Cinema

O Lobo de Wall Street (2013)

Martin Scorsese volta as origens e alcança o ápice de sua parceria com Leonardo DiCaprio.

the-wolf-of-wall-street-26211-1366x768

Depois de ter feito um trabalho incrível com a adaptação de A Invenção de Hugo Cabret (2011), era óbvio que Martin Scorsese não iria nos decepcionar, mas ninguém imaginava que ele pudesse fazer algo tão vazio e sem escrúpulos se tornar incrível.

O Lobo de Wall Street é daqueles filmes que você sabe que vai ser bom com ou sem indicações ao Oscar, Golden Globe ou quaisquer outras premiações, talvez seja porque o tema é um terreno que Scorsese domina bem, vide os clássicos Cassino e Os Bons Companheiros, ou porque simplesmente tem um desenrolar tão frenético e trabalhado excepcionalmente que suas quase 3h (sim, eu disse certo TRÊS HORAS) passam num piscar de olhos.

O longa conta a história de um corretor de ações da Wall Street, Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) cujo sonho é o de qualquer outra pessoa, enriquecer. Logo em seu primeiro dia no maior centro financeiro mundial ele é apresentado por seu chefe Mark Hanna (representado, mesmo que por poucas cenas, incrivelmente bem por Matthew McCounaghey) a um mundo em que passando por cima de tudo e de todos, tudo é possível. Depois da quebra da primeira companhia em que trabalhou, Jordan renasce das cinzas e através de práticas nada corretas e da venda de ações de empresas pequenas a compradores sem noção, constrói assim seu tão desejado império de extravagâncias, drogas e dinheiro, que entra e sai tão facilmente que parece não ter fim… mas ele tem.

if-you-liked-the-wolf-of-wall-street-then-youll-love-this-behind-the-scenes-video

DiCaprio consegue captar e reproduzir nas telas a ganância, a futilidade e o êxtase de um homem que fez de tudo para subir na vida mesmo que desenfreadamente, e além disso criando uma simpatia com o público que em diversas cenas me peguei querendo que ele “não sofresse muito as consequências, só um pouquinho”. As cenas dos longos discursos que Jordan fazia para seus funcionários e amigos conseguem prender a atenção do público, coisa que muitos filmes atualmente não conseguem fazer com uma simples cena. E ai você se pergunta, será que DiCaprio tem chances de levar o Oscar esse ano? Mas é claro que sim! E inclusive acho que ele nos mostrou uma de suas melhores atuações em anos, se não a melhor.

Podemos testemunhar também a ótima parceria de DiCaprio com Jonah Hill, em seu típico papel cômico que é sua especialidade, mas com um diferencial em relação a seus trabalhos anteriores, talvez não a altura de seu Peter Brand em Moneyball, mas ainda sim o cara mandou bem.

Outra questão é que nem Scorsese, nem o roteirista Terrence Winter tiveram medo de ousar. Em nenhuma parte do filme é mostrada algum tom de julgamento ou acusação pensado para nos levar a alguma espécie de conclusão como “o crime não compensa” ou algo do gênero. Em certas partes, como já disse antes, você se pega torcendo por Jordan, talvez seja isso que eles procuraram mostrar, que alguns valores de nossa sociedade andam invertidos há algum tempo.

635229923412084415_The Wolf of Wall Street Still

O Lobo de Wall Street beira ao inimaginável, onde depois de três horas de sexo, drogas, fanfarras e dinheiro pra todos os lados, fica difícil encontrar qualquer defeito. Resumindo, é bom deixar de preguiça por se tratar de um filme longo e ir logo assistir mais uma obra prima de Martin Scorsese.

FICHA TÉCNICA

the-wolf-of-wall-street-wallpaper
Título original: The Wolf of Wall Street
Direção: Martin Scorsese
Elenco: Leonardo DiCaprio, Jonah Hill, Margot Robbie, P.J. Byrne, Rob Reiner, Jean Dujardin, Jon Favreau, Matthew McConaughey
Roteiro: Terrence Winter
Duração: 180 minutos
País: EUA
Gênero: Biografia, Comédia
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Tarsila Martins
    05/03/2014 at 3:18 pm

    Enquanto você deu 5 estrelas pra esse filme, eu tenho um amigo que o detestou, disse que tem muita cena desnecessária. Mas mesmo assim estou louca para assistir, ver o Leonardo DiCaprio arrasar nas telas mais uma vez. Uma pena que ele não ganhou o Oscar, estava torcendo loucamente por ele, mas a vez dele vai chegar!
    Quero assistir esse filme e comparar a atuação dele, e do Matthew McConaughey em Clube de Compras Dallas, pra saber se a premiação foi justa de verdade, hahaha.
    Vou tentar assistir esse filme o mais breve possível!
    Tarsila Martins recently posted..Resumo do Mês: FevereiroMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge