Literatura

Por Isso a Gente Acabou, Daniel Handler

Estou contando por que a gente acabou, Ed. Estou escrevendo, nesta carta, toda a verdade sobre o que aconteceu. E a verdade é que, porra, eu te amei demais.

E é assim que Min Green começa a narrar “Por isso a gente acabou”. Em sua extensa carta, ela conta a história de cada lembrança do seu relacionamento com Ed Slaterton. Tudo o que ela guardou durante o namoro, devolve para ele numa caixa. E você, pouco a pouco vai tomando ciência do porquê de tudo ter dado errado… tudo é uma questão de feeling.
Este era um dos livros mais desejados por mim, por isso foi o primeiro que pedi para a Cia. Das Letras assim que conseguimos parceria. E sabe aquela coisa de ter muitas expectativas e quebrar a cara? Foi mais ou menos isso que aconteceu. Eu não me decepcionei, mas esperava algo diferente.

Daniel Handler, sim, o mesmo autor de Desventuras em Série, consegue recriar o universo adolescente de uma maneira bastante próxima da realidade. Todos os clichês que de fato existem, como os populares e os nerds, nesse caso chamados de “das artes”, as festas e pegações, as incertezas de investir ou não num relacionamento. O diferencial está na maneira como ele inseriu isso na narrativa, além do fato de ter criado filmes e atores fictícios para que seus personagens pudessem fazer referências.

Com uma boa tonalidade de humor e drama, Min narra sua perspectiva do relacionamento desde que ela e Ed se conheceram. E vou te falar… Min é uma garota inteligente, totalmente fanática por cinema, não é das artes, é diferente das outras, sabe? E Ed é o garoto popular que joga basquete, um completo babaquinha que tem seus momentos de fofura, mas acha que tudo é gay.

Os amigos de Min aparecem um pouco no decorrer da história, sabemos que seu melhor amigo, Al, é aquele que tem todos os gostos compatíveis com ela e não tem uma opinião formada sobre coisa alguma, mas pfvr viraram meu otp, tive que shippar.

A gente era assim, Ed, o Al e eu. Você nunca entendeu e eu nunca te contei como era, um “casal de idosos”.

Sendo que quanto mais Min se envolve com Ed, mais se afasta dos amigos. É uma coisa comum de acontecer.

Há essa coisa de se identificar aqui e ali com determinada situação, principalmente se você está em um relacionamento complicado, mas não consegui me apegar muito aos personagens e, principalmente, não suportava o Ed.

A narrativa em primeira pessoa tem bastante diálogos, e não sei se foi isso que me surpreendeu, pois prefiro uma coisa mais descritiva. Mas teve algo que foi genial para alguns e para mim não funcionou… a tal das referências, não curti o fato de não poder pegá-las. Acho mágico quando há uma citação de algo que eu conheça e eu possa surtar falando “OMG, ELE FEZ REFERÊNCIA AO MEU FILME/ATOR PREFERIDO”, sabe? Esse tipo de coisa que faz a gente se identificar, uma nerdice compatível e que fez falta.

Não vou mentir, o que me chamou atenção em “Por isso a gente acabou” foi a capa. E tenho que parabenizar a editora pelo trabalho esplêndido na diagramação e todo o cuidado com as ilustrações, que são as coisas mais lindas do mundo. Mesmo se tivesse odiado o livro, não iria conseguir me desfazer dele, porque ele se destaca na minha estante.

Eu terminei o livro pensando que não gostei tanto quanto esperava, mas dias após ter terminado a leitura, continuo pensando e citando quotes. Afinal, o meu feeling não estava completamente errado…

(tive que colocar esse vídeo aqui, assistam!)

informações

 

Título: Por isso a gente acabou
Autor: Daniel Handler
Tradução: Érico Assis
Número de Páginas: 368
Edição: 1ª – 2012
Editora: Cia das Letras
Preço: R$44,00
Classificação: ★★★½☆

 

 

You Might Also Like

7 Comments

  • Reply
    Ceile
    29/10/2012 at 1:51 pm

    Ah, este livro era o meu top desejado e quando fiquei sabendo que não se tratava de um “Eduardo e Mônica” (ou seja, uma coisa mais adulta, mesmo que jovem – ???), que era algo mais para o adolescente, já tive uma decepçãozinha. Comecei a ler e percebi que a leitura flui muito bem, tive a impressão que não tinha lido muito, mas ontem fui olhar onde o marcador estava e me surpreendi por estar num “gominho” avançado rs.

    Ele é bem grandinho, né? Talvez eu demore um pouco mais pra terminar, ele será aquele livro que vou ler em doses homeopáticas rs.

    Também gosto quando identifico alguma referência, isso ajuda muito na aproximação. O que poderia ser considerado muita criatividade do autor em “criar” vários filmes, nos afasta um pouco das referências, né?

    Beijos!
    (não assisti pq aqui é bloqueado ¬¬’)
    Ceile recently posted..Caça ao Tesouro – Parte 2, dia 4My Profile

    • Reply
      thanny
      29/10/2012 at 1:59 pm

      Eu li em doses homeopáticas e ele é grandinho, porque a folha é mais grossinha e tem várias ilustrações.

      Aham, deve ser por isso que há opiniões tão divergentes.

      Assista depois, o autor é muito divertido HAHAHAHA

      Beijos <3

  • Reply
    Amanda Faustino
    29/10/2012 at 10:08 pm

    Eu quero tanto ler esse livro, tanto. Mas esse preço acaba com tudo. Por quê? Por que esse preço? Que tristeza /cry

    Beijos,
    Mandi – Book and Cupcake.
    Amanda Faustino recently posted..O Melhor de MimMy Profile

  • Reply
    lilian
    30/10/2012 at 2:58 am

    gostei da resenha, se afastar um pouco dos amigos quando se esta em um relacionamento é normal mas fico imaginando se ela se afastou de vez ou foi só coisa de começo de relacionamento mesmo, não sei se teria interesse em ler esse livro a sinopse não chamou tanto a minha atenção.
    lilian recently posted..Resenha Pushing the LimitsMy Profile

  • Reply
    Simone
    30/10/2012 at 1:00 pm

    Oi Thanny, tudo bem?

    Apesar deste não ser um livro top top na minha lista de lidos dei 4 estrelinhas pra ele. Sabe porquê? Porque apesar de não ter achado aquela maravilha toda foi um livro que simplesmente não passou. Mesmo dias após ter terminado de lê-lo fiquei com a história entranhada na cabeça sabe? No fim das contas o livro me encantou por ser totalmente próximo da realidade. Aconteceu o que tinha que acontecer mesmo e é assim que a vida é.
    bjos

  • Reply
    Gabi
    31/10/2012 at 1:34 am

    hsauhsuash ri horrores com o vídeo. Muito legal!
    É um livro que eu ainda não li com medo de sofrer a mesma coisa que você, sabe? Tinha expectativas muito altas sobre ele, e muita gente disse que se decepcionou, então… ainda estou esperando as expectativas baixarem ;)

    Beijitos
    Gabi recently posted..Jogador nº1 – Ernest ClineMy Profile

  • Reply
    Raíssa Lins
    05/11/2012 at 3:27 pm

    Poxa, desde que o livro foi lançado tenho uma vontade imensa de ler, mas ele está sempre tão caro que acabo passando outros livros na frete hahah Eu espero gostar mais do livro, apesar de já ter ouvido muita gente reclamar das citações de filmes da Min. Mesmo que não tenha sido “tudo isso” pra você, continuo com vontade de ter o livro, até porque ele é lindo.
    Raíssa Lins recently posted..MarinaMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge