Textos

Sobre o escândalo de vloggers e consentimento

Esse post faria parte da coluna Vlog-se, mas hoje não estamos aqui para falar sobre vloggers legais e que você deveria checar. Hoje é dia de assunto sério.

tom milson

Na terça-feira, dia 11 de março, foi postado no tumblr acusações sobre o músico e youtuber Tom Milsom, informando que ele abusava sexualmente de sua ex-namorada, Olga. O post é de autoria dela, onde ela explica que tudo começou com sexo por skype, sem que ela tivesse a intenção de participar, e se desenvolveu em um relacionamento abusivo e manipulador.  O post inteiro está aqui, e nós traduzimos algumas das partes mais importantes.

“Eu disse que tinha sido realmente doloroso e e eu acabei ficando ferida e com hematomas por dias, tudo literalmente doia muito e eu disse para ele. E isso não importava porque eu não parei nada. Ele chorava e se cortava na minha frente, ele ameaçava muito com coisas suicidas estranhas, e eu tinha que sentar lá e assistir ele surtar porque eu estava fazendo algo errado aparentemente.”

Na quinta-feira, dia 13, ela postou confirmando que a pessoa mencionada era o Tom Milsom, e que na época em que isso aconteceu ela já estava na idade de consentimento do Reino Unido (16 anos, onde ele mora), mas não estava na idade de consentimento de onde ela mora (17 anos). Após esse depoimento, Hank Green e John Green comentaram sobre o assunto, dizendo estarem desapontados e incentivando outras vítimas a darem seus depoimentos. Outros vloggers também falaram sobre o assunto. Nisso, o Tom Milsom foi retirado da DFTBA Records, por “ter esquecido de ser awesome” ao abusar de uma ex-namorada.

alex day

Mas a história não parou por aí. Com apenas um depoimento, surgiram outros depoimentos sobre abuso sexual e manipulações, sobre outros vloggers. Um dos principais foi o Alex Day, também músico e youtuber (mencionado previamente no primeiro Vlog-se), e então a coisa começou a piorar.

O primeiro depoimento sobre o Alex Day foi feito por uma pessoa anônima, que conta que o considerava apenas como um amigo, e que foi obrigada a ter relações sexuais com ele, e ele a convencia de que o desejo entre eles era mútuo. Como antes, traduzimos as partes importantes do texto:

“Uma vez estavamos dormindo no mesmo quarto (como eu achava que éramos “apenas amigos”) e ele me acordou me beijando e me tocando sexualmente. Eu vou repetir isso: eu estava dormindo, eu dormi exprimindo meu desejo de não ter contato sexual com ele, e ele me acordou violando esses desejos. Eu sei por um fato que eu não sou a única garota que ele já fez isso.”

“Uma vez ele queixou-se para mim: ‘Podemos pular a parte em que você diz não por uma hora antes que qualquer coisa aconteça? É cansativo.'”

O segundo depoimento também foi de uma pessoa anônima, contando sobre como também foi coagida a ter relações sexuais com Alex. Além disso, contou que descobriu que, na época, ele estava namorando (com a também vlogger Carrie Fletcher. Os dois terminaram depois de todas as acusações).

Ele estava em um relacionamento o tempo todo (que acabou quando ele voltou da América do Norte) e aparentemente estava com várias outras garotas. Eu estava acabada. Alguma coisa que tivemos foi real? Eu ainda não sei. ”

“Toda essa situação o forçou a reavaliar ele mesmo, e agora ele está de volta com a namorada, o que de uma forma me repercute revulsão, mas do outro lado é realmente adorável como eles resolveram as coisas.”

Após três pessoas falarem seus depoimentos sobre Alex Day, ele se pronunciou, falando que está tentando ser uma pessoa melhor, que sabe que em alguns momentos agiu de forma ruim, e que ele nunca teve algo com alguém menor de idade, nem teve algo sem o consentimento da pessoa.

Depois desse pronunciamento oficial, as duas primeiras pessoas a darem seus depoimentos comentaram no tumblr sobre este pronunciamento do Alex, chamando atenção para o fato de que ele nunca comentou sobre coagir alguém para consentir, e sobre manipular pessoas. Lembrando que consentimento não é dado na falta de um “não”, é dado na presença de um “sim”, e deve ser considerada a linguagem corporal.

Logo em seguida mais sete pessoas prestaram depoimentos sobre terem sido coagidas, forçadas ou manipuladas pelo Alex, sendo que seis das dez pessoas (no total) não foram anônimas. Em resposta a isso, Alex postou no tumblr um texto chamado “On Consent” (sobre consentimento), explicando que ele não percebia que a falta de um “não” não significava que ele tinha o consentimento, e que ele considerava as ações prévias das pessoas como um “sim”. Traduzimos algumas partes:

“Existiam claramente tempos em que eu tentei inciar algo, porque eu pensei que a outra pessoa queria isso, e eu confiei na minha própria leitura da situação (“eles concordaram em dormir aqui/eles falaram que queriam isso antes/etc”) do que prestei atenção no que a outra pessoa estava fazendo naquele momento.”

No mesmo post, ele avisa que pediu para a DFTBA Records para retirar todos os seus produtos da loja. Isso tinha tudo para ser o final da história – mas é claro que não foi.

Mais duas pessoas deram seus depoimentos sobre o caso (você pode checar todos os depoimentos no final do post), e a vlogger e ex-amiga do Alex Day, Lex, postou no tumblr sobre o assunto, contando a história dela, e falando que para ele, ser um bom amigo significava impor as vontades dele, achando que faria as coisas melhorarem.

“Apesar do fato de que eu disse que não queria beijá-lo, e disse que eu não estava pronta, e fui muito clara não dando consentimento, Alex ainda tinha certeza que eu ‘queria isso’.”

“A declaração do Alex não diz necessariamente que ele teve consentimento todas as vezes – no meu caso isso significou que ele acreditava que ele tinha consentimento, mesmo quando ele tinha ouvido diretamente para ele que ele não tinha.”

Consentimento é: voluntário, sóbrio, entusiástico, verbal, não coagido, continuado, ativo, e honesto. Falta de consentimento = estupro.

Até o horário que o artigo foi feito, treze pessoas surgiram com histórias sobre Alex Day sendo manipulativo ou abusando sexualmente de pessoas, porque achava que tinha consentimento. Ele mesmo admite que no passado foi um péssimo amigo, e que está tentando mudar a situação.

Um dos posts mais importantes sobre o assunto é sobre a similaridade de todos os depoimentos, de uma pessoa que leu sobre todos os posts e foi manipulada emocionalmente pelo Alex Day:

“Ao ouvir a história de outras mulheres, eu posso ver muitas similaridades: ser escolhida em uma multidão, ser encontrada em sites pessoais ou e-mail, ser vista como alguém especial, o charme dele/o flerte, compartilhar os projetos dele (no meu caso, eram pedaços do livro dele), sentir como se ele tivesse um interruptor emocional.”

Tudo isso nos leva para um ponto: não devemos confiar que aquelas pessoas que postam um vídeo uma vez por semana, ou uma vez por mês, são do mesmo jeito do vídeo na vida real. Quando uma pessoa faz um vídeo e coloca no youtube, pode se utilizar de uma máscara, e apenas mostrar as melhores qualidades, sem precisar mostrar os defeitos e como é a sua vida fora do youtube. Manipulação de sentimentos é algo grave, e deve ser considerado que mesmo por trás de palavras magníficas, pode existir alguém tirando proveito da situação, e levando os outros para caminhos indesejados.

Além dos dois youtubers que mencionamos, existem outros que também abusaram emocionalmente ou fisicamente de fãs. Até agora não foi mencionado se vai existir um processo contra eles ou se vai continuar apenas como um escândalo, mas deve ser considerado que uma pessoa que abusa de seus fãs não deve ser idolatrada. A culpa nunca é da vítima, não importa a situação. A culpa é sempre do abusador.

Sobre consentimento:

A Nicole Froio fez um post chamado Consent 101, onde mostra todos os erros que Alex Day fez ao achar que tinha consentimento, e sobre o que é consentimento de verdade. Você pode verificar aqui. Além disso, existem inúmeros videos sobre consentimento: What is consent, do Sexplanations. Sex + Alcohol(Consent), da Laci GreenSexual Abuse, Consent and Culture, do Hank Green(vlogbrothers). What is consent, da Lex, que foi mencionada antes.

Todos os posts estão listados nesse masterpost, que inclusive será atualizado a cada novo depoimento ou notícia do assunto.

“Nós colocamos ídolos em um pedestal e deixamos eles cairem bem abaixo de nossos pés quando eles não atendem nossas expectativas. Não pense tão alto de pessoas que você não conhece, e você não terá seu coração partido quando descobrir que não merecem isso.” (crédito)

 

 

Sobre coerção e abuso sexual no Brasil: Existe a campanha Carinho de verdade, que indica como denunciar um caso de abuso sexual.

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Nicole Froio
    16/03/2014 at 9:59 pm

    Obrigado por me linkar. este é um assunto muuito importante!

  • Reply
    Tarsila Martins
    17/03/2014 at 8:44 pm

    Gente, que coisa absurda! Se aproveitar da “fama” para abusar dos fãs, que coisa horrorosa! Não tinha a menor ideia de que isso acontecia… Deve ser horrível a pessoa querer conhecer e fazer amizade com alguém que admiramos na internet, e essa pessoa tentar te manipular, brincar com seus sentimentos e abusar sexualmente de você. Que nojo que eu fiquei desse Alex Day, ele deve ir pra cadeia, isso sim!
    As vítimas devem tomar coragem e denunciar esses criminosos! Absurdo!

  • Reply
    Diego de França
    24/03/2014 at 1:36 pm

    Não conheço os envolvidos mas isso é um absurdo, abominável a atitude de pessoas assim, tem que denunciar e expor mesmo estes abusos.

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge