Literatura

O Oráculo Oculto, Rick Riordan

O Oráculo Oculto

Inspecionei meu novo corpo. Eu aparentava ser um adolescente caucasiano do sexo masculino, usando tênis, calça jeans e uma camisa polo verde. Muito sem graça. Eu me sentia enjoado, fraco e tão, tão humano.

Nunca vou entender como vocês, mortais, toleram isso. Vocês passam a vida toda presos em um saco de carne, incapazes de apreciar os prazeres mais simples, como se transformar em um beija-flor ou se dissolver em pura luz.

E agora, que os céus me ajudem, eu era um de vocês, apenas mais um saco de carne no universo.

O Oráculo Oculto é o primeiro volume da série As Provações de Apolo, do lindo e maravilhoso Rick Riordan, autor de Percy Jackson e Magnus Chase, além de divo absoluto da mitologia e da diversidade cultural nos livros infanto-juvenis. Nessa nova série, seguindo os acontecimentos do final de Os Heróis do Olimpo, Apolo é punido por seu pai, Zeus, e é jogado no meio de Nova York, no corpo de um adolescente de dezesseis anos chamado Lester Papadopoulos que, além de ter um nome horrível, é espinhento e tem banhas. A crueldade de Zeus não conhece limites.

Agora ele precisa cumprir suas provações para voltar ao Olimpo e ter de volta seu corpo e poderes perfeitos que todos amam e idolatram. Ele já tinha passado por isso antes duas vezes, não podia ser tão difícil assim. Só que ele não esperava que fosse encontrar Meg, uma semideusa de doze anos que se veste como um sinal de trânsito e tem como poder especial atirar frutas podres nas pessoas. Agora, com ela e a ajuda de velhos conhecidos do Acampamento Meio-Sangue, Apolo precisa tomar cuidado para não ser desintegrado por um antigo inimigo – ou nem tão inimigo assim – e, além de tudo, encontrar um oráculo há muito perdido. Só uma profecia pode dar alguma luz às suas provações e, com sorte, fazer com que ele deixe de ser só mais um saco de carne no universo.

ross_fine

Ahhh, the feels. Sou uma grande fã do Rick e uma grande adoradora de Apolo e, quando esse livro foi anunciado ano passado eu tive muitos ataques. Eu esperava grandes coisas, é claro, mas depois de uma experiência não muito boa com As Crônicas dos Kane (não rolou muito, desculpa), eu também estava um pouquinho preocupada. Mas aparentemente Magnus Chase fez muito bem ao Rick, porque O Oráculo Oculto é uma coisa linda dos deuses.

Seguindo seu estilo engraçadinho, Rick Riordan consegue fazer rir logo nas primeiras páginas, nos apresentando um Apolo muito bravo, frustrado, metido e orgulhoso. Cada cena é acompanhada de comentários engraçadinhos do deus, ora reclamando dos humanos – com certa razão, em muitos momentos – ora se lembrando de sua imortalidade, seus poderes e seus dois amores, Dafne e Jacinto.

Aliás, paremos para falar um pouco sobre isso. Rick Riordan tem um histórico de inclusão em seus livros; isso é, em suas histórias há representantes das mais diversas etnias (vide Os Heróis do Olimpo), personagens com deficiência (Hearthstone, em Magnus Chase <3) e, agora, a sexualidade é explorada em As Provações de Apolo. E, claro, Rick consegue fazer isso sem chocar, forçar ou querer fazer as pessoas engolirem o que ele tem a dizer. O tema – tanto da homossexualidade quanto da bissexualidade (Apolo é assumidamente bissexual) – é tratado com a naturalidade que merece, sem fazer diferenças entre qualquer tipo de relacionamento. Não importa se é menino ou menina, o importante é que são duas pessoas que se gostam. Rick prova que é possível falar de assuntos “polêmicos” sem precisar de um livro inteiro só sobre esse tipo de coisa. Existem pessoas brancas, negras, mestiças, asiáticas, surdas, heterossexuais, homossexuais e bissexuais, e todas podem (e, por favor, devem) viver juntas e fazer o que elas bem entenderem.

Eu já falei que o Rick é maravilhoso? O Rick é maravilhoso.

Rick Approves

Como no restante de seus livros, cada capítulo é curtinho e muito rápido. Mesmo com pouco tempo, engoli as trezentas páginas em dois dias e, se pudesse, provavelmente teria lido tudo de uma vez só. A aliança entre humor e ação acerta em cheio, e traz um ritmo alucinante aos acontecimentos da narrativa. Ainda assim, achei o livro talvez rápido demais, mas, como se trata de um spin-off, com um universo e muitos personagens já conhecidos, dá pra entender.

Apolo é um ótimo protagonista. Meio irritante no início, sempre se gabando das coisas que fez ou do que é, ele passa a enxergar que talvez não tenha sido assim… um bom deus todo esse tempo. Já dá pra ver aonde esse arco de personagem vai parar, né? I like it.

Outra personagem que rouba a cena é Meg, a semideusa a quem Apolo precisa servir agora que está em provação. Ela é uma garotinha pentelha, curiosa, mandona e muito fofa. Junto com Apolo ela forma uma dupla que arranca muitas risadas, mas que também nos faz refletir sobre valores como a amizade, lealdade e as consequências de nossas escolhas.

E, claro, acabamos dando de cara com muitos personagens conhecidos, o que só aumenta o grau de ataques de quem já conhece as outras séries do Rick (ESTOU FALANDO DE VOCÊ, NICO DI ANGELO).

A escrita do é muito fluida e cheia de referências aos nossos dias, incluindo Spotify e Snapchat, e essa familiaridade torna a leitura ainda mais gostosa. Mas, se você é fã do Rick Riordan, já está acostumado a esse tipo de coisa.

Eu poderia passar muito tempo falando sobre As Provações de Apolo, mas, se você  gostou de Percy Jackson ou de Magnus Chase, não pode perder esse livro de jeito nenhum. E, só pra ficar ainda mais tentador, o livro ainda tem um surpresinha pros fãs brasileiros. Hehe.

Resumindo, LEIAM. Ou Apolo pode desintegrar cada um de vocês com um simples acorde de sua lira.

Isso é, quando ele deixar de ser Lester Papadopoulos e voltar a ser um deus maravilhoso. Mas vocês entenderam.

informações

O Oráculo Oculto

Título: O Oráculo Oculto
Autor: Rick Riordan
Tradução: Regiane Winarski
Número de Páginas: 320
Edição: 2016
ISBN: 9788580579284
Editora: Intrínseca
Preço: R$44,90
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge