Coluna

This is the heartbreak

This is the heartbreak hotel, always crowded, but you can find some room to stay etc etc.

Dia dos namorados é sempre o mesmo papo, não é mesmo? Ano passado mesmo, nós fizemos um post lindo e água com açúcar para todo mundo morrer de vontade de se apaixonar, mas esse ano estamos REVOLTADAS. Chutamos o pau da barraca por mais um 12 de junho ALL BY MYSEEEEEEEEELF e queremos falar sobre a dor desse amor.

TUDO BEM, parei de referenciar músicas nas minhas descrições, PROMETO!

A questão é que nós passamos raiva na vida real e na ficção. Por isso, fizemos uma seleção especialíssima para quem tá de bronca com o amor, levou um pé na bunda recentemente ou simplesmente não quer saber de casal andando de mãos dadas pela rua.

3, 2, 1 VAI

MEU LINDO OTP D;

Rich/Grace (Skins), por Jess


Embora relacionamentos perfeitos não existam, o casal Rich Hardbeck e Grace Violet, vulgo Hardlet, é o qual melhor representa um lindo romance saudável dentre as seis temporadas de Skins, sendo praticamente impossível não se entrelaçar na magia que eles proporcionam. Hardlet é a prova viva, num assunto cada vez mais deturpado, de que um relacionamento não implica na anulação do indivíduo ou de seu sacrifício para viver numa fixação louca em função de seu par e sim que não há nada mais forte para a construção de um futuro a dois crível e incrível do que o respeito e a admiração.

Sammy/Abigail (Dance Academy)


DA faz você sofrer em muitos aspectos, mas ver como Abigail começa cruel e fria, como Sammy devagar e do jeito certo quebra todas as muralhas que ela construiu, como o final deles na primeira temporada é confuso e como o relacionamento deles na segunda temporada se sustenta e acaba. Isso foi de maltratar o coração. Imperdoável.

Bel/ Freddie ou Frebel (The Hour)

A parte mais desgraçada desse ship é de inteira responsabilidade da BBC, já que eles resolveram cancelar a melhor série justo quando Bel e Freddie jogaram as diferenças e a problemática de lado e assumiram que não eram só amiguinhos. TIPO, como você faz isso, BBC?

Salazar/Helga (Harry Potter)

DOR, DOR, DOR, alguém falou em dor? Bem, então você está falando de Salazar/Helga. Tudo bem que Jo Rowling não nos deu muitas informações sobre eles, nem mesmo sabemos se tinha algum romance entre os Fundadores, MAS NÃO CUSTA SONHAR. E, sério, sonhar com a angst de Salazar/Helga é meter mil espadas no coração. De todo modo, leiam Birds of a Feather. Vão saber do que eu tô falando.
Claro que as coisas melhoram quando Richard Armitage é Salazar Slytherin. Ô SE MELHORAM, GALERA.

Miranda/Gary (Miranda, A SÉRIE QUE VOCÊ DEVERIA ESTAR ASSISTINDO)

DOR, DOR, DOR NO CORAÇÃO, DOR FÍSICA, DOR EM TUDO. A verdade é que metade da nossa equipe ama e chora por Miranda e Gary Preston, um dos casais mais lindos e complicados do mundo. Não há dúvidas de que esses dois se amam, mesmo que os próprios não realizem a ~~tensão que existe entre eles. Foram duas temporadas de puro sofrimento, mesmo que a amizade de Miranda e Gary seja uma fofura. Só no terceiro ano da série que os sentimentos afloram e ambos percebem o que realmente sentem – o que seria uma maravilha em qualquer outro lugar, mas não aqui, já que a indecisão é um fator comum entre o casal. É. SÓ. DOR. NESSA. VIDA. E saber que até agora a quarta temporada ainda não foi confirmada só traz desespero. WHY, BBC, WHY?

BBC/NBC

OTP mais doloroso da vida. E tenho dito. Tchau.

Klaroline (The Vampire Diaries)

Vamos falar de tensão sexual elevada a níveis infernísticos? VAMOS? Vamos falar de beijos roubados? VAMOS! Vamos falar de pessoas assumindo implicitamente que gostam umas das outras? VAMOS! Vamos falar de amor/ódio melhor trama? VAMOS! Então já falamos tudo sobre Klaroline. AH, A DOR.

Histórias

Amor às Avessas
Acho que a nossa equipe estava em sintonia esse ano, porque pouco tempo depois de eu começar a escrever essa história, Thayná deu a ideia de temática para esse dia dos namorados. Amor às Avessas é uma desventura amorosa, conta algo que só pode dar errado.

O Leão em Vermelho
Se eu ainda não disse, eu digo agora: sou apaixonada pela Segunda Guerra Mundial e nada melhor do que escrever um romance ambientado nela. Mentira, NADA PIOR. É costume chorar pelos seus próprios personagens? Se é, estou fazendo isso bem. Se não, não deixem de ler quando eu postar! (vou falar pra Thanny postar na fanpage quando isso acontecer. Mais informações no link, bjks)

Just One Day
Depois do post cheio dos feels que eu fiz, deixar Lulu e Willem de lado é praticamente impossível. É um flerte, é fulminante, é paixão. Só durou um dia, mas aquele sentimento de que poderia ter que poderia ter sido mais duradouro ficou. Então Allyson vai percorrer o mundo inteiro procurando por aquele rapaz, aquele do dia especial em Paris. E vai levar o pé na bunda mais homérico da história: o dela mesma.

Não me abandone Jamais
Sabe o que sentir um aperto no coração só de ler o título de um livro? Do quão doloroso é descobrir nas primeiras páginas o destino dos protagonistas? Acompanhe a história de Kathy H. aos longos dos anos em Hailsham, um internato inglês para crianças especiais, e descubra por sua conta e risco a relação de amor e amizade com Tommy e Ruth. É um livro que vai te fazer amar, refletir e sofrer (especialmente este último).

Filmes e Séries

Once

AI AS DORES QUE ESSE FILME CAUSA. Gostar de uma pessoa, ela ser extremamente perfeita pra você mas o timing é completamente errado. Quem nunca? Esse filme acabou de virar musical e dói ainda mais no coração saber que não poderei assistir (dores infinitas). A trilha sonora ganhou o Oscar e é perfeita pra sentar em um cantinho e chorar.

Like Crazy
Like Crazy não teria nenhum motivo para estar aqui. Nenhum motivo convencional, para falar a verdade. Não há uma doença que separa o casal, não é a proibição dos pais, não é o término do relacionado. O inimigo desses dois é o tempo. Não há nada mais duro do que ver o amor acabar aos poucos. Olhar para a pessoa ao seu lado e lembrar dos momentos maravilhosos que compartilharam juntos e já não sentir mais nada por ela. Esses dois quebraram meu coração porque não é uma história que está escrita em um livro ou que só vou poder lembrar assistindo a um filme. Essa história poderia acontecer comigo.

Namorados Para Sempre
Completamente o oposto do que o título e a capa prometem, Blue Valentine é um tapa na cara dos mais românticos. Mostrando o começo fervoroso e cheio de amor de um namoro até o desgaste do casamento, o filme desconstrói da imagem de relacionamento que as comédias românticas vendem, como se fosse o que acontece após o suposto “felizes para sempre”. Triste e com poucas esperanças, o longa é ótimo pra quem fica na deprê nessa época do ano e ama rir da desgraça alheia – as pessoas que namoram parecem exalar alegria, é verdade, mas daqui alguns anos pode ser que isso mude. Drasticamente. Ah, e tem Ryan Gosling no elenco. Só dizendo.

Desejo e Reparação

Eu poderia ter colocado esse no tópico de histórias, mas como eu não li o livro, vou deixar por aqui mesmo. Acho que todo mundo sabe que eu, Jovana linda, sou tiete da Keira Knightley e também de História. Romances históricos então são a minha glória. Pois é, pra deixar a gente estrebuchando de tanto chorar, Joe Wright apareceu com essa adaptação da obra de Ian McEwan. É impossível não sentir raiva da Briony por ter destruído tudo entre a Cecilia e o Robbie. É impossível não sentir pena dela por ter se arrependido tanto. É impossível não se encantar por um amor tão grande e tão trágico. É simplesmente impossível.

North & South
Eu já falei dessa minissérie aqui e se você ainda não tiver assistido, EU VOU TE CAÇAR ATÉ O INFERNO. Mentira, meu bem. Se você ainda não tiver arruinado a sua vida com mais essa produção da BBC, eu te recomendo que faça isso AGORA. Tudo que você tem que saber está no post, mas eu repito: prepare-se para meter o pé na bunda de Fitzwilliam Darcy, porque HE GOT NOTHING ON JOHN THORNTON. E look back, look back at me. E Richard Armitage.
E RICHARD ARMITAGE.
Me deixem, sou tiete.

Uma playlist


You Might Also Like

7 Comments

  • Reply
    David Andrade
    June 12, 2013 at 8:47 pm

    Gostei realmente mesmo foi da playlist :) E de Klaroline /smile
    David Andrade recently posted..News!My Profile

    • Reply
      Thayná
      June 13, 2013 at 1:39 am

      KLAROLINE <3_<3

  • Reply
    Juliana Azevedo
    June 12, 2013 at 11:35 pm

    Nunca vi TVD (sou estranha) mas só pelo que vê na internet a pessoa já quer shippar Klaroline… /grin Só não consegui abrir a playlist!!! /cry E doida pra ouvir essas do John Mayer…

    • Reply
      Thayná
      June 13, 2013 at 1:40 am

      É só clicar no play, Juliana ‘-‘ Se não funcionar, tenta atualizar o java do seu computador!

  • Reply
    Pri
    June 12, 2013 at 11:51 pm

    Tao difícil achar alguém que também assista DA.. aquele final do Sammy… imperdoável :c
    pelo menos veremos os dois juntos em outra série! o/
    Adorei a matéria, haha!

    bjs xx

  • Reply
    Larissa Mirandah
    June 13, 2013 at 1:52 am

    Agora eu já posso chorar? Eu pensava que ninguém sabia da existência de Dance Academy, quem dirá do casal Sam e Abigail, o destino que eles deram para o casal foi meio estranho, confuso, não sei explicar, mas independente disso, achei o final da última temporada angustiante, se você já assistiu sabe do que estou falando, o que foi aquilo?
    “E, sério, sonhar com a angst de Salazar/Helga é meter mil espadas no coração”. Falou tudo, nem preciso comentar mais nada.
    Klaroline, o casal responsável por me tirar dos trilhos, eu adoro quando a Caroline pisa nele sem piedade alguma e mesmo assim ele não sossega, essa relação deles de amor/ódio me tortura e me deixa apaixonadinha, tem coisa melhor do que ver um suposto vilão na palma da mão de uma garota? Ah Thanny, essa tal da dor…
    Adorei o post, e que playlist é essa? Muito perfeita.
    Beijos

  • Reply
    Patricia Modesto
    June 13, 2013 at 10:06 am

    Seu lindo OTP… (não conheço quase nada daí. Não assisto muitas séries. :/)
    O meu seira encabeçado por Hua Mulan e Wentai. Nunca chorei tanto com um filme como quando o fiz assistindo este. DOR!

    Gostei da Play list. ;)

    Beijo.

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge