Cinema

Os Miseráveis (2012)

Por Byzinha

Os Miseráveis devia ter levado o Oscar de melhor filme e eu vou contar o motivo.

Todo mundo conhece o clássico de Victor Hugo. A história de Jean Valjean (Hugh Jackman) preso por anos por roubar um pedaço de pão para a irmã e o sobrinho que morriam de fome, sua constante fuga do policial Javert (Russell Crowe) e como as vidas deles cruzam com a de Fantine (Anne Hathaway) e sua filha Cosette (Amanda Seyfried), os Thénardier (Helena Bonhan-Carter, Sacha Baron Cohen e Samantha Barks) e os jovens da revolução francesa.

O romance, escrito na época em que, não importa o quanto os personagens sofram, o final sempre é feliz, é um dos mais vistos e adaptados para o palco, telona e telinha e nunca decepciona. Não seria dessa vez que isso aconteceria.

Para começo de conversa, o elenco é fantástico. Foi o tipo de elenco que eu já comecei a chorar logo quando foi anunciado. Eu sabia que não precisaria nem assistir o filme para saber que seria de extrema qualidade. O trabalho feito com cada artista, que cantou efetivamente durante a gravação das cenas, ao invés de dublar um áudio pré-gravado, a performance… não é de se surpreender que tenham chamado tanta atenção e, mais que isso, que Anne tenha levado a estatueta pela sua breve aparição (já que Fantine, como todos sabem, só aparece no primeiro ato).

Outra coisa é a inovação no modo como Tom Hooper rodou esse musical de três horas que fez com que nos sentíssemos nos belos teatros da Broadway. A fotografia, as canções, o cenário, extraiu uma crueza das performances tão intensa que passei o filme todo “Meu Deus, como isso é maravilhoso!”

E a trilha sonora???? Meu Deus, que coisa linda. Uma palavra: SOCORRO. Que coisa mais maravilhosa. A trilha e canções alinhavam a trama de um jeito que só se faz no teatro. É tão…………….. mágico. Tão……….. encantador.

Quem ama cinema e ama musicais acima de tudo, quem gosta de arte, eis uma palavra para te fazer não titubear. O filme é: I M P E C Á V E L. Simplesmente veja e comprove com seus próprios olhos.

PS: Não li o livro por pura preguiça, mas já havia assistido o musical e chorei o filme inteiro, beigos.

FICHA TÉCNICA

 

Direção: Tom Hooper
Elenco: Hugh Jackman, Anne Hathaway, Russel Crowe, Amanda Seyfried, Eddie Redmayne, Sacha Baron Cohen, Helena Bonham Carter
Roteiro: William Nicholson
Duração: 158 min.
País: Estados Unidos da América, Reino Unido
Gênero: Drama, Musical
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

9 Comments

  • Reply
    Kelry Caroline
    05/04/2013 at 4:27 pm

    Realmente o filme é ótimo. Adorei as músicas que o têm no filme.

  • Reply
    Vanessa Llona
    05/04/2013 at 4:43 pm

    Gostei bastante do filme, mas achei um pouco cansativo. MAs a Anne Hathaway mereceu o Oscar por essa atuação.http://whosthanny.com/wp-includes/images/smilies/fantasmino10.gif

    • Reply
      Byzinha
      05/04/2013 at 8:02 pm

      O filme foi estruturado exatamente como o musical e, como no teatro, são 3 horas de espetáculo, era de se esperar que o filme tivesse o mesmo tempo.

      • Reply
        Vanessa Llona
        09/04/2013 at 1:07 am

        Não foi o tempo de duração que achei cansativo, gosto de filmes longos, meus filmes favoritos são longos, o que achei cansativo foi que muitas vezes não tinha muita qualidade vocal, algumas vezes desafinava um pouco, e sei que é um musical, mas senti falta de um pouco mais de dialogo. Eu gostei bastante do filme, só achei esse ponto um pouco negativo. Mas obrigada pelas informações, não sabia que estava exatamente como o musical.http://whosthanny.com/wp-includes/images/smilies/fantasmino01.gif

  • Reply
    Yuuki
    06/04/2013 at 7:03 pm

    Eu amei o filme de tal forma que, pela primeira vez na vida, não vou ter coragem de ler o livro e acabar perdendo o encanto o_o ahushua

    Sei que quando fui assistir, o cinema estava lotado e nas cenas finais só dava gente soluçando de tanto chorar (mulher, homem, adolescente, senhor…). Assim que subiram os créditos, todo mundo ficou de pé para aplaudir como se estivesse em um teatro. Foi mágico e me recuso terminantemente da pouca atenção que deram ao filme no Oscar. Merecia mais indicações (SAMANTHAAAA WAA) e mais estatuetas. E sou mais uma daquelas “CADÊ O GAVROCHE NO OSCAR???”

  • Reply
    Camila
    07/04/2013 at 12:20 am

    Eu também amei o filme, e chorei praticamente do começo ao fim, o cinema estava praticamente vazio e só se ouvia os meus soluços no meio das músicas, e pretendo adquiri-lo em DVD /love /love

  • Reply
    Natália Araujo
    07/04/2013 at 5:58 am

    não veja a hora de sair em DVD pra poder ver toda hora! chorei horrores no filme e se tornou um dos meus preferidos da vida! fiquei sorrindo o filme todo com essa maravilha porque é difícil ver um filme com uma qualidade dessas, meu Deus!
    Natália Araujo recently posted..Ben and KateMy Profile

  • Reply
    Thayná
    07/04/2013 at 2:09 pm

    Uma resenha definida em: DO YOU HEAR THE PEOPLE SING, SINGING A SONG OF ANGRY MEN, IT IS THE MUSIC OF THE PEOPLE WHO WILL NOT BE SLAVES AGAIN!

  • Reply
    Tarsila Martins
    07/04/2013 at 4:52 pm

    Amei o filme também! Achei perfeito, chorei várias vezes, e olhe que eu não sou de chorar em filme. Não achei nem um pouco cansativo, o povo vai assistir achando que é um filme normal, mas é um musical, então você tem que ir preparado pra ficar ouvindo música por muito tempo.
    E eu me emocionei muito com Daniel Huttlestone (Gavroche), um grande ator mirim, me arrancou lágrimas e arrepios.
    Beijos!
    Tarsila Martins recently posted..BrownieMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge