Literatura

Os Primeiros Dias (Vampiros em Nova York #1), Scott Westerfeld

Por Byzinha

Qual a história de vampiros mais inteligente que você já leu? Particularmente, eu nunca tinha lido nada tão bem pensado quanto essa histórinha contada por Westerfeld.

O que faz uma pessoa vampira? O que a define? No mundo de Cal, ser vampiro não é se transformar em morcegos ou sair bebendo sangue de todo mundo. Ser vampiro é possuir um parasita dentro de si, um toxoplasma no cérebro. Esse toxoplasma tem estado entre nós desde sempre. Ele pode te fazer sim, querer morder ou até mesmo comer~~ outras pessoas, mas às vezes ele é mais tranquilo, ele só lhe dá as boas coisas: força, visão noturna, sentidos aguçados. As pessoas que têm esse parasita são chamadas “Parasito Positivo” ou simplesmente “Peeps”.

Uma coisa sobre os Peeps: eles possuem uma relação interessante com gatos e ratos. Por se alimentar de restos, os ratos geralmente crescem próximos de um Peep e são contaminados com o toxoplasma, sendo a “ninhada” daquele peep.

Cal, no entanto, é apenas um portador do parasita, por isso trabalha “caçando” os que tem a versão completa dos sintomas. Entre aspas, porque ele não os mata, ele simplesmente os prende para que eles sejam medicados e controlados. Seus primeiros trabalhos consistem em encontrar e capturar as ex-namoradas que ele contaminou, antes de partir para Peeps desconhecidos. “Oh, ele mordeu as ex-namoradas??” você erroneamente pergunta. Não. O toxoplasma é transmitido de uma maneira muito mais… divertida: sexualmente. Seus esporos são tão pequenos que podem ser transmitidos pelo beijo ou atravessar camisinhas.

Você acha que isso é tudo? É porque você não sabe que Cal encontrou uma estranha movimentação de ratos, uma ninhada que pertence a um Peep……… GATO. e vive na piscina subterrânea de um prédio que pertence à uma das famílias mais antigas de Nova York. E as investigações sobre essa “anormalidade” só ficam mais esquisitas a cada nova pista, levando-o a descobrir que a humanidade está nos primeiros dias do caos.

Primeiramente, eu já tinha falado na minha resenha de Feios o quanto Westerfeld é inteligente, mas foi só lendo Peeps que eu percebi o quanto o cara é sagaz. Tudo que sabemos sobre vampiros é explicado científica e historicamente; os capítulos ímpares são curtos e introduzem fatos sobre algum tipo de parasita, enquanto os pares contam a história de Cal. Com ótimos detalhes (às vezes chegando a ser um pouco nojento), os capítulos ímpares são interessantes, importantes e divertidos de se ler. Eu virava cada página maravilhada e querendo mais e terminei o livro pronta para o próximo.

Cal é engraçado, um calouro da faculdade que veio do Texas para NYC e foi contaminado “por acaso” (a garota que o contaminou disse que não resistiu ao ar caipira dele, tão gracinha). Todo o livro tem um ar conspiratório de ficção científica, é simplesmente tão. bom!

Eu nem sei colocar em palavras o quanto gostei do livro. Empatou com André Vianco como meu preferido sobre vampiros, e é de longe o mais bem pensado. E veja bem, eu não sou uma entusiasta de história de vampiros.

Recomendadíssimo para todos aqueles que gostam de histórias divertidas e inteligentes. Mil vezes melhor que Feios. Sem arrependimentos.

A questão é a seguinte: eles fazem parte do sistema. como a burocracia governamental, com todos aqueles formulários que devem ser preenchidos em três vias, eles são um saco, mas não temos escolha. Se um dia todos os parasitas desaparecessem de repente da Terra, o desastre seria muito maior do que você possa imaginar. A ordem natural entraria em colapso.
Em resumo, os parasitas estão aqui para ficar, o que é algo bom. Nós somos o que comemos. E consumimos parasitas todos os dias: os vermes alojados em pedaços de carne malpassada ou os esporos de toxoplasma subindo às nossas narinas da caixa de areia dos gatos. E eles também nos comem todos os dias. De carrapatos sugando nosso sangue a invasores microscópicos modificando nossas células. A troca continua indefinidamente, tão certa quanto a Terra girando em torno do Sol.
De certa forma, nós somos os parasitas.
Aceite esse fato. – pg 310

Informações

Título: Os Primeiros Dias
Autor: Scott Westerfeld
Número de Páginas: 336
Edição: 1º – 2008
Editora: Galera Record
Preço R$42,90
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

26 Comments

  • Reply
    Mareska
    28/05/2012 at 4:24 pm

    Westerfeld empata com John Green pra mim, procê ver como minha crush nele é GRANDE.

    • Reply
      Byzinha
      28/05/2012 at 6:17 pm

      Eu só tinha lido Feios e não tinha achado tudo isso, mas Peeps me ganhou nas primeiras páginas. <3

  • Reply
    Polie
    28/05/2012 at 4:55 pm

    Super merecido cinco estrelas. Esse livro é um máximo! *-* Me ajudou nas provas de Biologia do segundo ano. asuhasusahuuashas Ia emprestar para minha professora até, mas nem deu. x.x
    Uma das minhas histórias de vampiros favoritas. :#
    ;*

    /cute
    Polie recently posted..Filme "A Viagem de Chihiro"My Profile

  • Reply
    Gabi
    28/05/2012 at 5:31 pm

    Ahh, se eu já amei Feios então na certa vou amar esse também! Já pretendia ler o livro, mas sua resenha aguçou ainda mais minha curiosidade. Vampiros cientificamente explicados? Ui, preciso. Mas tenho opiniões controversas quanto as formas de contaminação ai. shauhaus

    Adorei a resenha ;)
    Beijitos
    Gabi recently posted..A Filha do Pastor das Árvores (Fairie Folk #1) – Gillian SummersMy Profile

    • Reply
      Byzinha
      28/05/2012 at 6:17 pm

      Relaxa que o livro é tranquilinho, muito engraçado e MUITO inteligente. A M O livro inteligente <3

  • Reply
    Layn
    28/05/2012 at 9:29 pm

    Quando eu li o nome do livro eu fiquei “isso é familiar”. É óbvio que sim, eu já li quando Vampiros em Nova York era apenas um e-book mal traduzido. :B
    Essa idéia do parasita ser transmitido pelos gatos (e tem aquele lance do cara não lembrar quem transformou ele em vampiro, ne? Que ele só lembrava o nome do drink que tomou naquela noite, algo assim) e a forma que ele usa pra aliviar a tensão é muito bacana. Sem falar nos personagens bem construídos e tal, a história é tudo de bom.

    Ainda bem que eu conheci Vampiros em Nova York antes dele lançar Feios. Acho que se eu soubesse do Scott Westerfeld apenas por Feios, pode ter certeza que eu nunca leria um livro dele. Acho a capa tão ruim que eu encararia ele como um autor de:
    a) drama
    b) auto ajuda
    c) young adult com triangulos, quartetos, sextetos, octetos amorosos.

    Eu diria que a história do Cassidy ( Preacher) é mais legal, mas eu não posso fazer isso. Primeiro porque a história³ dele não é nem um pouco inovadora ou bem montada, segundo porque palavra de fangirl não tem muito crédito. 8D
    Layn recently posted..Livro #6: Eu, Robô.My Profile

    • Reply
      Byzinha
      28/05/2012 at 11:29 pm

      Ainda bem que agora Uglies tem uma edição nova, porque a outra não me animava também não. Foi só quando eu vi a nova que me animei pra ler.

  • Reply
    Thais Ortega
    29/05/2012 at 12:02 am

    Oi, Bya

    Menina, eu já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca tinha lido uma resenha do começo ao fim. Fiquei encantada com a ideia do parasita! Realmente muito inteligente. Só fiquei com um pezinho atrás porque não gostei da série Feios (não me mate), mas acho que vou dar mais uma chance ao autor :)

    bj

  • Reply
    Andreza
    29/05/2012 at 1:55 pm

    resenha muito interessante mesmo!! Deu muita vontade de ler, ainda mais ultimamente que vampiros estão na moda e nem toda obra tem qualidade, quando voce encontra uma boa resenha, da muita curiosidade e vontade de ler. /love
    Andreza recently posted..Just for fun and nothing elseMy Profile

  • Reply
    Resenha do livro: Vampiros em Nova York – Os Primeiros Dias no Distrito 2 « Dominação Distópica
    09/06/2012 at 12:37 am

    […] Veja a resenha completa aqui. (Contém alguns spoilers) […]

  • Reply
    Maryhelen Bastos
    19/06/2012 at 11:53 pm

    Adorei o post e a capa é bem interessante, ao lê o post fiquei curiosa em saber como se desenrola a toda está historia de doenças, adorei a ideia sobre os capítulos impares e pares…

  • Reply
    Andreza
    21/06/2012 at 1:29 am

    nossa, que resenha bem feita!! MUito boa, deu muita vontade de ler o livro, principalmente pelo tema da história e pela dualidade do protagonista de ser portador do parasita e caçar outros vampiros, aliás, muito interessante esse ponto de vista do autor, eu nunca tinha pensado assim.
    Andreza recently posted..Just for fun and nothing elseMy Profile

  • Reply
    Júlia
    24/06/2012 at 4:51 pm

    Nossa, esse livro parece ser incrível, que demais! *-*

  • Reply
    Samantha Guimaraes Lima
    25/06/2012 at 2:40 am

    Quero le-lo imediatamente.

  • Reply
    Matheus
    26/06/2012 at 4:44 pm

    pra dizer a verdade nunca fui de vampiros.
    acho que o tema virou muito, sei lá, ”chiclete” :x
    mas o livro até parece ser legal. quero comprar e tirar minhas proprias conclusões e ver se ainda estou certo em questão ou não. :x ahhaha

    • Reply
      Byzinha
      26/06/2012 at 6:40 pm

      Também não sou fã de vampiros, mas Westfeld me fez ficar interessada do início ao fim.

  • Reply
    Rodolfo Euflauzino
    29/06/2012 at 11:57 am

    Cara Byzinha, não me canso de ler livros sobre vampiros, por mais alucinado que seja o modismo ou por mais saturado que esteja o assunto, sempre há novas ideias, novos prismas, novos ângulos para se explorar. Stephen King faz isso muito bem, não altera muita coisa, não subverte a lenda, apenas conta do seu jeitão e é isso que me faz um fã do cara. Westerfeld não vive de clichês, cria e recria o mito, portanto merece ser lido e saboreado. Bela dica esta sua viu. Parabéns!!!

  • Reply
    Jeniffer Haddad
    03/07/2012 at 3:37 am

    Achei a capa linda e pelo modo que você fala o livro deve ser realmente muito bom. Doida para ler *-*
    Adoro vampiros desde pequena hahaha

  • Reply
    Maíra K.
    03/07/2012 at 5:03 pm

    Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro! u.u
    Não é que agora ele vai entrar pra lista de prioridades???
    Maíra K. recently posted..Saudade de tuMy Profile

  • Reply
    Jéssica Gleide
    07/07/2012 at 1:21 am

    Bem, eu tinha deixado de lado os livros acerca de vampiros porque as histórias já estavam começando a ficar semelhantes. Mas esta resenha está me incentivando a ler este livro. =)

  • Reply
    Gláucio César
    07/07/2012 at 6:34 pm

    Ao iniciar a leitura da resenha a respeito do livro achei meio estranho. Parasita + poderes sobre-humanos + vampiro? wth
    Mas parece interessante.
    Gosto de livros com personagens sobre-humanos, gosto de heróis, anti-heróis e tal.
    Procurarei saber mais a respeito, pois nem conhecia o título do livro.

  • Reply
    vivi lemes
    10/07/2012 at 10:43 pm

    o único parâmetro que tinha desse autor era ‘feios’ mas li a sinopse e algumas resenhas deste livro, ele parece ter mais qualidade e ser um livro mais bem escrito. a historia do peeps e tudo o mais, achei bem diferente, vou ler com certeza!

  • Reply
    Who's thanny? » Blog Archive » Os Últimos Dias, Scott Westerfeld
    30/07/2012 at 1:47 pm

    […] resenhar algum, escolhi Peeps sem nem saber do que se tratava ou dar muito crédito. Quem leu minha resenha do livro 1, “Os Primeiros Dias” sabe que eu amei tanto o livro que estava louca para ler a […]

  • Reply
    Luiz
    02/09/2012 at 1:13 am

    Nossa, parece MUITO bom!!
    Quero muito ler!! Essa passagem da definição de vampiros para o tempo moderno pareceu incrível! Já adicionei no meu skoob hein!? Hahaah, adorei a resenha! /blink

  • Reply
    Camila
    20/05/2013 at 5:10 pm

    Eu li o livro sem ter lido a resenha e, portanto, sem muitas expectativas. Mas o autor é bom, e eu gosto de vampiros então… “por que não?”, eu pensei. E foi uma grata surpresa. O tema foi muito bem desenvolvido, e o vampiro do livro é diferente. E interessante. E isso, por si só, já recomenda a leitura do livro a qualquer um.
    Mal posso esperar para colocar as mãos no 2º!
    Camila recently posted..Something for tonightMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge