Moda

Quem fez minhas roupas? – Fashion Revolution Day

10403600_835136606579851_4027084643928311022_n

Vamos falar sobre algo sério hoje: vamos falar sobre Moda! Mas desde quando moda é um assunto sério? Você me pergunta; E eu te digo: A moda começa a ser um assunto muito sério quando você para pra pensar sobre ela. Você já parou pra pensar quem fez suas roupas? Quem fez aquela sua camiseta que você ama de paixão? Quem fez aquele seu tênis que você já tem há uns cinco anos mas que tá novinho em folha? Já parou pra pensar que quando você compra aquele seu vestido ou sua blusa maravilhosa daquele seu herói favorito por cinco dólares naquele site super barato, alguém não está ganhando por isso? Você já parou pra pensar como eles foram feitos? Em que condições foram feitos? Parou pra pensar na pessoa que passou horas ali modelando, cortando e costurando perfeitamente aquela peça pra que você pudesse usá-la? Você não parou pra pensar nisso, não é?

FRD_quote_lucy_siegle

(A moda rápida, não é de graça. Alguém, em algum lugar, está pagando!)

Mas afinal, quem fez minhas roupas? Essa é a grande pergunta que a partir de hoje vocês precisam começar a se fazer! Exatamente no dia de hoje, 24 de abril, está acontecendo em mais de 65 países um grande protesto chamado de Fashion Revolution! Mas o que é esse protesto? Como ele surgiu? O que ele visa atingir?

Rana-Plaza-FR-700x438

O Fashion Revolution Day surgiu a partir de uma iniciativa de um conselho global de líderes da industria da moda sustentável; Designers, imprensa, ativistas, escritores, empresários e acadêmicos que se uniram depois do colapso do edifício Rana Plaza em Bangladesh que desabou no dia 24 de abril de 2013 deixando mais de 1.133 mortos e 2.500 feridos. Infelizmente, eles foram mortos enquanto trabalhavam para marcas de moda em um dos muitos “acidentes” que assolam a indústria de vestuário. Em suma, acreditam que 1133 é um número muito grande de pessoas a perder num acidente em uma fábrica, em um dia terrível, sem que isso signifique alguma coisa. O movimento Fashion Revolution, vê o desastre do Rana Plaza como um alerta. A campanha acontece anualmente no dia 24 de abril (aniversário do desastre), mantendo o lado mais vulnerável da produção visível aos olhos do público.
A campanha surgiu com o objetivo de conscientizar sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases de produção e consumo; Mostrar ao mundo que a mudança é possível através da celebração dos envolvidos na criação de um futuro mais sustentável; Criar conexões e trabalhar em rumo às mudanças a longo prazo exigindo transparência.

FRD_quote_chanel

(Moda não é apenas algo que existe somente em vestidos. Moda está no céu, nas ruas. Moda tem tudo a ver com ideias, com o modo que a gente vive, com o que está acontecendo.)

A moda é uma grande cadeia que envolve desde agricultores, à designers, costureiras, produtores e consumidores. No momento da compra, a maioria de nós não têm conhecimento dos processos e impactos envolvidos na criação de uma peça de roupa, não sabemos sobre sua origem, nem sobre quem os fez muito e menos as condições de trabalho deles. A única coisa que temos em mente é comprar, não pensamos nem sobre o fim da cadeia; O que vai ser daquela peça depois que eu não quiser mais usá-la? Precisamos entender que, não estamos apenas comprando uma peça de roupa ou acessório, mas sim toda uma cadeia de valor e relacionamentos.
Precisamos nos conectar com a moda e ficarmos atentos a todas as suas fases. Mostrando que é possível sim as empresas serem mais responsáveis e sustentáveis. A moda é uma força a ser considerada. Ela inspira, provoca, conduz e cativa. O Fashion Revolution Day quer ajudar a tornar a moda uma força para o bem.

Mas, como participar? É simples!

who-made-my-clothes2015

Junte-se a revolução da moda!

1. Tire uma selfie hoje mostrando a etiqueta da sua roupa. Você pode usar a peça do avesso para reforçar a mensagem.

2. Siga a marca nas redes sociais; Poste a sua foto e pergunte: “Quem faz minhas roupas?” ou use a #whomademyclothes. Agradeça a quem fez sua roupa.

3. Passe a mensagem adiante! Desafie 3 amigos para fazer o mesmo!

Essa ação irá incentivar as pessoas a imaginar o “fio” do vestuário, do maquinista que costurou e todo o caminho até o agricultor que cultivou o algodão de onde os tecidos foram feitos. Esperamos que o Fashion Revolution Day inicie um processo de descoberta, aumentando a conscientização sobre o fato de que a compra é apenas o último passo de uma longa jornada que envolve centenas de pessoas, realçando a força de trabalho invisível por trás das roupas que vestimos” – Disse a Co-fundadora Orsola de Castro.

8_FRD_actions_landscape-700x253

Participem! Sejam curiosos! Descubram quem fez e faz suas roupas e faça algo sobre isso. Façam parte da revolução! Sejam a revolução da moda.

FRD_thankyou

(Muito obrigado à todos aqueles que vestiram suas roupas ao avesso e começaram um movimento em direção a um melhor e mais justo futuro no mundo da moda #FashRev)

E fiquem ligados! Mais tarde estarei no instagram do whosthanny participando da campanha também! E você não vai ficar de fora né? Quero ver todo mundo participando do #FashRev!

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge