Televisão

The Hour

A série britânica, nomeada ao BAFTA e ao Golden Globes, que vai fazer você prender a respiração. Welcome to The Hour.


Depois de ter ouvido falar bem por alto sobre The Hour quando divulgamos os indicados ao BAFTA no comecinho do ano e ter sido bombardeada de reblogs na home do tumblr, eu pensei: é da BBC, por que não? Preciso explicar isso para você porque, bem, The Hour é uma série da BBC, que critica a própria emissora. Quão genial isso pode ser?

     

The Hour, na verdade, é um telejornal britânico que, como se dá a entender pelo nome, dura extamente 60 minutos, mostrando as notícias do Reino Unido e do mundo. Obviamente checados de perto por um representante do Parlamento que “aconselha” o que deve ou não ser mostrado. A história se passa no fim da década de 50 e mostra as dificuldades de se transmitir notícias verídicas – sem a censura do governo e, claro, sem serem massacrados pela concorrência – e em se ter uma mulher como produtora. Estamos falando dos anos 50, senhoras e senhores, onde o lugar de damas era em suas respectivas cozinhas.

    

Mas o que essa série possui de tão especial? Afinal, é basicamente o que todos nós já assistimos em Mad Men, não é? Bem, não se você acrescentar espionagem, a eminência de uma guerra e um jornalista minimamente ligado ao assassinato de uma amiga de infância. Tudo o que você já ouviu falar sobre MI6, KGB, Serviços Secretos e Representantes da Rainha, indiscutivelmente bem traçados. Você não pode confiar em ninguém. E é claro que ninguém confia em você.

Os bastidores da produção têm como personagens principais o estonteante, charmoso e galã, Hector Madden (Dominic West), a produtora manipulável que tenta a todo custo provar seu valor, Bel Rowley (Romola Garai) e o audacioso, esperto e voraz Freddie Lyon (Ben Whishaw) *suspiros*, um jornalista que não encontra barreiras as quais não possa derrubar para encontrar a verdade dos fatos.

Bel e Freddie são melhores amigos, e é lógico que você percebe um romance não correspondido no ar. Porém, fugindo do convencional, Bel não é coitadinha da história. Apesar de fazer parte da working class, seus ideais de homem perfeito não mudaram: fortões, altos, de boa família e militarmente educados. Não magricelas presunçosos e ariscamente inteligentes que possuem uma resposta afiada na ponta da língua.

Apesar de confundir a verdade com egocentrismo, ser socialmente estranho e não ter jeito nenhum com as mulheres, James é completamente encantador e inteligente nas horas certas. É sem sombra de dúvidas um dos personagens mais bem construídos de toda a série e, se você deixar de lado a paixonite por Bel, pode até gostar dele.

“I went somewhere. America. And you know what? Being a nobody in a country where everybody thinks they can be a somebody, that’s infectious. It’s exciting.”

 

Aconselho você a procurar por The Hour urgentemente. Não só por ser bem curtinha – como a maioria das séries fantásticas da BBC – e ter 6 episódios. Nem por ter um elenco formidável.

Mas por ser sensacionalmente mais do que você espera que seja.

 

Curiosidades:

Além de atuar em Game Of Thrones e Sherlock, Oona Chaplin, citada ali em cima, também é neta de Charles Chaplin.
Ben Whishaw, que interpreta Freddie, é também personagem em Skyfall, no papel de Q.
Essa é para os fãs de Mcfly: na segunda temporada, Hannah Tointon, uma das primeiras namoradas oficiais de Dougie Poynter também entra na série!
E mais uma para fãs de Sherlock: nosso querido Moriarty também está por aqui.

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply
    lilian
    27/12/2012 at 5:43 pm

    vou pensar seriamente em assistir essa série parece ser muito boa
    lilian recently posted..Série The MentalistMy Profile

    • Reply
      Thayná
      12/01/2013 at 11:23 pm

      Assista sim, vale muito a pena, é incrível <3

  • Reply
    Sam
    02/01/2013 at 6:59 pm

    Fique feliz pois baixei alguns eps da série, PORÉM só os assistirei quando minha falta de vontade ir embora porque assistir os bagulhos com mau humor não rola, né ): adorei sua review, ME ENSINA A ESCREVER, THAYNÁ

  • Reply
    Yuuki
    06/01/2013 at 9:20 pm

    *momento fã histérica de Romola Garai* WAAAAAA <3

    Comecei a acompanhar o site há algumas semanas e estou adorando *-*

    • Reply
      Thayná
      12/01/2013 at 11:22 pm

      QUE BOM! E gente, não conhecia o trabalho da Romola, mas depois de The Hour fui correndo baixar Emma :B

  • Reply
    Yuuki
    14/01/2013 at 1:32 am

    Emma da BBC foi a melhor coisa que surgiu na vida do livro, em termos de adaptação. Romola é a cara da Emma, se não fossem os olhos azuis <3

    Jonny Lee Miller, eu preciso desse Knightley.

    Voltando ao assunto do post hah, The Hour foi incrível. A única pergunta que fiz foi: por que terminou tão rápido ?

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge