Literatura

Um Mundo Brilhante, T. Greenwood

Após uma pequena maratona de livros distópicos e sanguinários, peguei Um Mundo Brilhante, da autora T. Greenwood para uma leitura que prometia ser bem light… só que aconteceu uma tragédia, a história não me prendeu e isso resultou na maior ressaca literária da minha vida! Lutei o mês de fevereiro inteiro para terminar o livro e aqui estou para contar o que achei.

Ben Bailey, um professor universitário que também trabalha como barman, sai de casa na manhã pós-halloween para pegar seu jornal e apreciar o primeiro dia de neve do ano na pequena cidade de Flagstaff, sendo que a primeira visão que tem é de um jovem índio najavo em seus últimos minutos de vida. Totalmente perturbado, ele acaba conhecendo a irmã do rapaz, Shadi, e se convence de que Ricky foi vítima de um crime de ódio.

A lembrança da imagem de Ricky morto está sempre presente em sua mente e ele está determinado a descobrir o que aconteceu. Ele passa a se encontrar mais vezes com Shadi e ao conhecê-la melhor começa a pensar em um futuro que nunca terá. Ben está noivo de Sara, e apesar de não amá-la mais, não acha certo abandoná-la depois de tantos anos. Ele terá que fazer escolhas, Ben, afinal, merece ser feliz? Ter a vida que sempre sonhou?

O que fazer quando o mundo em que você vive não é o lugar a que você pertence?

A narrativa de T. Greenwood é bastante fluida, com ótimas descrições e capítulos pequenos. Eu lia em média três por dia, antes de cair no sono. Ela levanta uma questão sobre preconceito étnico-cultural e faz com o que o leitor reflita sobre as escolhas da vida – ou ao menos tenta, já que isso não aconteceu comigo.

Desde o início, esperei pelo momento que o livro fosse começar de verdade. Que tivesse algum momento de ação ou de paixão. E isso acontece um pouco. O problema estava na falta de carisma dos protagonistas, não consegui me conectar com a história e sentir algo por eles. Na verdade, senti foi raiva. Ben é bastante acomodado com a vida que leva e não tem coragem de enfrentar a noiva que parece ter traçado o futuro inteiro dos dois, e ai se algo der errado em seus planos. Shadi me pareceu bastante inconveniente, até perceber que Ben tinha compromisso com outra. Apesar de toda a postura firme, ela se rendia fácil ao toque dele.

Não sei quem disse ao Ben que ele era o novo Sherlock Holmes, porque o cara quase larga a vida que tinha para investigar quem estava por trás da morte de Ricky. E nem comento as besteiras que ele comete durante esse período.

Quando criança, Ben perdeu a irmã mais nova e por isso, ele entende a dor de Shadi. É como se eles se completassem, e isso fez muita gente comparar a história com O Céu está em todo lugar. Por favor, não façam isso. O foco desse livro não é um romance de superação e sim nas escolhas que fazemos em nossa vida, no quanto estamos determinados a lutar por aquilo que queremos.

Nos capítulos finais, finalmente minha leitura engatou e conseguir ler mais rápido. Aconteceram coisas interessantes, apesar de serem bastante previsíveis, mas o final foi uma decepção total. Foi como se todo o livro tivesse sido escrito para passar uma lição de vida e a autora decidisse que era melhor ficarmos sem. Me senti totalmente enganada, de que minha leitura não levou a nada.

Talvez, pessoas que estejam indecisas quanto ao futuro, seja ele amoroso ou profissional, se identifiquem um pouco com o livro. Mas para mim foi uma perda de tempo. E uma dica, cuidem direitinho do livro, porque como eu carreguei ele pra todo lugar durante o mês, a capa que é realmente brilhante, começou a descolar  /cry

Título: Um Mundo Brilhante (This Glittering World)
Autor: T. Greenwood
Tradução: Ivar Panazzolo Júnior
Nº de Páginas: 336
Edição: 1ª – 2012
Editora: Novo Conceito
Preço: R$29,90
Classificação: ★½☆☆☆

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

14 Comments

  • Reply
    Juliana
    March 6, 2012 at 4:20 pm

    Oi, Thanny!

    JURA QUE COMPARARAM COM O CÉU ESTÁ EM TODO LUGAR? AFF, mata *tira a glock da mochila*

    Eu também não gostei do livro, e concordo que o final foi totalmente decepcionante. Não acrescenta nada na nossa vida, é só intensifica o quão morno o livro é ><" hahaha

    Dessa vez a NC não acertou, não :(

    Beijoooo"

    Ju
    julianagiacobelli.com
    Juliana recently posted..Novidades Nacionais #1My Profile

  • Reply
    Katy
    March 6, 2012 at 6:28 pm

    Eu já não tinha me interessado muito pelo livro… Aí leio a segunda crítica negativa. Alguma coisa deve estar bem errada. Alguns escritores têm boas ideias na cabeça, mas na hora de escrever não sai nada. Talvez isso tenha acontecido. Ou a história era ruim mesmo, vai saber… ^^
    Não espero ler não… Só se eu ganhar, ou algo assim.

    :*

  • Reply
    Ágata Bresil
    March 6, 2012 at 6:39 pm

    Uau, tava ansiosa para ler essa sua resenha porque este livro tem opiniões muito controversas. A sua é como quase todas as outras que li, mas com mais detalhes e mais fundamento. Eu estou com medo de ler esse livro e me decepcionar, pois decepções são muito ruins, com livros então… piorou. Enfim… preciso ler e formar minha opinião.

    Beijos.

  • Reply
    Juh Claro
    March 6, 2012 at 7:46 pm

    Depois de “Cidade dos Ossos” eu pretendo pegar esse pra ler, porque, né, é da NC e eu não posso atrasar mais a leitura :S Estou com medo porque até agora não li nenhuma resenha positiva sobre ele :/
    Eu super amei a capa (do livro e de chuva haha) e se visse em uma livraria sem ter ideia sobre o que ele se trata, pegaria só por ser brilhante (pena que a sua está descolando, poxa!). Vou ler porque tenho curiosidade em saber se também vou achar sem graça e se não vou me conectar com nenhum personagem igual você, isso seria péssimo :/ mas se tivesse a opção de não ler (se não tivesse o livro aqui, por exemplo), acho que não leria mesmo.

    Pelo menos é um lindo livro pra enfeitar a estante HAHA
    Beijo :*
    Juh Claro recently posted..Resenha: Alice no País das Maravilhas – Lewis CarrollMy Profile

  • Reply
    Caue
    March 6, 2012 at 9:37 pm

    jah tinha lido algumas resenhas do livro e achado ateh bem interessante, mas agora fiquei um pouco com o pé atrás dpois da sua resenha D: uma pena vc num ter gostado do livro e ainda mais se decepcionado com o final, acho q eh uma das piores coisas q pode acontecer durante a leitura >.<


    hangover at 16

  • Reply
    Vanessa
    March 6, 2012 at 10:48 pm

    Parabéns pela resenha Thanny! Estou ansiosa para ler Um Mundo Brilhante! Beijos!
    Vanessa recently posted..Lançamentos/Março – Grupo Editorial PensamentoMy Profile

  • Reply
    Mariana Baptista
    March 7, 2012 at 1:04 am

    Já li uma resenha sobre esse livro, e também não foi nada positiva.. Pela sinopse achei que iria gostar, mas depois de ler sua opniao, acho que nunca vou ter coragem de tentar ler HAHAHA

    Beijo
    http://semquerermeintrometer.blogspot.com/

  • Reply
    Bruno M.
    March 7, 2012 at 1:41 am

    Pois então… Eu to com o livro ali descansando na estante porque estou me curando de uma ressaca literária, e todo mundo que eu vi lendo esse livro, disse que ele era lento. Eu ODEIO isso. E essa história parece ser tão chatinha. Não sei, acho que vai ser igual a O preço de uma lição que ta aqui até hoje e eu to esperando força do além pra encarar ele! rs Beijos!

    @minha_estanteMinha Estante
    Bruno M. recently posted..Comentarista do Mês: Março – Kit “Para Sempre”My Profile

  • Reply
    Virginia de Oliveira
    March 7, 2012 at 5:02 am

    Tenho que ler esse livro nem que seja para mim decepcionar como você, vi resenha positivas e negativas sobre ele e estou querendo muito ler ele e tirar minhas próprias conclusões.

  • Reply
    Breno Rodrigues
    March 7, 2012 at 11:39 am

    Não li “O céu está em todo lugar”, mas tenho convicção de que não se parece nem um pouco. Baseado nas resenhas que li.
    Também senti a mesma coisa ao ler esse livro, ia passando as páginas esperando a história engatar… mas nada! Sempre no mesmo ritmo. =(
    Gostei da resenha, parabéns! =D

    Bjão
    Breno Rodrigues recently posted..Resenha: Ainda não te disse nadaMy Profile

  • Reply
    Ceile
    March 7, 2012 at 6:59 pm

    Putz, tanta gente falando mal deste livro.
    Eu jurava que era daqueles que pegava de jeito e arrancava muitas lágrimas.
    Sim a capa é linda, mas do que adianta, né? /sigh

    Vai ser bem difícil conseguiu ler agora, pq já tanta coisa negativa e isso bloqueia ainda mais meu “carisma” com os personagens… /cry

    Um beijo!
    Ceile recently posted..Livro de Joaquim – Laura MalinMy Profile

  • Reply
    Camila Costa
    March 8, 2012 at 7:30 pm

    eu nao cheguei a odiar tanto o livro, mas também não o considero uma das minhas melhores leituras não, para mim o Ben é um bosta, sinceramente que cara cocozento –‘ Parece que nesse livro todo mundo é infeliz e não sabe viver, sei lá =/
    Camila Costa recently posted..Noticias Vindas com o VentoMy Profile

  • Reply
    Brenda Lorrainy
    March 9, 2012 at 12:27 am

    Ótima resenha Thanny!

    Suas impressões foram quase todas iguais as minhas, mas diferentemente gostei do final. Achei que Ben merecia acabar como acabou. Se fosse um final parecido com algo do que ele tentou fazer o livro inteiro aí que ficaria com raiva. Porque ele nunca lutou o suficiente para merecer!
    beijoo
    Brenda Lorrainy
    cataventodeideias.com

  • Reply
    Kamila Wozniak
    March 20, 2012 at 2:11 am

    Ih! … esse é dos próximos na lista pra eu ler … tem 4 na frente dele … rs
    Quando se tem essa impressão de um livro … sei lá … parece akeles filmes q pensamos pra q foi feito neh …

    :S

    Vou ler … vamos ver qual será minha impressão rs já q qnd todo mundo adorou O Morro dos Ventos Uivantes eu fui a unica a detestar hehe vai q esse tbm eu nao sou do contra rs

    Beijao

    Ka Wozniak
    Cinco das Artes
    Kamila Wozniak recently posted..Por Vir #11 – ShowsMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge