Televisão

Mozart In The Jungle

Uma série rápida de comédia com leves pitadas de drama. Várias doses de Gael García Bernal sendo maravilhoso como sempre e música clássica. Alguns dos ingredientes principais que fazem Mozart in the Jungle ser simplesmente de roubar o coração melodicamente.

A Orquestra de Nova Iorque está com problemas além de sua troca de maestros. O antigo e reverenciado Maestro Thomas Pembridge (Malcolm McDowell, A Mentira) será substituído pelo garoto prodígio que vem arrancando suspiros e notícias no mundo todo, Rodrigo de Souza (Gael García Bernal, Cartas Para Julieta). O que é marcado por certos problemas, é óbvio. Thomas não quer largar sua posição assim tão fácil e isso é outro problema para Gloria (Bernadette Petters, Smash), a presidenta da Orquestra, que além das iniciativas dos maestros tem que lidar com os problemas financeiros da organização e investidores mais complicados que partituras para leigos.

Do outro lado da história temos Hailey (Lola Kirke, Garota Exemplar), uma oboísta que sonha a tocar na Orquestra, porém o caminho até lá não é assim tão fácil, não apenas por tentar conseguir um lugar na instituição, mas também para mantê-lo e os demais obstáculos que a própria vida de artista e jovem atrai. E seu cargo de assistente de Rodrigo, pois é, not so easy folks.

Mozart In The Jungle é bem rápida mesmo, tem até o momento duas temporadas (a terceira sai esse ano ainda) de 10 episódios cada uma e cada episódio com, no máximo, 23 minutos de duração. O episódio termina num piscar de olhos e quando você percebe fez uma maratona mesmo sem querer e terminou a série.

Algumas das mãos responsáveis pela série são a de ninguém menos que Roman Coppola e Jason Schwartzman, tanto na criação quanto bicos de direção, produção e roteiro. Jason até faz uma participação especial em alguns episódios da série.

E honestamente, se você ainda não pensou em dar uma chance só olha para esse serzinho lindo chamado Gael García Bernal que, inclusive, ganhou o Globo de Ouro pela série ano passado.

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Jônatas Amaral
    28/07/2016 at 11:19 am

    Olá!
    Não lembro porque motivo exatamente (acho que foi internet lenta na época) que me fez não assistir a primeira temporada inteira. Lembro que adorava assistir a série, principalmente porque me identificava com os personagens, entendia aquele lugar, aquele ambiente de orquestras.
    Eu fiz parte de orquestras profissionais na minha adolescência tocando violinos, e vejo muito do que eu vivia nas relações entre os integrantes na série. No momento que a personagem principal de esforça ao máximo para passar no teste é uma amostra do que um estudante de musica realmente precisa passar para chegar a uma estante numa orquestra.
    Acho a série muito boa e não sabia que o ator principal tinha ganho um globo de ouro. Vou voltar mês que vem a essa série com certeza.

    Jônatas Amaral
    alma-critica.blogspot.com.br
    Jônatas Amaral recently posted..[ANIME] “ORANGE – EPISÓDIO 04My Profile

  • Reply
    felipe
    21/11/2018 at 3:10 pm

    nunca vi essa série ,a melhor série de musica que eu ja vi é a EMPIRE é top demais

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge