Cinema

O Grande Hotel Budapeste (2014)

Olá, você tem um minutinho para ouvir a palavra do lovely weirdo Wes Anderson?

Se você está se perguntando o que está acontecendo nesse exato momento nessa sua cabecinha eu gostaria de te explicar dizendo que: Wes Anderson. E tenho dito. Não fez sentido? Então não está muito longe da realidade não (ok, parei).

A trama, narrada por Jude Law (Sherlock Holmes) e Tom Wilkinson (O Escritor Fantasma) e adaptada dos escritos do dramaturgo Stefan Zweig, nos leva à história do melhor concierge que já existiu em Grande Hotel Budapeste, Monsieur Gustave, espetacularmente interpretado por Ralph Fiennes (Harry Potter). Passamos pela sua amizade com o mensageiro Zero (Tony Revolori, The Perfect Game), seus vários envolvimentos com senhoras idosos e o desenrolar de uma das principais confusões do filme, causada por uma dessas amantes.

E dedicando um pequeno parágrafo para elogiar a tão maravilhosa desenvoltura de Ralph Fiennes e do “novato” Tony Revolori durante todo o filme. (leia-se: com licença, eu vou tietar de uma maneira não histérica). A relação entre os dois atores e seus respectivos personagens constroem e adaptam-se aos ritmos do filme. E o elenco? Ah, o elenco. Aposto e ganho como você assistiu o filme e não reconheceu a fabulosa Tilda Swinton (As Crônicas de Nárnia). O maior foco, obviamente, vai para o protagonista e o co-protagonista, mas citações mais que necessárias para Willem Dafoe (Homem Aranha 3), Edward Norton (Clube da Luta), Jeff Goldblum (Jurassic Park) e Adrien Brody (O Pianista).

Sem se tornar arrastado em momento algum, com ótimas piadas e um timing que não permite que o espectador sequer pisque, O Grande Hotel Budapeste é sim peculiar, mas é um filme que traz uma trama relativamente simples, mas profunda em sua própria maneira mascarada pela aura de “comédia”, que apresenta a moral duvidosa do protagonista, cuja versatilidade reproduz a do próprio filme, que combina gêneros, faz homenagens e citações, coloca sua plástica a favor da narrativa e, em meio à corrida maluca das personagens, seja vivendo a trama seja apenas vivendo, encontra momentos para que falar de responsabilidade, identificação e paternidade, este, um dos braços de um dos temas mais caros a Wes Anderson, a família.

clipboard0-horz

Informações

the-grand-budapest-hotel-poster

 

Título original: The Grand Budapest Hotel
Direção: Wes Anderson
Elenco: Ralph Fiennes, Tony Revolori, Edward Norton, Saiorse Ronan, F. Murray Abraham, Adrien Brody, Tilda Swinton, Willem Dafoe, Jeff Goldblum e Harvey Keitel.
Roteiro: Wes Anderson
Duração: 1h40min
País: Reino Unido, Alemanha
Gênero: Drama/Comédia
Trailer: [x]
Classificação:  ★★★★★

 

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Polie
    August 31, 2014 at 11:30 am

    O filme parece ser muito bom pelo que você escreveu! Eu vi umas gifs no tumblr também que me deixaram curiosa, sem contar que achei esse hotel muito bonito.
    Você citou alguns dos atores e no pôster também tem outros que reconheci. Acho legal quanto junta esse monte de gente conhecida ou não em um filme. /cute

    :*

  • Reply
    Bárbara
    September 1, 2014 at 12:37 pm

    Hahaha, você tá certa, eu não reconheci a Tilda Swinton. xD
    Mas gente, que filme incrível e indescritível, né? Amei e é difícil até começar a explicar o porquê. Ri muito e fiquei envolvidíssima nessa trama de ritmo perfeito.
    Bárbara recently posted..[Resenha] O espelho do tempoMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge