Televisão

The Thick of It

Talvez chegue o dia em que não pagarei tanto pau pras sátiras políticas de Armando Iannucci. Mas, olha, esse dia não é hoje.

thickofit

The Thick of It pode ser chamada de Veep britânica, e definitivamente tem tudo o que faz a série americana ser ótima – só que melhor. Situada de início no DSA, departamento de assuntos sociais, a criação do escocês por trás de In the Loop (filme fantástico, inclusive) mostra as tretas, gafes e acontecimentos que movimentam o lugar (muitos deles inspirados por ocorridos da vida real). Entre os sensacionais personagens se encontram líderes que vivem fazendo cagada, funcionários que tentam se virar como podem no departamento e Malcolm Tucker, o cara que limpa o que pode sujar o governo e faz o favor de tacar incompetentes na frente do ônibus. Só gente legal, como dá pra perceber.

Por onde devo começar a vomitar arco-íris? Vocês precisam dessa série, principalmente se vossa senhoria curte Veep (e se não curte, faz o favor). A produção da BBC é sem dúvida umas das coisas mais inteligentes que tive o prazer de assistir. O humor é extremamente sarcástico e cheio de acidez por parte de quase todos os personagens. A maioria do povo é do tipo que você ama odiar, que te dão raiva até que façam algo incrível.  O tom mais realista não tenta embelezar os bastidores do governo, muito menos dar tanto crédito ao primeiro-ministro britânico, tudo isso sem citar explicitamente os partidos reais que inspiram os da ficção. Transformar política em algo interessante: você está fazendo isso certo.

ANOTEI PRA USAR NA VIDA, SIM OU CLARO?

Sabe o tom realista que comentei? Então, ele se aplica aos funcionários do DSA também. Todo mundo tem sujeira nas mãos, todo mundo erra, todo mundo passa a perna em alguém eventualmente. Ninguém é inocente, a maioria entende que política é um jogo e acabam se tornando peças nesse grande tabuleiro. O elenco afiado é perfeito, com destaque para o comediante Chris Addison, do Mock the Week, e James Smith, intérpretes de Ollie Reeder e Glenn Cullen, extremos opostos que são engraçadíssimos nas mais variadas situações.

E se você é fã de Doctor Who, provavelmente já passou pelo nome da série, visto que sua estrela, Peter Capaldi, é o novo Doctor. E no pouco que pude conhecer do trabalho do cara, digo que ele será ótimo no papel do Time Lord. Aqui Capaldi é Malcolm Tucker, um dos melhores personagens que você vai ver na vida. Ele é um spin doctor do governo, e as falcatruas e vazamentos de informação provavelmente são obra sua. Ele é o que muitos chamariam de bastardo sem coração, que só se importa com a imagem de seu partido e só é legal com sua secretária. Mas Malcolm é tão, tão bom no que faz que não tem como não amar. E, como é de praxe em criações de Iannucci, o homem solta xingamentos a cada segundo que pode belíssimamente. Dá até vontade de copiar pra usar na vida. Ninguém sabe abusar do artifício dos palavrões para assustar seus oponentes e colocar funcionários no lugar como Tucker, e tenho dito. Capaldi é tão confortável em seu papel que chega a ser lindo de ver.

Só li verdades.

Se você gosta de política ou de gente sendo falsa para conseguir o que quer, The Thick of It é recomendadíssima. São 24 episódios de 30 minutos divididos em 4 ótimas temporadas que vão te fazer rir, rir, se embasbacar com as armadilhas e adorar o povo que curte apunhalar os outros pelas costas. Armando, SEU LIMDO <3

E lide com mais gifs do Malcolm porque sim. Porque eu posso.

 

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Sue Anne
    27/11/2013 at 10:28 pm

    You had me at Capaldi.

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge