Coluna

TopTop – 10 séries para maratonar na Copa

Por Equipe

 

Graças à copa, muitos de vocês tem férias adiantadas. Não assiste os jogos? Ou assiste os jogos e depois fica morrendo de tédio? Nosso TopTop de séries para maratonar durante a copa vai te ajudar!

 

 

Arrested Development

Pense em todos os memes da internet, pense nos gifs que você mais gosta de usar no tamble. Pense neles.

Agora fique você sabendo que uma grande parcela desses memes e gifs saíram de Arrested Development.
AD é mais uma dessas séries mal compreendidas. Pelo público? É, talvez. Mas, principalmente, pelo seu canal de origem. Ela é outra dessas séries que sofreu e foi cancelada, oh, cedo de mais. Por sorte, muitos anos depois o Netflix fez a mágica de trazer a série de volta para nós e o resultado é que temos quatro temporadas de muitas (mas muitas mesmo) situações inusitadas envolvendo a família Bluth. Muita gente da nossa equipe ainda não zerou as temporadas, mas pode ter certeza que essa Copa do Mundo vai ser bem produtiva.

Blood Ties

Baseada na obra Blood Books de Tanya Huff, Blood Ties segue a vida da detetive particular, recentemente especializada em casos com um toque… digamos… sobrenatural, Vicki Nelson (Christina Cox). Em meio a sua vida nem tão pacata assim, Vicki investe em seu trabalho mesmo com seu diagnóstico de retinose pigmentar, doença que a fez largar o serviço no departamento de polícia, e se encontra em um mundo totalmente novo. Por sorte, azar, macumba ou pelo ritmo ragatanga, Vicki recebe a ajuda do misteriosamente lindo, sedutor, moreno, alto, bonito e sensual que pode ser a solução dos seus problemas… Ok, desculpa, foco. Enfim. Vicki recebe ajuda de Henry Fitzroy (Kyle Scmid), o filho ilegítimo de Henrique VII e um vampiro artista.

  
A relação desses dois é certamente a coisa mais linda dessa série, sem brincadeira. São cutucadas, provocações e ugh o sassy. O que acarreta em nossa detetive presa num triangulo amoroso cujos pesos são: a) o vampiro bonitão e b) o ex-marido policial Mike Celluci (Dylan Neal). Enquanto isso as investigações seguem os parentes de espécie de Henry, feitiços e demônios e, ah, só assistam logo.

Borgia

Vocês já devem conhecer a série The Borgias, a produção da Showtime. Mas não, não é dessa que eu estou falando. Embora a série de Neil Jordan seja muito boa e conte com um elenco lindíssimo, eu sou extrema e totalmente apaixonada por Borgia: Faith & Fear, uma produção que não tem tanta verba financeira e nem é tão famosa.
Porque Borgia é simplesmente maravilhosa pela história, não pela capacidade de entreter.

 

A nacionalidade da produção é uma coisa confusa e muito louca, assim como os atores. Cada um é de um canto do mundo e o resultado parece ser um mosaico de sotaques, no entanto creio que isso acabe enriquecendo tudo que Borgia propõe. A premissa é quase a mesma da de Neil Jordan, mas, ora, eles se valem muito mais da exatidão e fidelidade histórica e das várias relações mais do que infames entre os personagens. Acho que é isso mesmo. Eu sempre favorecerei Borgia: Faith & Fear, porque a produção de Tom Fontana é mais do que algo para encher os olhos. É até aprendizado.
Borgia tem duas temporadas e a terceira e última provavelmente irá ao ar no fim do ano. E se você quiser legendas em português, esqueça.
(mas bem que eu gostaria de uma mistura entre as duas séries. Imaginem Holliday Grainger, Lotte Verbeek e David Oakes numa produção tão fiel ao lado de Mark RyderDiarmuid Noyes e John Doman? E ainda tão visualmente linda? Sério, seria uma perfeição)

Criminal Minds: Suspect Behavior


Derivada de Criminal Minds (que vocês realmente deveriam assistir, mas isso é assunto para outro post), Criminal Minds: Suspect Behavior conta com lindinhos 13 episódios e casos com os agentes da BAU (unidade de análise comportamental) do FBI. Conta com o premiado ator Forest Whitaker no papel de Sam Cooper, o líder da equipe, e com mais algumas carinhas conhecidas como Michael Kelly, o Doug de House of Cards, Beau GarrettRichard Schiff e Matt Ryan, o nosso mais novo John Constantine. Infelizmente, fora cancelada, mas ainda merece um lugarzinho na watchlist.

Freaks and Geeks

Sabe aquela série que tem o mix perfeito de comédia e drama? Que mostra os dilemas adolescentes, colégio, família mas tudo isso da melhor forma possível e sem apelar pra estereótipos chatinhos que a gente costuma ver em filmes e séries que falam sobre isso? Será que ela existe? Sim, e se chama Freaks and Geeks.
A série é bem simples, jovens sobrevivendo ao ensino médio durante os anos 80, querendo ser aceitos (cada um de sua forma) no colégio.Lindsay Weir (Linda Cardellini) é a garota “nerd” que resolve mudar a forma que vive e passa a frequentar o grupo descolado do colégio, que ainda conta com James Franco, Jason SegelJohn Francis DaleySeth Rogen e mais uma porrada de gente incrível e com rostinho de bebê no início da carreira. Mas será que essa mudança pode dar certo?


Outra coisa incrível é a trilha sonora, que conta com inúmeros hits anos 70/80 e que ainda tem como música tema “Bad Reputation” da Joan Jett. Mesmo tendo durado apenas 1 temporada, os 18 episódios são tão marcantes que talvez seja uma das melhores séries já canceladas pelo obscuro mundo dos cancelamentos. Agora falando com seu eu de 16 anos, sério mesmo que você vai deixar de ver Freaks and Geeks e ficar cantarolando Bad Reputation pro resto da vida?

Shameless US

Shameless é obrigatória de ser assistida, sabe por quê? Porque Shameless dói. Porque Shameless é incrível. Porque Shameless é engraçada. E porque ela dói. Porque ela é esse tipo de série que Deus do céu não era pra você se envolver tanto, mas acabou sendo inevitável. Porque ela tem doze episódios por temporada e apenas quatro temporadas. Porque ela é do Showtime e tem um elenco lindo digno de Emmys. Porque ela toma rumos que você não esperaria serem tomados. Porque ela tem o tamanho certo pra você querer passar a semana na frente do computador enquanto todo mundo está assistindo futebol.
Shameless é o que há.

The Americans

Pelo amor de Deus, por que vocês ainda não começaram a ver essa série??? The Americans é também uma produção da FX e acompanha um casal que, ahh, vive no subúrbio americano e sustenta uma família bonitinha em uma vizinhança bonitinha. Mas não se enganem. Ambos são espiões russos, enfrentando o auge da Guerra Fria nos anos 80 e, ao testemunharem um agente do FBI se mudar para a sua rua, todas as suas operações começam a entrar em crise. Inclusive o seu “casamento”.
Ah, casamento? Talvez a própria crise seja a criação de um casamento.
The Americans conta com os atores Keri Russell e Matthew Rhys nos papeis principais, tais fazendo um trabalho maravilhoso, aproveitando toda a atmosfera misteriosa, caótica e sensual até da vida dos personagens. Já temos duas temporadas e, meu Deus, vai correndo assistir isso!

The Bridge US

Já indiquei essa série uma vez aqui e indico de novo. The Bridge é uma adaptação da série sueca/dinamarquesa Bron|Broen e conta no elenco com a divina Diane Kruger (Bastardos Inglórios), o maravilindo ator mexicano Demian Bichir (Machete Kills e indicado ao Oscar de Melhor Ator por Uma Vida Melhor) e Matthew Lillard (sim, sim, o Salsicha deScooby-Doo). A série tem, até agora, uma só temporada com 13 episódios e a segunda já está sendo gravada e irá ao ar no início de julho (ou seja, nessa fase inicial da Copa, vai com The Bridge que é S U C E S S O).
Essa ótima série da FX começa com um dilema entre a polícia americana e a mexicana: um corpo brutalmente mutilado foi deixado na fronteira entre os dois países, na ponte entre El Paso e Juarez e as duas agências são obrigadas a trabalharem juntas na investigação do caso. Acontece que, a cada episódio, a trama se desenrola ainda mais complexa, envolvendo a psicose de um serial killer, questões imigratórias, vinganças pessoais, corrupção policial e ainda os assassinatos que assombram Juarez há mais de vinte anos (e isso é sério! Juarez é a cidade com o maior índice de feminicídio no mundo).



 

Embora tudo isso se junte numa série maravilhosa e complexa além da conta (você fica até um pouco confuso às vezes), ela nada seria sem a dedicação que os roteiristas deram aos personagens e ao desenvolvimento de seus relacionamentos. Sonya Cross, interpretada por Kruger, é uma detetive com Síndrome de Aspergers que perdeu a irmã há alguns anos e tem muita dificuldade em se relacionar com as pessoas, principalmente com Marco, o personagem de Bichir. Quem dá também um show de atuação é Matthew Lillard como Daniel Frye, um ousado e problemático repórter que já no primeiro episódio protagonizou uma cena que colocou meu coração bem aqui, pulsando na minha boca. Realmente, The Bridge é eletrizante e te conquista mais a cada episódio e tudo parece ser assim, sem esforços.

The Crazy Ones

Uma temporadazinha, é só isso que a gente tem de The Crazy Ones. Infelizmente, a CBS cancelou essa série linda que serviu, realmente, como relaxante nesse semestre recheado de mais do que estresse na faculdade. Mas, olha, que isso não impeça vocês de aproveitarem os 22 episódios de 25 minutos cada um, cheios do talento de Robin Williams eSarah Michelle Gellar. Cheia de piadinhas, vozes características de Williams e amor fraternal, essa série é simplesmente uma coisa linda, feita pra amansar seu coração doído e rir muito.

Friends

Quem não gosta de Friends? Okay, tirando os haters, acho que essa série é perfeita para maratonar durante a copa ou durante qualquer período da sua vida. Porque quando a vida, essa fanfarrona, não tá indo maravilhosamente bem, você pode sentar no sofá e literalmente chorar de rir com as idiotices desses seis amigos e entrar no espírito batendo palminhas na hora da abertura, quem nunca, certo? Venha se divertir com Rachel, Monica, Phoebe, Chandler, Ross, e Joey no Central Perk. E pode vir mais de uma vez, ver e rever é o que há!

 

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Who's thanny? » Arquivo » Hoje é dia de maratonar Orange is the new Black!
    06/06/2014 at 5:37 pm

    […] TopTop – 10 séries para maratonar na Copa news Hoje é dia de maratonar Orange is the new Black! Postado por thanny em […]

  • Reply
    Who's thanny? » Arquivo » Séries para maratonar na Copa – parte 2
    26/06/2014 at 5:28 pm

    […] Então, como nós sabemos que vocês já mataram tipo assim TODAS as séries indicadas na nossa parte 1, nós resolvemos voltar e indicar mais algumas. Então prepara o torrent aí que a lista vai […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge