Literatura

Noturno (Trilogia da Escuridão #1), Guillermo Del Toro e Chuck Hogan

Resenha do Livro Noturno - Guillermo Del Toro

Todos nós amamos monstros, dentre estes, vampiros são os mais fascinantes, mesmo zumbis estando bem em alta ultimamente. Se você discorda e está saturado das criaturas da noite, pois acha que todas as histórias são iguais, primeiro eu peço que vá jogar “Vampiro: A Máscara” para quebrar este paradigma; em segundo lugar, leia este livro que estou recomendando hoje, Noturno. A obra é escrita por Chuck Hogan e o famoso Guillermo Del Toro, que nem preciso falar sobre, né. Além disso, esta obra deu origem a série de mesmo nome, Strain, que está nas telinhas desde 2014.

A história é centrada na vida do Dr. Eph Goodweather, responsável pela divisão Canário do Centro de Controle de doenças, esta divisão tem como função conter antes de se alastrar, possíveis perigos para nação americana. Eph por ser um workaholic, perdeu sua família, e tenta ao máximo aproveitar os poucos dias que passa com seu filho. O que ele não sabe é que sua vida mudará de cabeça para baixo quando participa de um caso em que todos os passageiros de um avião, que vinha de Berlim com destino a Nova York, estavam mortos de uma maneira totalmente inexplicável.

Apesar da obra tratar de uma história sobre “vampiros”, os autores se preocupam de sair um pouco do genérico, dando explicações mais científicas e comportamentais a estas criaturas. Além disso, como já vimos em outros trabalhos realizados por Guillermo Del Toro, este tenta abordar um mundo fantástico baseado em lendas de culturas marginalizadas como, neste caso, a romena. Também é montado um mistério a respeito da “sociedade” vampírica com o passar dos anos, visto pelos olhos do professor Abraham Setrakian, romeno que escutava as lendas da sua avó e viveu o terror em sua pele quando estava encarcerado nos campos de concentração. É explorada a relação dos humanos com os vampiros, nesta parte senti falta da influência da SS trabalhando junto com vampiros ou algo parecido, pois eles usam de elementos históricos.

A narrativa do livro começa lenta e baseia-se no suspense, à medida que o livro avança a história fica mais rápida e tem um teor de ação mais acentuado, algo que eu não gostei muito, porque muda bastante o desenvolvimento da história e estava esperando uma obra mais voltada ao terror. Os autores também mudam o enfoque dos personagens, mesmo Eph sendo astro principal, para quebrar um pouco a “monotonia” e desbloquear pontos chaves da história, com intuito de solucionar perguntas criadas por nós leitores, porém por mim poderiam nos deixar mais cegos para gerar um suspense maior.

Noturno consegue com sucesso nos apresentar uma trama diferenciada sobre vampiros, levando-nos acreditar que panela velha faz comida boa, ainda mais se tiver nas mãos de mentes com bastante criatividade. Apesar das minhas torcidas de nariz pra certos pontos da obra pra outros pode ser até uma primazia, de qualquer forma vale a pena conferir.

informações

Cortesia da editora para resenha.
Título: Noturno (Trilogia da Escuridão #1)
Autor: Guillermo Del Toro e Chuck Hogan
Tradução:Sergio Moraes Rego E Paulo Reis
Número de Páginas: 464
Edição: 2009
ISBN: 978-85-325-2463-8
Editora: Rocco
Preço: R$46,50
Classificação: ★★★★☆

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge