Televisão

Smash

SMASH acabou.

Vocês podem compreender o sofrimento quando eu falar assim: SMASH era uma série do canal NBC. Pronto, resumi.

Okay, comecemos do início.
Em SMASH, conhecemos um grupo de artistas envolvidos com os musicais da Broadway. Tom (Christian Borle) e Julia (Debra Messing) são parceiros que criam e musicalizam seus musicais, Eileen (Anjelica Huston) é uma produtora que quer desvincular seu nome na Broadway do de seu ex-marido Jerry (Michael Cristofer), Ivy (Megan Hilty) é uma atriz há anos no sistema buscando o papel que deslanchará sua carreira e Karen (Katharine McPhee) é uma novata que está tentando entrar no mundo dos musicais.

Julia havia prometido à familia que não se envolveria em novos projetos por alguns meses para poderem conseguir adotar uma criança, mas logo se vê metida nessa ideia que o assistente de Tom (Ellis – Jaime Cepero) sugere: a vida de Marylin Monroe daria um ótimo musical.

Logo, ela e Tom conversam com Eileen, que tem a brilhante ideia de chamar o polêmico diretor e coreógrafo Derek (Jack Davenport) e, com todos de acordo, o casting começa. Logo fica claro que as melhores candidatas para o papel de Marylin são Ivy e Karen e o impasse entre elas e os esforços para fazer o show acontecer são o foco da primeira temporada.


Já na segunda temporada, muito melhor em todos os sentidos, os esforços são para levar o show para a Broadway enquanto que, em paralelo, outro show de estreiantes tenta ganhar seu lugar nos teatros alternativos de Nova York.

SMASH foi uma série que evoluiu. Com uma segunda temporada infinitamente melhor escrita que a primeira e um enredo muito mais interessante. Com fotografia, cenografia, trilha sonora, qualidade musical e figurinos IMPECÁVEIS, essa é uma série que eu não achei que me apegaria, mas que me deixou SOFRENDO. S O F R E N D O. Principalmente quando assisti aos dois últimos episódios sabendo que eles seriam os últimos para sempre.

Infelizmente, a série gastava muito e recebia pouca audiência. Assim como Community, tinha mais gente assistindo online do que ligando a TV, e é ligar a TV que dá lucro. SMASH deixou de ser rentável e o NBC deu cabo dela. Existe um movimento no facebook (aqui) para tentar fazer algum outro canal comprar o show ou, quem sabe, o próprio canal original voltar atrás em sua decisão. Ambas as coisas são muito difíceis, mas se Arrested Development conseguiu ser ressuscitado depois de tantos anos, tenhamos fé!

Se você tem dúvidas sobre qual a próxima série que vai assistir, esse post está aqui para te ajudar: escolha SMASH, sofra comigo.


(A música que eu canto para esse show e choro)

PS: Para os amantes de trilha sonora, os responsáveis pelas músicas de “Bombshell” fizeram um post lindo maravilhoso sobre suas composições, confere aqui que vale a pena.

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Felipe
    04/06/2013 at 7:17 pm

    /cry todos sofrem, eu gostava muito da série, tava bem animado para assistir a segunda temporada.

    • Reply
      Byzinha
      05/06/2013 at 2:54 am

      Assiste a S02 sim que é lymdah <3

  • Reply
    Cláudia
    05/06/2013 at 8:39 am

    Esse post veio na hora certa! Terminei de ver Smash no feriado e sofri.
    Como sofri. /cry
    Vou sentir muita muita saudade dessa série e foi bom saber que existe uma campanha pra trazer ela de volta!
    A série realmente evoluiu, personagens muito chatos ficaram legais… Queria mais!
    E sobre a NBC… nem vou começar a falar sobre quanta decepção esse canal tem me trazido…
    Bom post!

  • Reply
    andreza sl
    05/06/2013 at 11:27 am

    Nããããão!! Amava Smash!! Poxa, isso que estraga a qualidade da programação, eles passam o que dá lucro e não o que é realmente bom. Não que tudo que dê lucro seja ruim, mas perdemos muita coisa boa por causa disso, como Community que foi citado e era muito muito bom (much better than The Big Bang Theory).
    /cry /cry /cry

  • Reply
    Bruna Vasconcelos
    02/04/2015 at 9:41 am

    Saudades, Smash…. /cry

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge