Evento

Ribeirão Preto Anime Fest

Olá!

E mal tivemos tempo pra descansar do último Anime Friends direito (Raabe e eu fizemos dois posts – este e este), e dia 5 lá fui eu pra mais uma edição do Ribeirão Preto Anime Fest.

O evento aconteceu mais uma vez na UNAERP, e tava tão legal quanto as outras edições em que eu estive.

A atração que mais se destacou pra mim foi a sala temática de Harry Potter – que eu achei a mais maravilhosa das últimas edições do Anime Fest! Algumas das fotos que fiz lá:

Achei a decoração da sala bem bonita, e a variedade de itens à venda era bem interessante, por exemplo, roupas, acessórios, réplicas de itens dos filmes, e peças de decoração com inspiração no universo de Harry Potter.

A Artist’s Alley é uma área que eu pessoalmente acho de visitação praticamente obrigatória dentro de um evento desses: autores de fantasia, quadrinistas e ilustradores com materiais maravilhosos. Saí de lá com uma arte que tanto eu quanto Raabe achamos muito bonita:

Desta vez eu não assisti a todas as apresentações de k-pop do mesmo jeito que eu tinha feito numa outra edição, e os poucos grupos que eu vi estavam INCRÍVEIS! Ainda para as pessoas fãs desse estilo, nas salas temáticas organizaram espaços dedicados a k-pop.

Vi uma boa parte da entrevista do youtuber Morimura lá; eu não conhecia o conteúdo dele, e achei que tem bastante a ver com o Anime Fest. Os vídeos dele não são o tipo de conteúdo que eu acompanho, e mesmo assim achei que faz todo o sentido que ele tivesse sido convidado, porque tem a ver com o evento.

Achei a área das lojas bem organizada, com muita opção de itens tanto pra colecionar quanto pra comprar pra presente, com bastante variedade – camisetas, bolsas, mochilas, acessórios, maquiagem, quadrinhos, action figures, e muita coisa bem legal. Não comprei nada, porque tem outro evento marcado pra este mês, a Intercomic, e planejo comprar lá alguns itens que quero pra mim.

A loja principal de quadrinhos, boardgames e colecionáveis era novamente a Avalon; achei que os itens não estavam nem caros nem baratos, basicamente obedeciam o que normalmente é cobrado pelo que estava oferecido. Novamente não tinha o volume 1 de Your Name/Kimi no Na wa, e mesmo os exemplares do segundo e terceiro evaporaram.

As áreas de videogames e e-sports estavam bastante movimentadas, inclusive com competições pra quem quisesse participar. O espaço com temática medieval e swordplay também estavam bem legais.

Assisti ao desfile de cosplay, e publiquei no meu perfil no Instagram foto de praticamente todas as pessoas que desfilaram, e algumas de outros cosplayers que vi pelo evento e gostei. Entre essas fotos, destaco a que eu fiz com a minha prima Bruna, que tem dois canais no youtube – este focado em beleza, e este outro aqui, focado em conteúdo sobre cultura pop.

Fui embora antes do show do Player Tauz, por dois motivos: aconteceram atrasos na programação, e o horário do show acabou jogado pra mais tarde do que o previsto, e eu estava um tanto cansada depois de circular pelo evento.

Eu ficaria bastante contente se o Anime Fest organizasse mais entrevistas, palestras e debates com convidados – por exemplo, numa outra edição levaram pro palco convidados da área de games, e o diálogo foi bem legal, e as entrevistas com dubladores ou youtubers também costumam ser interessantes.

Agora a gente aguarda a InterComic.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge