Coluna

Injustiçados do Oscar

Todos os anos é a mesma coisa. Tem aqueles filmes que levam estatuetas e você chora de emossoa~, e aqueles que levam um monte de coisa sem você não entender por quê. Mas, mais que tudo, tem os injustiçados, que você fica eternamente se lamentando não ter ganhado isso ou aquilo.

Nossa equipe reuniu alguns nomes que foram ignorados pela Academia. É claro que existe muito mais, mas aqui tem um aperitivo.

A melhor trilha sonora de 2011

No meio da treta entre os fãs de Inception e os fãs de The Social Network, a categoria de “Melhor Trilha Sonora Original” foi a maior discórdia do Oscar daquele ano: ao invés de premiar o compositor mais genial do mundo, que fez uma trilha sonora completamente diferente e única, os arranjos eletrônicos de Trent Reznor e Atticus Ross levaram o prêmio para casa. Não que a score de TSN seja ruim, porque não é (inclusive é uma das minhas preferidas). Mas COME ON. Hans Zimmer praticamente mudou aquele ano, visto que os “BRRRRRRRMMMMMMMMMMMM” viraram festa na internet e na vida real. Fora que é Hans Zimmer e Hans Zimmer merece prêmio por existir.

O caso Kubrick-DiCaprio

Vocês sabem muito bem do que se trata. Stanley Kubrick possui diversas obras-primas, clássicos incomparáveis do cinema (Laranja Mecânica, Lolita, O Iluminado entre tantos outros), mas morreu sem levar uma estatueta sequer pela direção. O único prêmio que possui é por efeitos especiais em 2001: Uma Odisséia no Espaço.
Já nosso conhecido Leo DiCaprio é a personificação da injustiça. Suas três indicações, todas para melhor ator (O Aviador, Diamante de Sangue e Gilbert Grape) foram ignoradas. E está bem que ele concorreu com caras como Tom Hanks, Jamie Foxx e Forrest Whitaker, mas e todos os outros filmes nos quais sua atuação foi excepcional e ele nem ao menos foi citado? Os Infiltrados, Django Livre, A Origem, Gangues de Nova York, Prenda-me se for Capaz, nós poderíamos passar o dia inteiro sofrendo por ele.

Alfred Hitchcock

O rei do suspense foi, meus senhores, indicado à categoria de Melhor Diretor por 5 vezes, inclusive por Psicose, mas adivinhem quantas estuatuetas ele levou pra casa? Se você disse “nenhuma”, acertou na mosca.

O Melhor Filme de 2010

Primeiramente, me expliquem como diabos Guerra ao Terror ganhou. Se um dia encontrarem a resposta, digam-me, pois mesmo depois de todo esse tempo ainda estou curiosa. A categoria contava, entre os concorrentes, com Educação, Bastardos Inglórios, Preciosa e Um Sonho Possível, além de Avatar (drrt, nem sei o que fazia ali também). Honestamente, essa foi uma das maiores sacanagens da Academia: dar o prêmio de Melhor Filme e Melhor Diretor para algo arrastado, sem roteiro e ignorar as obras primas que são Preciosa e Bastardos Inglórios

Perdi, mas saí ganhando

COLIN FIRTH
Em 2009, um ano antes de Colin Firth finalmente ganhar sua estatueta por Discurso do Rei, ele também foi indicado a Melhor Ator, mas acabou perdendo para Jeff Bridges, que saiu vitorioso por Coração Louco. Ok, ok, Jeff Bridges é um ator espetacular, mas a atuação de Firth em Direito de Amar merecia, sim, todos os prêmios possíveis.

FERNANDA MONTENEGRO E CATE BLANCHETT


Quem se lembra de Shakespeare Apaixonado? Filme muito lindo, não é? Sim, mas a injustiça ocorrida no Oscar de 1999 não foi. Gwyneth Paltrow, a vencedora, concorria na mesma categoria (Melhor Atriz) com Cate Blanchett, por sua linda e esplendorosa Rainha Elizabeth I, e a brazuca Fernanda Montenegro, por Central do Brasil. A verdade é: tínhamos duas atrizes impecáveis concorrendo, tanto que roer os dedos era pouco para tal enorme indecisão, mas a Academia foi sacana e, olha só, deu o prêmio para quem menos merecia.
P.S.: Shakespeare Apaixonado também ganhou como Melhor Filme, embora O Resgate do Soldado Ryan e Elizabeth fossem muito mais merecedores.

EDWARD NORTON E TOM HANKS

Sim, 1999 foi o ano das injustiças na Academia. Na categoria de Melhor Ator estavam concorrendo Tom Hanks, Ian McKellen, Nick Holte, Edward Norton e Roberto Benigni, mas quem ganhou foi o último, por A Vida é Bela. Acontece que Tom Hanks e Edward Norton tiveram o que podemos chamar de “atuação da vida” naquele ano e nem foram agraciados com o prêmio.

Brasil?

Muitas vezes, os nacionais nem entram para a lista de corte do Oscar. Rio, com sua única indicação, Central do Brasil, O Palhaço e Tropa 2 são só alguns dos nomes subestimados na premiação. Muitas vezes, a displicência começa aqui mesmo no nosso país. São mandados como opções filmes sem apelo público ou sem o toque de arte que a Academia exige. Mesmo que tenhamos filmes a nível internacional como O Homem do Futuro, estamos sempre rodando em círculos. Até quando?

O que aconteceu com a minha indicação?

O CAVALEIRO DAS TREVAS RESSURGE

2233997-199183-1280
A melhor coisa a se dizer é: COMO ASSIM?????? A conclusão da melhor trilogia Batman de todos os tempos foi incrivelmente coesa e brilhante (pfvr, quem não tava com medo do roteiro ficar estragadão com tanto personagem?), mas o que a Academia fez? Não deu nem uma indicaçãozinha sequer! NEM PRA CATEGORIA TÉCNICA!!!!!!!!!! Tem que ver isso aí.

SHAME
Ok, era filme de festival e é verdade que a Academia não gosta de filmes de festival. Mas pelo barulho que Shame fez em sua estreia, é bem difícil acreditar que eles simplesmente não souberam da obra de Steve McQueen. Michael Fassbender e Carey Mulligan estão em sua melhor forma, dando tapas na cara de tão bons atores, Fassbender é indicado ao Globo de Ouro AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAND… Nope, o Oscar simplesmente fingiu que Shame nunca existiu. É difícil aceitar que, por puro conservadorismo, perderam a chance de dar destaque a um belíssimo filme.
(also, putaria demais, Academia does not like)

Ninguém se lembra das categorias técnicas

DRIVE
A categoria: Melhor Edição de Som. O filme: provavelmente uma das coisas mais ótimas que já fizeram. Fotografia, roteiro, direção, ATUAÇÕES, tudo nesse filme é perfeito e deveria ter sido reconhecido. Perdoo esta categoria porque Drive perdeu para A Invenção de Hugo Cabret, outro filme de grande qualidade. Mas, POR FAVOR, não indicar a atuação sensacional de Ryan Gosling é um absurdo. E para pedir desculpas sobre esse crime, acho bom o pessoal do Oscar criar a categoria de “Melhor Ryan Gosling” e premiar esse poço de talento todo santo ano, porque só assim para perdoar. (Inclusive, Carey Mulligan foi esnobada duas vezes no mesmo ano por duas ótimas atuações em dois ótimos filmes. Sacanagem.)

TRON: LEGACY

tron_legacy
EU SEI, o filme não é a coisa mais maravilhosa do mundo se tratando de filme, mas é a coisa mais incrível, visualmente falando. E tem que ser, literalmente, cego para não perceber isso. Tron merecia, NO MÍNIMO, ter ganhado “Melhores Efeitos Especiais” e “Melhor Fotografia”. No mínimo. E daí a Academia faz a cagada de só indicar em uma categoria, esta sendo “Melhor Edição de Som”. Quem já assistiu o longa sabe que não estou exagerando quando digo que este é um dos filmes mais lindos e diferentes já feitos (esteticamente falando), sem contar que Jeff Bridges destrói com sua atuação. É bonito e muitíssimo bem feito, então considero uma grande babaquice que a maior premiação do cinema não reconheça as qualidades de Tron.

ANNA KARENINA
A injustiça é simplesmente estar só nas categorias técnicas. O filme de Joe Wright é maravilhoso, mas apenas o figurino, a trilha sonora e a fotografia que foram reconhecidos pela Academia, enquanto a obra deveria ser reconhecida não só pelo Oscar, mas por todas as premiações por ai.
Palmas para Keira Knightley, Jude Law e Alicia Vikander (juro, essa mina ainda vai ser uma bendita papa prêmios) também.

BULLEM

CHRISTOPHER NOLAN

4049-Christopher Nolan
Chris Nolan é um gênio. Ele tem 42 anos e o mundo todo já sabe disso. Dos 10 filmes que ele dirigiu, mais da metade está entre os 250 com maior nota no IMDb, entre eles o mindfuck A Origem E o já citado sem indicações O Cavaleiro das Trevas Ressurge. O diretor e roteirista vem sofrendo bullying há tempo de mais e os fãs de seu trabalho estão cada vez mais frustrados. :(

BEN AFFLECK
Não, 2013 não foi a única vez que o Oscar ignorou o grande talento de Ben Affleck na direção. Dá para perdoar a não-indicação por Medo da Verdade, mas não dá para perdoar por Atração Perigosa. Jeremy Renner concorreu como Ator Coadjuvante por esse filme, mas nenhuma outra categoria foi reconhecida. Ben merecia por ter dirigido um longa tão bom, diferente e tenso num ritmo perfeito. Ele até conseguiu arrancar uma boa atuação de Blake Lively, mesmo que nem todo mundo a respeite como atriz. Suas escolhas na direção são ótimas, e o homem sabe bem o que está fazendo, porque os três longas que tem no currículo como diretor são muito bons. Diria até que seria justo que ele ganhasse mais indicações de roteiro, inclusive (por incrível que pareça, Ben e Matt Damon ganharam um Oscar pelo roteiro de Gênio Indomável). Enfim. O negócio é esperar os próximos filmes de Affleck e torcer para que passem a respeitá-lo mais ainda. Porque ele merece.

TIM BURTON

edward_scissorhands15

Hoje em dia todo mundo idolatra o Tim, não é? Infelizmente, não venho aqui falar de seus trabalhos mais recentes. O diretor nunca, repito, N U N C A foi indicado à categoria de Melhor Diretor, por mais que os filmes Edward Mãos de Tesoura e A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça se destaquem como seus melhores trabalhos e também como os melhores filmes que temos ao nosso alcance.

MARTIN MCDONAGH
Ok, o cara já ganhou Oscar por curta-metragem e já concorreu pelo roteiro incrível de Na Mira do Chefe. PORÉM a Academia e todas as outras premiações resolveram ignorar seu novo filme, Sete Psicopatas e um Shih Tzu (que é a coisa mais maravilhosa da face da Terra e AMÉM). Não só ignoraram o roteiro e a direção como também fizeram a cagada de fingir que a atuação de Colin Farrell não estava magnífica, que Christopher Walken não estava sensacional e que Sam Rockwell não devia já ter sido indicado por ser um dos melhores atores de sua geração e por NUNCA fazer feio (não indicaram o moço por Lunar, meu povo, COMO PODE ISSO?). Gente, sério, PREMIEM TODA A EXISTÊNCIA DO SAM porque o cara merece. E tenho dito.

Por Byzinha, Sammy e Geo

You Might Also Like

16 Comments

  • Reply
    Cin
    24/02/2013 at 9:44 pm

    muito verdade hein gente, injustiça çascoisa ai.

  • Reply
    Vanessa
    24/02/2013 at 9:58 pm

    Pobre, pobre, pobre Leo! Ele é praticamente o Corinthians na Libertadores do Oscar (?).
    O Tim Burton também já deveria ter ganhado alguma coisa! Edward Mãos de Tesoura e A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça são dois dos meus filmes favoritos de todos os tempos!
    Vanessa recently posted..Livro #9: Orgulho e Preconceito, Jane Austen.My Profile

  • Reply
    Bárbara
    24/02/2013 at 10:35 pm

    Concordo com os casos de Leo DiCaprio que tinha tudo para ser indicado ao Oscar de melhor ator por Diamante de Sangue, Tim Burton pelos maravilhosos filmes que ele faz e o filme de Anna Karenina que para mim tinha que estar concorrendo a categoria de melhor filme. /roll

    • Reply
      Byzinha
      25/02/2013 at 3:04 pm

      Ele foi indicado por Diamante de Sangue, mas não ganhou.

  • Reply
    Mariana Moreno
    24/02/2013 at 10:35 pm

    Simplesmente amei o post! Realmente, ás vezes fico revoltada por conta de tantas atuações maravilhosas que são esquecidas no Oscar. Tadinho do Leo, nunca ganha nada… Ah, e como pode o Tim Burton nunca ter sido indicado? Ele é o CARA!

    Bjs

    http://marianaesuaestante.blogspot.com.br/
    Mariana Moreno recently posted..A Culpa é das EstrelasMy Profile

  • Reply
    Andreia Rainha
    25/02/2013 at 2:05 pm

    “incrivelmente coesa e brilhante” não né? Também gosto do filme mas tem furos que me incomodaram muito no cinema. Não entendo como podem dizer que é melhor que Vingadores.

    • Reply
      Byzinha
      25/02/2013 at 9:08 pm

      Não entendo como você pode ser grosseira.

  • Reply
    Tarsila Martins
    26/02/2013 at 5:43 pm

    Concordo bastante com você.
    Admiro muito Tim Burton, meu sonho era fazer cinema e ter a possibilidade de chegar aos pés dele (mas isso é impossível, já que no meu estado não tem o curso de cinema em faculdade boa), acho uma injustiça ele não ter ganhado nenhum Oscar, ou ao menos ter sido indicado. Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge foi um filme muito bom, é uma pena não ter sido indicado ao Oscar também. E o nosso querido Leo DiCaprio que já teve maravilhosas atuações e sempre fora esquecido. Na maioria não posso opinar porquê não conheço muito, mas dos casos que sou conhecedora concordo plenamente com você.
    Tarsila Martins recently posted..Oscar 2013 #02My Profile

  • Reply
    Lucas Magalhães
    26/02/2013 at 7:59 pm

    Lindo post, parabéns.

    • Reply
      Byzinha
      26/02/2013 at 9:42 pm

      Comentário inspirador.

  • Reply
    Lucas Magalhães
    26/02/2013 at 8:00 pm

    Lindo post, parabéns :]

  • Reply
    Carlos
    02/03/2013 at 12:00 am

    Você pode não ter gostado do filme, mas acredito que existem, sim, razões para “Guerra ao Terror” ter ganho. Primeiro, porque é considerado uma obra-prima pela crítica (http://www.metacritic.com/movie/the-hurt-locker), ao contrário de Bastárdios Inglórios (que foi elogiado, mas não tinha lá essa aclamação toda.) Aliás, afirmar que trata-se de algo “sem roteiro” também soa desonesto (leia a crítica do brasiliero Pablo Villaça ao filme – http://www.cinemaemcena.com.br/plus/modulos/filme/ver.php?cdfilme=6068).
    Em segundo lugar, há outra razão bem mais forte: Kathryn Bigelow é a única mulher a ter ganho o prêmio de melhor direção em 85 (!) anos de Academia. No fundo, mesmo que você odeie o filme, deve ver esse mérito vindo de um grupo de votantes tão conservador (mais de 60% composto por homens, brancos e idosos – vejo nessa porcentagem uma razão para O segredo de Brokeback Mountain não ter ganho Melhor Filme).

    Quanto à Fernanda Montenegro: concordo que ela deveria ter ganho, mas infelizmente o Oscar prefere atrizes com menos de 30 anos e bonitonas. O mesmo ocorreu neste ano: Jennifer Lawrence com seu mediano O Lado Bom da Vida bateu a excelente Emannuelle Riva em Amor.

    O fato é que pelo menos, DiCaprio teve indicações e Ben Affleck já tem duas estatuetas. E quem nunca foi indicado? Acrescentaria à lista Alan Rickman, sem dúvidas.

    • Reply
      Geo
      02/03/2013 at 3:14 pm

      Excuse you, senhor, mas aclamação da crítica não quer dizer filme bom. E esse seu comentário está me cheirando a crítico de Filmow que só sabe se fazer de cult.
      E isso tudo é questão de opinião, entende? Só não tente me dizer que coloquei Guerra ao Terror ali só pela minha opinião. Acho o filme uma droga, sim, mas outros compartilham desse pensamento. É um consenso, cara, eu assisti ao filme, eu não vi roteiro, eu não vi nada que fosse digno de Oscar e fui compartilhar a minha opinião. Acontece que outros também acham a mesma coisa que eu. MUITOS acham. Se fosse só eu, cara, você poderia chamar de recalque.
      E sobre a Bigelow ser a primeira mulher premiada na categoria, woah, bom pra ela e pra Academia que deixou de ser atrasada, mas isso não quer dizer que a premiação foi justa ou que o filme é, em si, bom.
      Sobre a Fernanda Montenegro… qual é o Oscar que você anda vendo? Atrizes com menos de 30 e bonitonas? Meryl Streep tem mais que o dobro dessa idade, Helen Mirren também, que ganhou em 2007 por A Rainha. Não nego que a premiação de Jennifer Lawrence este ano foi injusta, mas esse seu argumento, honestamente, é um tanto infundado, não acha?

    • Reply
      Geo
      02/03/2013 at 3:31 pm

      E desculpa, cara, mas você é machista. Os méritos, digamos assim, da Bigelow são de diretora cinematográfica, não de mulher diretora de filmes. Honestamente, que diferença faz ela ter uma vagina ou não? Ainda dirige filmes, ainda não teve seu prêmio merecido como tantos outros.

    • Reply
      Sam
      02/03/2013 at 3:35 pm

      Não me diga que Katharine Hepburn só ganhou os 4 Oscars que ganhou porque era bonita e tinha menos de 30 anos, meu caro. E sem essa de que a Bigelow merece respeito porque é uma mulher que ganhou Oscar de melhor diretor. É bacana? Sim, definitivamente. Mas Kathryn merece se respeitada por ser uma diretora de cinema, não por ser uma diretora de cinema que tem uma vagina. Quase todas as mulheres tem, aliás.
      E críticas nunca fizeram filme. Não importa o que elas dizem, porque, no fim, o que importa é a opinião do espectador ao assistir, não o que um “entendido” do assunto pensa. Nem todo mundo se importa com a opinião dos especialistas. Sem falar que existem excelentes filmes que a crítica fez questão de massacrar. Por favor, né.

  • Reply
    Luíz
    03/08/2016 at 9:06 pm

    Guerra ao terror é um ótimo filme, você considerar uma injustiça o prémio de melhor filme e direção, realmente só odiando o filme, pois o filmes tem grandes méritos em todas as indicações que venceu, não ter gostado do filme não significa que ele seja ruim, acho que você devia tentar assistir de novo, já que você conversou com outras pessoas que compartilham da sua opinião, procure tentar saber por que o filme é considerado bom por outras pessoas, tente ver com uma perspectiva diferente, quem sabe você possa até gostar do filme. Mas que guerra ao terror é um filme relevante pra Óscar isso não é dúvida, independente de ter gostado ou não, não ter enxergado isso mesmo assistindo o filme é uma pena.

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge