Cinema

Philomena (2013)

Creio que depois de tantos blockbusters, tantos filmes intensos, ver algo tão delicado quanto Philomena na lista dos indicados ao Oscar chega até a surpreender, mas, acreditem, depois de 98 minutos, surpresa seria se esse filme passasse despercebido.

Philomena_1_2658148b

 

Baseado numa história real que, em 2009, foi publicada num livro de Martin Sixsmith (o jornalista interpretado no filme por Steve Coogan), Philomena é um filme que vai de um extremo ao outro: da revolta ao conforto, do humor sutil ao drama implacável, do riso às lágrimas. Tamanha oposição se deve às personalidades tão díspares dos personagens principais: Martin é um homem de temperamento forte, tão arrogante que muitas vezes chega a grosseria enquanto Philomena é uma doce idosa irlandesa à procura de seu filho, tirado dela cruelmente num convento quando ela era apenas uma adolescente.

No entanto, nada pode tirar do filme sua delicadeza. Foi justamente o casamento de elementos tão opostos que trouxe esse tratamento tão simples, tão delicado à película. É impossível não se comover com a história e com as emoções passadas pela doçura que Dame Judi Dench é impecável ao retratar, é impossível não pensar e remoer o sofrimento que tanto mãe quanto filho guardaram por 50 anos e, ahh, é impossível não ser inspirado/a.

philomena05

 

Entendam, muitos filmes nos deixam marcas e Philomena é justamente um exemplo de que simplicidade, delicadeza e sutileza inspiram mais amor do que violência, brutalidade e ignorância. Não me refiro só ao filme, aliás, mas também à personagem, à mulher real que é Philomena Lee. É só que… o mundo precisa de mais gente como ela… doce, gentil, engraçada e capaz de perdoar os atos mais revoltantes e cruéis que destruíram uma vida inteira que ela poderia ter com seu filho.

Philomena Lee é puro amor. E o mundo precisa de puro amor.

Além de um filme indicado ao Oscar, esse incrível trabalho de Stephen Frears é algo que precisamos na nossa vida, aquela gotinha de inspiração, aquele empurrãozinho em nossas lutas, sejam elas pessoais ou que cruzem um oceano inteiro. Unindo lições de vida, lutas inesperadas, doçura, religião e um drama de partir o peito, Philomena é um filme completo. E nem precisou de brutalidade… basta, como sempre, uma gotinha de gentileza e fé.

EDIT: Sâmela me alertou que eu não tinha pagado pau pro Steve Coogan e eu quase me roí por ter me esquecido. U G H, esse lindo! Com maestria, Coogan dá conta de uma lindíssima atuação e de um roteiro perfeito do início ao fim. Apenas meu amor eterno por ele.

ficha técnica

Diretor: Stephen Frears
Elenco: Judi Dench, Steve Coogan, Sean Mahon, Michelle Fairley, Sophie Kennedy Clark, Peter Hermann, Barbara Jefford, Cathy Belton
Trilha sonora: Alexandre Desplat
Roteiro: Steve Coogan, Jeff Pope
Duração: 98 min.
País: Reino Unido
Gênero: Drama
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply
    Caverna Literária
    01/03/2014 at 8:21 pm

    Já tinha ouvido falar nesse filme, mas sua resenha conseguiu definitivamente me convencer a assistir logo! Parece ser muito bom :D

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Caverna Literária recently posted..A Caminho do VerãoMy Profile

  • Reply
    Thayná
    02/03/2014 at 2:03 am

    JUDIE DENCH É RAINHA DO MEU CORAÇÃO.

  • Reply
    Sam
    02/03/2014 at 7:42 pm

    YOU HAD ME AT STEVE COOGAN (mentira, to louca pra ver esse filme e prepararei todos os lencinhos do mundo pra assistir porque né). Tá perf sua review, Jovaninha, HOW DO YOU DO WRITING

  • Reply
    Diego de França
    04/03/2014 at 11:39 am

    Acho que esse não é um filme que eu vá assistir, não faz muito meu gênero, mas quem sabe eu dou uma chance e deixo de ser turrão não é mesmo!

    http://leitorsagaz.blogspot.com.br/2014/03/promocao-livros-e-musica.html
    Diego de França recently posted..{Dica de Série} – Once Upon a TimeMy Profile

  • Reply
    Tarsila Martins
    05/03/2014 at 2:32 pm

    Gosto muito de drama e de histórias baseadas em fatos reais, e por isso quero assistir tanto esse filme… Tá, não é só por causa disso, também é porque ele foi indicado ao Oscar, mas esse filme parece ser encantador.
    Quando eu assistir volto aqui pra dar minha opinião :)
    Tarsila Martins recently posted..Resumo do Mês: FevereiroMy Profile

  • Reply
    Michelli Santos Prado
    25/03/2014 at 11:29 am

    Oi Geovana, tudo bem??
    Adorei esta indicação de filme, curto bastante filmes mais densos e com dramas, já inclui este filme na lista dos que vou querer conferir!! Obrigada pela indicação!!
    Beijos!!

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge