Literatura

The Everafter, Amy Huntley

Por Byzinha

Uma palavra: heartbreaking.

Making decisions in death doesn’t seem to be any easier than making them in life. You never know what the outcome is going to be one way or the other.

Maddy Stanton está morta. É a única coisa que ela sabe. Ela não lembra como morreu. Porque morreu. Qual seu nome. A única coisa que tem é essa alma e mora neste lugar que gosta de chamar de “Is”. Em Is, pequenas estrelas brilham ao redor, estrelas que, na verdade, são objetos um dia perdidos durante a vida de Maddy, objetos que podem levá-la de volta para aqueles momentos sempre que ela os tocar.

Um bracelete, uma blusa de frio, uma bolsa. Objeto após objeto Maddy vai voltando no tempo e descobrindo quem ela era e o que aconteceu com ela.

But part of me knows that all these things I’m worried about (…) these are mostly excuses so I can avoid admitting what the biggest problem is. Change. I hate it. I’m used to my life just like it is.

The Everafter foi um dos livros que a gente conseguiu direto com o autor numa parceria internacional. Amy Huntley, muito bondosamente, mandou uma cópia mesmo com o livro para ser lançado no Brasil algum dia. Essa é a notícia ruim: ninguém sabe quando nem por quem. Mas os direitos de publicação já foram comprados, o que é ótimo, porque esse livro deve ser lido.

Ele é curto, de leitura compulsiva, daqueles que você tem certeza do que aconteceu e acaba quebrando a cara poucos capítulos antes do final. É só quando as coisas estão mesmo acontecendo que você sabe o que aconteceu (dá pra entender?). E olha, o final partiu meu coração.

Eu chorei e um bocado. Não foi nem pela protagonista, mas pela pessoa diretamente relacionada à morte dela. Os últimos capítulos acabaram comigo, porque do jeito que a história é narrada, você acaba se apegando a alguns personagens e pensar no como a morte de Madison afetou essas pessoas é uma loucura! (sem contar que eu tava meio bolada na madruga com algumas outras coisas, o que acabou adicionando na minha crise de choro, ninguém precisa saber disso)

“She’s saying that for every moment of wonder and excitement, you have to pay with an equal amount of pain. (…) Maybe the word pay isn’t quite the right description of it. I don’t think it’s an exchange like that. It’s more that… well, the two emotions are connected. They are one thing. And in coming together they make each other what they are. Without pain, you wouldn’t understand happiness. And without happiness, you wouldn’t feel the pain.”

Informações

 

Título: The Everafter
Autor: Amy Huntley
Editora/Selo: Harper Teen
Nº de Páginas: 244
Edição: 2010
Preço: $8,99
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Sam
    10/05/2013 at 3:07 am

    Acho que vou esperar sair em português porque a lista de leitura já está gigante. Mas a premissa parece ótima e sempre bom ter muitos feels, né.

  • Reply
    Thayná
    10/05/2013 at 11:58 am

    Fiquei muito interessada desde que aquele quote lindo apareceu aqui no Quote da Semana <3 A história é diferente e brinca com surrealismos e crenças. Gostei. E O PAPERBACK TÁ BARATO NO BD!!!
    A melhor notícia é: não é uma série, amém.

  • Reply
    Mariana Marins
    24/05/2013 at 9:02 pm

    Who’s Thanny sempre cheio dos livros que eu nunca ouvi falar, hahaha.
    Esse parece ser MUITO interessante! Essa história dos objetos que a lembram da vida que ela perdeu é fantástica. Já estou adicionando a minha lista (quilométrica) de leitura.
    Espero que seja lançado no Brasil mesmo e que mantenham essa capa, que é linda!
    Bjs

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge