Literatura

O Gigante Enterrado, Kazuo Ishiguro

Por Nichollas Jaques

Do mesmo autor do romance “Não me abandone Jamais”, Kazuo Ishiguro retorna depois de 12 anos após a publicação de seu último romance, se aventurando pelo gênero da fantasia e apresentando uma história quer pode parece estranha até para os velhos lobos do mar da literatura fantástica.

O Gigante Enterrado
O Gigante Enterrado se passa numa época pós-morte do Rei Arthur, onde é vivido um tempo de paz entre os saxões e bretões. Só que com um detalhe, por causa de uma estranha névoa que aflige toda a população daquela região, ninguém se lembra de mais nada, das mais recentes até as mais antigas memórias.

“Existiu mesmo um tempo antes de nos conhecermos, Axl? Às vezes tenho a sensação de que nós estamos juntos desde que éramos bebês.”
“Eu também tenho a mesma sensação, princesa. Deve ser só alguma maluquice que me deu neste lugar estranho.”

A narrativa tem foco inicial no casal de idosos Axl e Beatrice, que vive numa pequena aldeia escavada em colinas do povo bretão. Eles têm uma vida pacata, com poucas tarefas diárias e certo dia, após uns vislumbres de memórias já esquecidas, eles se recordam de um filho e pretendem viajar para encontrá-lo em outra aldeia que a eles já se encontra esquecida.

A névoa é uma grande incógnita para todos e muitas teorias são feitas pelos personagens a respeito de sua origem ao decorrer do livro, das quais os deixarei descobrir por conta própria, porém o que eu posso dizer é que esta é um ponto importantíssimo da história e gera uma grande reviravolta no final do livro.

No decorrer do romance, outros personagens chave vão aparecendo como o impassível guerreiro saxão Wistan, sir Gawain, um ex cavaleiro de Arthur, e garoto Edwin. Tais personagens vão dando um ritmo a mais na história, e com estes, muitos questionamentos são abertos sobre o caráter dos personagens e suas memórias antes da geração da névoa, e assim eles acabam se chocando continuamente.

“Mas não é difícil, senhor, ver o que realmente há no coração das pessoas?”, perguntou Beatrice. “As aparências enganam com tanta facilidade.”

Em um primeiro momento, a história tem uma narrativa mais lenta, chegando a se arrastar por várias páginas, porém o autor permite assim que haja um desenvolvimento natural, tanto do enredo, quanto dos personagens que acompanhamos, apresentando uma obra riquíssima em beleza que nos faz refletir sobre nossas memórias, nossas ações, nossas emoções e relações interpessoais.

informações

Cortesia da editora para resenha.
Título: O Gigante Enterrado
Autor: Kazuo Ishiguro
Tradutor: Sonia Moreira
Número de Páginas: 400
Edição: 1ª –  2015
ISBN: 9788535925975
Editora: Companhia das Letras
Preço: R$39,90
Classificação: ★★★½☆

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge