Coluna

Filmes de Natal

É natal! \o/

Okay, ainda faltam algumas semanas, mas isso não te impede (e nem as emissoras de televisão) de começar a fazer maratonas de filmes natalinos. E nós fizemos uma pequena seleção, mesmo não sendo grandes fãs desse tipo de filme. Mas cá entre nós, sempre tem aquele que marcou sua infância, né? Ou aquele que sempre te faz chorar no sofá. Ou até mesmo aqueles que conseguem te fazer rir com piadas bobas. Afinal, esse é o espírito do natal afetando suas emoções.

O Grinch (2000) por Thanny

Baseada em um conto de Dr. Seuss, O Grinch, interpretado por Jim Carrey, é sem dúvidas um dos melhores filmes de natal. A criatura verde e peluda simplesmente odeia as festividades natalinas e tenta estragar a festa dos moradores de Quem-lândia roubando os presentes e enfeites com seu cachorro Max. Mas ao ser descoberto pela pequena Cindy Lou, que quer descobrir o verdadeiro significado do natal, irão se aventurar juntos para encontrar essa resposta. Será que o Grinch vai deixar de ser tão mesquinho e sentir o espírito natalino?

Agora a pergunta que não quer calar: Quem se identifica com o Grinch? *eu*

Esqueceram de Mim (1990)

Quem nunca desejou que sua família desaparecesse? Esse era o desejo de Kevin McCallister e acabou virando realidade. Sua família gigante se reuniu para realizar uma viagem de natal em Paris e na pressa, acabou esquecendo o menino dormindo no sótão. Se ele chorou por isso? Claro que não! Fez a maior festa e soube se virar, principalmente quando a dupla dos Bandidos Molhados tenta roubar sua casa. Mesmo com todas as reprises, eu sempre dou risada da burrice dos assaltantes. E é um filme que não pode faltar no meu natal. Deixando a comédia de lado, tem uma linda mensagem no final, né?

Simplesmente Amor (2003)

Aqui está ele novamente! Está chegando o natal e os casais estão prontos para ficar junto, declarar seu amor ou até mesmo impedir que o casamento termine. São muitos sentimentos envolvidos que vão de alegria a tristeza e é impossível não se emocionar com as histórias dos personagens. Você torce para que dê tudo certo e que eles sejam felizes para sempre, pois fingir que final feliz existe é uma coisa que a gente pode fazer sem culpa nessa época do ano. Além de te fazer chorar, o elenco não poderia ser melhor: Hugh Grant, Colin Firth, Alan Rickman, Keira Knightley <3. De bônus, um vídeo com uma canção de natal:

Enquanto Você Dormia (1995) por Byzinha

Acho que esse foi o primeiro filme da Sandra Bullock que eu genuinamente amei. Ela apareceria em minha vida novamente com 28 Dias, mas Enquanto Você Dormia… ao lado de Para Sempre Cinderela era o filme que eu mais assisti no início da minha adolescencia com minhas duas melhores amigas. Eu praticamente sabia de cor a históra da moça que – como todas nós – tem uma crush num cara que ela mal conhece. É bobo. Ele comprava bilhetes de trem com ela todas as manhãs, até que um dia ela o salva de um acidente no qual ele entra em coma. Ela acaba se envolvendo com a família dele por causa de uma confusão de acharem que eles são noivos e, enquanto ele dorme em seu coma, ela se envolve com o irmão dele.

Milagre na Rua 34 (1994)

Eu estava falando desse filme com uma amiga (a mesma de Para Sempre Cinderela e dos jogos de vôlei) sobre esse filme quando saiu a notícia que “Deus seja louvado” seria removido das notas de real. O remake de Milagre na Rua 34, que tem a eterna Matilda no papel infantil principal é a história de Santa Claus em Nova York, na época de natal, precisando provar que é Santa Claus. O filme de sessão da tarde é uma gracinha e até eu, que não sou muito fã de filmes de natal, acho uma belezinha.

Surpresas do Amor (2008)

four-christmases-sp

Oh, what the hell? Essa comédia com Reese Witherspoon e Vinve Vaughn é sobre um casal que sempre dava um jeito de burlar o feriado de natal com as famílias. Eles inventavam as mentiras mas cabulosas para conseguir se livrar dos pais e suas respectivas famílias, até que um ano tudo dá errado e eles se veem forçados a se dividir entre os quatro natais (daí vem o nome no original “Four Christmases”), com parentes e traumas de infância. Já falei que não sou dada a filmes de natal, mas esse foi uma surpresa agradável. O humor bobo e o desenrolar da história deixam a gente alegre, mesmo que seja só um pouquinho. Pra quem quer descontrair, Surpresas do Amor – cujo título B R E G A em português não te diz nada – é uma ótima escolha de natal.

Um Herói de Brinquedo (1996) por Sam

É verdade que eu amo assistir o Governator chutando bundas (quem não?). Mas – quem diria – um filme de não-ação do tio Arnie fez minha infância: Um Herói de Brinquedo. Nele Arnold Schwarzenegger é um pai desesperado para conseguir comprar um boneco que seu filho TAMBÉM CONHECIDO COMO ANAKIN SKYWALKER tanto quer no Natal. Porém, OH, PORÉM, o brinquedo está esgotado em tudo quanto é lugar e daí várias coisas acontecem, impedindo o homem de cumprir seu objetivo. Mas o que importa é que o pai acaba se tornando o herói (meio que literalmente) e tudo acaba feliz. Talvez o filme não tenha tanta graça hoje em dia, mas é fato que assistir sempre que passar na Sessão da Tarde eu irei. Porque é muito feliz de se ver e não tem como não amar coisas felizes no Natal, certo?

O Estranho Mundo de Jack (2003) por Gi

Há alguns anos a minha tradição de Natal é, na tarde do dia 25, assistir esse filme. Um dos filmes mais adoráveis do Burton, com alguns dos personagens mais fofinhos dele. Conta a história de Jack Skellington, que vive na Terra do Halloween e organiza a festa anualmente, que um belo dia está entediado e descobre um caminho pra outras festividades – como a Páscoa, o dia de Ação de Graças, e o Natal. Encantado pelo Natal, e decidido a fazer algo diferente, ele convence a todos da Terra do Halloween a sequestrarem o “Papai Cruel”, e fazerem a festa a maneira deles. Obviamente isso não dá tão certo assim, inclusive de acordo com os conselhos da boneca Sally – par romântico linda de Jack, e reforça aquele pragmatismo de que temos que fazer o que nascemos pra fazer, e crianças “levadas” não devem ganhar presentes. Apesar da melancolia, o filme traz uma certa ironia, já que aqueles seres fantásticos mostram-se amáveis, companheiros e unidos, muito mais humanos do que nós. É aí que se encontra a mensagem natalina, pois mostra a beleza interior e a bondade daquelas criaturas, tão mostruosas que pareçam, que se esforçam para fazer a melhor festa que podem fazer, mesmo não estando acostumados com ela, e no momento certo, sabem reconhecer seus erros e se perdoarem. Uma lição pra muita gente.
Com uma fotografia, iluminação e trilha sonora maravilhosas, esse filme de 1993 – o primeiro filme a ser feito todo em stop-motion, é um encanto a todos. Se ainda não assistiu, fica a dica, pra ver no Natal, no Halloween ou em qualquer outra data! (E inclusive, tem uma musica de Blink 182 que é inspirada nesse filme…)

O Amor Não tira férias (2006) por Thayná

Eu não gosto de natal. Pois é, me ~julguem. E filmes natalinos para mim, como vocês devem imaginar, não fazem muito sentido. The Holiday (porque o título em inglês faz muito mais sentido) me encantou daquela forma de deixar sem ar. Não porque o elenco é maravilhoso – Kate Winslet, Jude Law, Jack Black e Cameron Dias, precisa de mais? – mas por ter personagens tão sutilmente reais e gostosos de assistir que você nem percebe o tema natalino por trás. A história é sobre Iris, uma londrina que sofre de um amor não correspondido, e Amanda, que acabou um relacionamento porque simplesmente não consegue sentir nada com ninguém. Em um ato de puro desespero e não querendo passar o feriado de natal sozinha, Amanda resolve viajar e acaba fazendo um intercâmbio de casas com Iris, fazendo-a se mudar para sua pequenina mansão em Los Angeles. Não preciso dizer que você facilmente se identifica com uma das duas (ou as duas mesmo) personagens e se apaixona num piscar de olhos por um Jude Law carinhoso e totalmente adorável, né?

Escrito nas Estrelas (2001) por Geo

Contando com Kate Beckinsale e John Cusack, esta foi a única comédia romântica que achei extraordinariamente lindinha e emocionante. Seu título original é “Serendipity”, uma palavra inglessa que não possui tradução para o português, mas significa “uma surpresa agradável”. E é exatamente o que esse filme é. Ele conta a história de duas pessoas que, em um determinado Natal, se encontram e passam horas juntas, se divertindo e conversando como verdadeiros amigos de infância, mas, ao invés de trocarem telefones ao fim da noite, Sarah (interpretada por Beckinsale) decide por deixar sinais que podem, no futuro, juntá-los ou não, usando do argumento que, se o destino desejar, eles um dia se reencontrarão. Anos se passam, Sarah e Jonathan seguem suas vidas e também num Natal, seus caminhos se cruzam novamente numa história que, certamente, só acontece em filmes do tipo, mas que é boa de se ver e chorar com o dito imprevisível destino.

Concorda com nossa lista? Tem algum filme que você faz questão de assistir nessa época do ano? Conta pra gente!

You Might Also Like

8 Comments

  • Reply
    Babi Lorentz
    08/12/2012 at 12:45 am

    Milagre na Rua 34… Clássico. Acho que eu assistia todo final de ano. Era o meu preferido quando criança, haha.
    Beijos.
    Babi Lorentz recently posted..Assista: 2 Broke GirlsMy Profile

  • Reply
    lilian
    08/12/2012 at 4:21 am

    enquanto você dormia, o amor não tira férias, sempre assisto esses filmes no natal amei o post /love , tenho que assistir simplesmente amor parece ser bom
    lilian recently posted..Apenas Aperte o Play #14My Profile

  • Reply
    Ana Death Duarte
    08/12/2012 at 11:09 am

    A nightmare before Christmas!!! Eu praticamente revejo esse filme todo ano nessa época jajajjajaja E Escrito nas estrelas/Serendipity! Eu tinha me esquecido que era esse o nome em pt… até citei esse filme como um dos meus prediletos na resenha de Um romântico incorrigível!!! Preciso rever, saudadeeeee!

    Eu queria fazer umas listas tb… mas e a preguiça!?

    Ah, faz uma lista de livros legais tb que se passam no Natal xD

    Beijocas =***

    /grin /blink

    Ps.: Tenho medo do Grinch. Parece filme de terror pra mim hsiahsaihiai =/ /roll
    Ana Death Duarte recently posted..Resenha do livro: Um romântico incorrigível – Devan Sipher e sorteio de 2 exemplaresMy Profile

  • Reply
    Raíssa
    08/12/2012 at 11:26 pm

    Acho que alguns filmes aí eu conheço a história de tanto ver comercial deles na mesma época do ano, mas nunca vi! XD Acredite se quiser, nunca vi “O Grinch”, saiu numa época que eu tava meio de saco cheio do Jim Carrey, e eu não consigo parar pra ver esse filme inteiro… XD

    Acho que da lista, os meus preferidos são “O Estranho Mundo de Jack”, “Esqueceram de Mim” (mas só os com o Culkin, pq depois começa mta presepada) e “Um Herói de Brinquedo”, que eu assisti em lupin qdo era criança, mas não sei se tenho coragem de ver ele hoje em dia… XD

    bjs!
    Raíssa recently posted..Branca de Neve e o Caçador (2012)My Profile

  • Reply
    Ceile
    10/12/2012 at 10:59 am

    Own, quanto amor /love

    Também não sou a maior fã deste tipo, mas lendo as reviews, me deu até saudade do clime de ~~filme de Natal na Sessão da Tarde~~.

    Esqueceram de mim, com certeza, foi o que mais marcou minha infância (e adolescência, confesso) e acho que ele é o maior exemplo de filme de natal obrigatório.

    Simplesmente Amor é simplesmente lindo <3
    Enquanto Você Dormia, verdade… Nem lembrava que ele tinha um quê de Natal hahahaha. Eu adoro também!

    Beijo!

  • Reply
    Nivea Maria
    10/12/2012 at 3:49 pm

    Amo demais o Natal ( mesmo que minha casa vire o inferno nessa época) por que cresci sendo enganada pelos filmes da Globo que passam( ainda!) na Sessão da Tarde. Mas faço questão de manter esse sentimento estranho. Meus filmes preferidos são “O Grinch” ( Com minha amada Taylor Momsen e Jim Carrey ) e “O Estranho Mundo de Jack” ( Feito pelo melhor diretor desse mundo de meu Deus, Tim Burton ) /cute

  • Reply
    felipe
    21/12/2012 at 8:26 pm

    O Grinch é muito bom
    felipe recently posted..PromoçãoMy Profile

  • Reply
    Regiane "Carrie" Alencar
    21/12/2012 at 8:33 pm

    O amor não tira férias e Escrito nas estrelas é o meu favorito desses.
    Regiane “Carrie” Alencar recently posted..Eu li ‘A Escolha’My Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge