemas, obrigados a refletir sobre o que viria a ser o conceito de família para cada um deles, juntamente com projetos e aspirações que nem sempre se concretizam. Denis rejeita de todas as formas a separação por acreditar piamente em um conceito mais tradicional de família, enquanto Janie e Pete encaram essa tomada de decisão de seus pais de uma forma mais compreensiva, buscando apenas tentar entender as motivações que os levaram a tomar uma decisão tão “ponto sem retorno”.

Umbigo Sem Fundo - resenha

Um ponto bastante interessante na obra é que Pete é o único personagem que é antropomórfico, possuindo uma cabeça de sapo e usando sempre luvas brancas, com aquele ar cartunesco e “debochado” das grandes animações dos anos 60. O que traz um certo contraponto à própria personalidade do personagem, que para além de ser o mais novo dos irmãos, é o que menos se enquadra nos padrões normativos ao qual seus irmãos se encaixam. Estudante de cinema, tímido, usuário de THC, questionador, alguém que sempre se sente menor do que o é, com baixa auto estima, inseguro, humano.

Janie meio que representa o quão difícil é ser mulher até mesmo dentro de um lugar fraternal como é a família. Em todos os momentos ela é questionada por seu irmão mais velho sobre o porque de sua separação e apesar da mesma afirmar os motivos, existe uma premissa de desqualificação de seus argumentos que são entendidos apenas como uma espécie de sublimação do seu sofrimento. Fora que Janie acaba se tornando uma espécie de “mãe solteira”, já que seu ex-marido não assume as responsabilidades de pai, impondo a mesma assumir mais responsabilidades na criação de sua filha adolescente Jill, que passa por aqueles dilemas e problemas comuns a maioria dos adolescentes, inclusive esse que vos escreve se identifica com vários.

Umbigo Sem Fundo - resenha 2

Denis, irmão mais velho, nos parece ser o representante dos ideias conservadores da família, assim como dos papéis assumidos por cada um a partir de hierarquias de gênero, idade e etc. Desempregado, vê-se em uma crise existencial, após o anúncio da separação de seus pais, dando a entender que o casamento dos mesmos era o único elemento que ainda sustentava a sua maneira de enxergar as coisas. Ele se vê na responsabilidade de evitar com que a família, que nunca foi lá muito unida, se esfacele, impondo muitas vezes valores que são só seus. Isso fica muito evidente na relação dele com sua esposa.

David e Maggie apesar da separação, o que causa bastante desconforto em Denis , vivem muito bem e dividem entre si um respeito e um afeto enorme. Não apenas pelo fato de resolverem se separar que o respeito e o afeto que fora construído pelos mesmos tem que ruir. Essa relação é um dos pontos positivos da obra, e um dos pontos que mais causa estranhamento, até mesmo para quem lê a narrativa.

No final os Loony são um família. Entre brigas e desavenças, eles acabam sempre ficando juntos, ou em algumas vezes ensinando respeito a opiniões e valores diferentes dos seus. O que fica bastante evidente em Umbigo sem Fundo, é que Dash Shaw constrói um “épico” familiar não com o intuito de nos apresentar uma resolução ou um final feliz a um problema, muito menos uma projeção de um modelo familiar perfeito, mas pra demonstrar o que há de mais real nas relações sociais: o conflito. E como muitas vezes o caminho compreensivo é bem mais gratificante que simplesmente a imposição de uma única visão. Indico com toda certeza a leitura dessa Graphic Novel, que possui 720 páginas, sendo divida em três partes durante o período de mais de 2 anos. Apesar do tamanho que pode gerar medo em alguns leitores, a narrativa é bastante palatável e com um gosto de “quero mais”, que consequentemente transforma o “litígio” de tanta informação em um processo lúdico e dinâmico

informações

Cortesia da editora para resenha
Título: Umbigo sem fundo
Autor: Dash Shaw
Tradução: Erico Assis
Número de Páginas: 720
Edição: 1 ed., 2009
ISBN:9788535914924
Editora: Quadrinhos na CIA.
Preço: R$ 69,90 (Compre com desconto aqui)
Classificação: ★★★★☆

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Rodrigo Anunciação
    19/12/2016 at 2:59 pm

    nem sou de fazer isso mais tive que comentar… ótimo texto!

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge