Diário de Viagem

Tudo sobre The Making Of Harry Potter

“After all this time?”
“Always…”

The Making of Harry Potter  The Making of Harry Potter
Há pouco mais de uma semana, tive uma das melhores oportunidades da vida e realizei um dos meus maiores sonhos: viajar pra Londres. É óbvio que mesmo tendo pouco tempo, resolvi colocar em prática minhas habilidades de turista e partir para minha maior aventura em solo britânico: viajar até Leavesden e embarcar no mundo mágico de The Making of Harry Potter.

Como fã, aviso que é uma experiência INCRÍVEL e se você passar por Londres, é um lugar OBRIGATÓRIO para ir. A primeira coisa a fazer é comprar o ingresso com antecedência, pois não há venda de ingressos no local. Toda visita é agendada e com hora marcada, e no dia, deve-se trocar o voucher que você recebe por email por seus ingressos.

O Warner Bros Studio Tour London fica em Leavesden, a 40 minutos de trem do centro de Londres, na Inglaterra. Para chegar, vá de metrô até Euston (linha Victoria) e de lá pegue um trem direto para Watford Junction, a parada final. De lá, damos de cara com um ônibus todo decorado com o tema e logo de Harry Potter, e é ele que vai te levar até os estúdios (eles custam 2 libras e tem limite de pessoas para entrar).

The Making of Harry Potter

 

Quando começaram a filmar o primeiro filme, Harry Potter e a Pedra Filosofal, ninguém imaginava as proporções que a franquia tomaria. Foram mais de 10 anos de preparação e dedicação para se tornar o que é hoje, Daniel Radcliffe, Rupert Grint, Emma Watson, e tanto outros atores que fizeram parte, cresceram ali, no meio de todos aqueles cenários e agora temos a oportunidade de estar DENTRO dele.

Logo no saguão de entrada, damos de cara com vários pôsters dos personagens ao longo dos filmes e também com uma loja que é o paraíso de qualquer fã (DICA 1: entre na loja só ao final da visita para não surtar cedo demais).

Quando sua visita começa, somos guiados até uma sala onde é feita uma primeira projeção, um pouco sobre os estúdios, entrevistas entre outras coisas. De lá, vamos até um cinema onde fazem uma retrospectiva de todos os filmes e que vai fazer com que seus olhos encham de lágrimas, mas calma, isso piora. No final, Daniel, Emma e Rupert nos convidam a entrar nesse mundo mágico, a tela do cinema sobe e A ENTRADA DE HOGWARTS APARECE BEM A SUA FRENTE E VOCÊ ESTÁ DENTRO DO GREAT HALL!

The Making of Harry Potter
 

Depois de algumas instruções dadas pelos funcionários (que são super simpáticos <3), você pode caminhar pelos estúdios por conta própria. Depois do Great Hall, entramos num enorme galpão, onde vários sets estão espalhados, como o dormitório de Grifinória com os objetos de cena que nunca foram mudados e figurinos do trio ao longo dos filmes, a cabana do Hagrid, o Caldeirão Furado, pedaços do Ministério da Magia, um simulador de quadribol que você pode jogar (mas não é permitido fotos), entre outros lugares.

The Making of Harry Potter  The Making of Harry Potter
The Making of Harry Potter

Na segunda parte, chegamos até as locações externa do estúdio, e logo damos de cara com a ponte de Hogwarts, o Knight Bus, a casa dos Dursley, e claro, a famosa cerveja amanteigada! (DICA 2: Se você AMA coisas doces, se esbalde na cerveja amanteigada! Ela lembra bastante guaraná com chantili e custa apenas 2 libras)

Do lado de fora também podemos ver as peças de xadrez gigantes do primeiro filme, e algumas máscaras utilizadas durante as gravações dos filmes, além de bonecos dos atores, animais (Bicuço e Hedwig se movem!) e é claro, o Dobby.

The Making of Harry Potter

Momento “estou morrendo de frio mas parando pra foto”

Logo em seguida, entramos em um novo galpão, esse um pouco menor mas nem por isso menos incrível, sabe por que? ESTAMOS NO BECO DIAGONAL! Sim, tem a Floreios e Borrões, Gringotes, a Loja de Varinhas do Olivaras, o Profeta Diário, e claro, Gemialidades Weasley! Confesso que quando entrei lá senti meus olhos enchendo de lágrima, mas pode ter sido só impressão…ou não.

The Making of Harry Potter The Making of Harry Potter
 

Depois de passear pelo Beco, entramos numa sala de maquetes, desenhos da produção, fotografias, e no final dela…A MAQUETE DE HOGWARTS INCRIVELMENTE ENORME E MARAVILHOSA! Ela é muito grande, e vale muito a pena ficar observando todos detalhes dela.

The Making of Harry Potter

 

A visita vai chegando ao fim, a vontade de morar lá dentro aumenta cada vez mais, mas ainda não acabou! Você ainda entra em uma sala cheia de caixas de varinhas, e cada uma delas tem o nome de alguém do elenco ou da produção do filme, ou seja, tem milhares de caixinhas (eu achei dos gêmeos Phelps, do Daniel Radcliffe, do Tom Felton e da Bonnie Wright!).

Nossa jornada termina na loja que mencionei no começo e bem, agora é só pirar com os milhares de acessórios, varinhas, cachecóis, doces, chocolates e feijõezinhos de todos os sabores, e claro, muito Harry Potter!

The Making of Harry Potter

“As histórias que mais amamos moram conosco para sempre, então se você voltar as páginas ou a telona, Hogwarts sempre estará aqui para lhe receber de volta ao lar.” J. K. Rowling

DICAS PARA O DIA DO PASSEIO

  • Chegue pelo menos 45 minutos antes do horário da entrada. Em época de alta temporada, as filas para troca de ingresso podem ser bem grandes.
  • Se você estiver preocupado com alimentação no local, fique sossegado! Tem uma praça de alimentação com Starbucks e uma loja com lanches naturais, entre outras coisas, logo na entrada dos estúdios.
  • Se você está preocupado em como chegar aos estúdios, saiba que tem ônibus direto da estação Victoria para lá, porém o preço é bem salgado, cerca de 29 libras (ida e volta). Você também pode optar pela rota que eu escolhi por ser mais em conta (e um pouco mais demorada, mas nada demais), indo de metrô (ou tube, como eles costumam chamar) até a estação Euston e de lá pegando um trem para o ponto final, em Watford Junction. Ao sair da estação, você verá um letreiro escrito “The Making of Harry Potter”, onde você pegará um ônibus para os estúdios por 2 libras.
  • O metrô londrino é BEM diferente do nosso, então pegue um mapa das estações para não se perder e acompanhe o nome dos trens nos painéis para saber os horários certos. Se mesmo assim você continuar confuso, pergunte! Os londrinos são bem simpáticos e sempre dispostos a ajudar pessoas perdidas pelo metrô.

 

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Tarsila Martins
    November 14, 2014 at 4:13 pm

    Esse é um dos meus maiores sonhos, viajar pra Londres e conhecer The Making of Harry Potter. O que me falta é oportunidade $$ hahaha.
    Mas eu estou planejando ir lá daqui a uns 2 anos, vou juntar o dinheirinho porque sei que vou ficar louquinha com a lojinha.
    Beijos!

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge