coluna category image

O que é escrita criativa?

escrita criativa

Fiquei pensando por muito tempo em uma definição para a escrita criativa, mas então, em uma das minhas viagens sem fim pela internet, trombei com uma bastante esclarecedora:

“A escrita criativa é a arte delicada de inventar coisas da forma mais atraente, apta e convincente possível. É contar mentiras a fim de revelar verdades sombrias e iluminadoras sobre o mundo e o nosso lugar nele[1]”.

E, para falar a verdade, é bem isso. Ao escrever ficção nós estamos inventando mentiras que tentamos desesperadamente fazer soar como verdade; mentiras que, de alguma forma, refletem, modificam, distorcem, melhoram ou pioram o mundo em que cada um de nós vive.

Algumas pessoas nascem com mundos imaginários que borbulham em seus cérebros, e de repente uma montanha não é só uma montanha: é um caminho para outro mundo. Essas pessoas possuem amigos imaginários que sussurram em seus ouvidos, pedindo para serem testados, moldados, explorados. Essas são aquelas pessoas que bisbilhotam conversas no ônibus com uma caneta na mão, que podem passar horas olhando uma pintura, vendo ali uma história inteira se desenrolar, invisível aos olhos dos outros. Elas caminham sem prestar atenção por onde andam, com os pensamentos em outros mundos, outros universos que só existem em suas próprias cabeças. Elas se esquecem que estavam conversando com alguém, ou que deveriam estar prestando atenção na aula. São aquelas pessoas que rabiscam os cantos dos cadernos, os guardanapos, enchendo-os de nomes, pessoas e lugares imaginários. São pessoas que, se não fossem escritoras, seriam provavelmente loucas.

Ou talvez ser escritor requeira, no fim, um pouco de loucura. É como viver em duas realidades ao mesmo tempo, ser criatura e criador, tentando balancear aquilo que você pode controlar com o que não pode. E, muitas vezes, traduzir para palavras aquilo que você vive e imagina tão intensamente pode ser muito mais difícil do que à princípio parecia.

Algumas pessoas argumentam que não é possível aprender escrita criativa; que traduzir em palavras um mundo que se esconde na mente de uma pessoa é algum tipo de dom mágico reservado a alguns seres privilegiadas. Mas não é bem assim.

Todo mundo tem uma história para contar, a diferença é que alguns sabem como fazer isso de forma mais intuitiva que os outros. Algumas pessoas têm mais facilidade, assim como certas pessoas conseguem aprender línguas com mais rapidez que outras. Mas com um pouco de estudo e esforço, qualquer um pode fazer o que bem entender.

Essa é a mágica da escrita criativa: estruturar uma história é algo que todo mundo sabe como fazer por instinto. Seres humanos dividem experiências, contam sobre seus dias. A única diferença é que o escritor sabe como fazer isso da forma mais sedutora possível: ele te agarra e não te deixa sair. E essa sedução, essa manipulação, pode sim ser aprendida, melhorada, aprimorada.

E se você é uma dessas pessoas com mentes incansáveis, que cria, imagina, bisbilhota e tem algum tipo de dificuldade em se concentrar completamente no mundo real, bem-vinda ao time. Escritores podem ser criaturas bastante estranhas e ninguém sabe disso melhor do que você.

Se você escreve e quer aprender mais sobre essa delicada arte de fazer mentiras parecerem verdades, ou se ainda não escreve, mas sempre teve vontade de tentar, por que não? Aqui nesta coluna vamos explorar os aspectos da escrita criativa, concepção e criação de mundos, cenários, até a definição do arco dos personagens, passando pelos discursos, vozes, o que fazer ou o que não fazer.

É importante lembrar que a escrita criativa não dita regras, mas mostra caminhos que podem ser seguidos. Alguém disse uma vez que para subverter a regra é preciso conhecer a regra, e é isso que vamos fazer aqui. Você pode inventar o que quiser, como quiser, mas é importante conhecer os conceitos porque só assim você vai saber o que quer ou não seguir.

Para ser escritor é preciso ser meio louco. E, se você é meio louco, vai adorar explorar o hospício da escrita criativa comigo.

giphy

———

[1] http://www.literaturewales.org/creative-writing/i/134602/

Postagens Relacionadas:

Comente pelo Facebook

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CommentLuv badge