Cinema

Sete Psicopatas e um Shih Tzu (2012)

E quando eu pensava que Martin McDonagh não podia se superar, levo um tapa na cara e um tiro na barriga. AÍ SIM, HEIN.

Antes de começar esse post propriamente, preciso contar uma historinha: certa vez, minha professora de filosofia disse que quem tem um ensino mais profundo no âmbito filosófico ou afins tem uma visão mais ampla de filmes do que nós, meros espectadores. Ela, assim como vários críticos de cinema, vê todas as nuances de uma trama, seus significados e sentidos, tudo. Mas eu, como grande parte do público, me baseio no achismo, no que meus sentidos me dizem sobre o que é bom ou ruim. O ponto de tudo isso é: Seven Psychopaths é ótimo, e, apesar de saber que as nuances estão lá, dizendo algo de forma subjetiva, meu olhar não passa de achar aquilo extramamente incrível. Porque se Na Mira do Chefe foi sensacional, esse filme conseguiu ser ainda melhor.

Marty (Colin Farrell) é um roteirista com dificuldades em terminar um roteiro – que, não por acaso, se chama Seven Psychopaths. Seu melhor amigo, Billy (Sam Rockwell), “sequestra” cachorros para depois devolvê-los e ganhar a recompensa dos donos. Tudo ia bem até Billy pegar a única coisa que Charlie (Woody Harrelson), o gângster ~do mal~, ama: seu Shih Tzu. E, daí, em resumo, a merda atinge o ventilador.

“I’m sick of all these stereotypical Hollywood murderer scumbag type psychopath movies. I don’t want it to be one more film about guys with guns in their hands. I want it… overall… to be about love… and peace.”

Ok, o motivo do parágrafo gigante ali em cima é que, VEJA BEM, Seven Psychopaths (me recuso a chamá-lo pelo nome em português) é cheio de mensagens e críticas e os carambas. Eu, burra como sou, só vejo ~por fora, e JESUS CRISTO AMADO DO CÉU ABENÇOE ESSE FILME MARAVILHOSO AMÉM. SERÍSSIMO. Melhor. Filme. Como sempre, devo avisar que não é pra todo mundo, mas que quem curte esse estilo com certeza vai chorar sangue. Porque, apesar de ser taxado como comédia, não é realmente isso. É um drama quase (ou completamente, você decide) sádico com uma pitada de humor negro. É muito bom, meus amigos, e não posso dizer isso o suficiente para fazê-los entender o quão bom esse filme é.

Se você assistiu In Bruges (de novo, ME RECUSO A USAR O TÍTULO BRASILEIRO) e se apaixonou por aquela loucura sensacional, vai ver mais loucura awesome em Psychopaths (E se você nunca assistiu, faça esse favor a si mesmo e o faça. Sua vida agradece). E é uma loucura muito boa. E meio do mal, também, porque você pode se pegar gargalhando com uma cena de assassinato. Essa é a magia do trabalho de McDonagh: levar a realidade até níveis absurdos e te fazer rir no meio do caminho.

“You can’t let the animals die in a movie… only the women.”

E os psicopatas são um show à parte. Eles são loucos e incríveis, cheios de frases ótimas e sarcasmo a todo o tempo. As atuações mais do que sustentam essa loucura, já que só tem ator maravilhoso nesse filme. Chega a ser um crime, tanta gente boa esfregando talento na sua cara sem a menor piedade. Colin Farrell está magnífico e assaz ível (Colin, eu deixo você fazer filme só com o Martin, ok?), Woody Harrelson, Christopher Walken e Tom Waits te fazem perguntar como é que pode alguém atuar tão bem. Mas daí tem Sam Rockwell. O Billy de Rockwell pode ser descrito em três palavras: ALL THE AWARDS. Nem tem o que falar desse homem, ele é bom demais para explicar com palavras. Seu personagem é retardado como só e lindo e awesome e MUITO AMOR, basicamente. Ele rouba a cena, verdade, mas todos nós sabemos quem é o verdadeiro astro desse filme:

O que eu achei mais bacana do longa (além de atuações + roteiro + fotografia + glória) é que ele faz piada de si mesmo. Não posso explicar propriamente sem dar spoiler, então só digo: ASSISTA. Tem violência exagerada, sarcasmo, palavrões, gente maluca-porém-sensacional e um cachorro tão fofo que dá vontade de morrer com tanta fofura. Já falei que o elenco é uma benção? Ok. Só digo que favoritei esse filme no Filmow e na minha alma. Bless.

P.s.: Inclusive, não pare o filme quando os créditos começarem. Só dizendo. ;)

essa é minha cara julgando quem ainda não correu para assistir essa glória

ficha técnica

 

Direção: Martin McDonagh
Elenco: Colin Farrell, Woody Harrelson, Sam Rockwell, Christopher Walken, Abbie Cornish, Tom Waits, Olga Kurylenko
Roteiro: Martin McDonagh
Duração: 110 min.
País: Reino Unido
Gênero: Crime, Comédia
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

 

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Cin
    08/03/2013 at 11:36 pm

    eu to achando que botei esse filme pra baixar, nao to lembrada, mas botei por botar mesmo pra completar meu desafio dos 365, mas agora com essa dica eu vou assistir o mais rapido possivel :D

  • Reply
    Felipe
    09/03/2013 at 12:09 am

    gostei da ideia do filme e gostei muito mais do elenco. Fiquei imaginando aqui um gangster com um shih-tzu /grin vou tentar procurar o filme na interwebs para assistir.
    Felipe recently posted..Jogos Vorazes, Suzanne CollinsMy Profile

  • Reply
    Emilly M.
    09/03/2013 at 10:01 pm

    Eu estou querendeo assistir desde que lançou, mas até então eu não tinha visto ninguém falando desse filme. Agora com uma opinião tão boa o filme já foi para o começo da minha lista de “preciso assistir” /grin /omg

  • Reply
    Luísa Krummenauer
    10/03/2013 at 2:18 pm

    O filme parece ser muito bom, eu só não achei ele pra olhar ainda…

  • Reply
    Rafaela Regis
    16/03/2013 at 2:23 am

    Aiiiiiiiii Colin Farell!! Não sei porque mas adoro filmes com ele ^^

    Já está na lista ^^

    =*
    Rafaela Regis recently posted..O Duque Sombrio – Margaret MooreMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge