Televisão

Moone Boy

Sou dessas que só começou a assistir Moone Boy por causa do sotaque irlandês, admito. Mas uma sitcom criada e estrelada por Chris O’Dowd não pode ser ruim, certo?

Com uma pegada meio “Diário de Um Banana” que mistura animação às cenas, acompanhamos a história de Martin Moone (David Rawle), um garoto solitário de 12 anos com uma mente muito criativa, por assim dizer, e vive numa cidadezinha da Irlanda, no final dos anos 80. Ele possui uma família meio caótica, suas irmãs não são as criaturas mais agradáveis do mundo, principalmente Sinead (Sarah White) e seus pais geralmente não compreendem seus medos e desejos. Por isso, seu amigo imaginário Seán Murphy (Chris O’Dowd) o ajuda a passar por essa fase, dando conselhos e interagindo com ele.

Sendo imaginário, ninguém mais vê Seán Murphy além do Martin, o que torna o garoto bastante estranho quando ele começa a falar, rir e dançar sozinho. Pois é, não tem como ser popular assim.

Na escola, onde cursa o 6º ano, ele tem o Padriac (Ian O’Reilly), que por acaso também possui um amigo imaginário, e dos mais estranhos. O garoto é o maior responsável pelos meus ataques de riso nos episódios curtíssimos de 21 minutos. Ele é adorável <3

Inspirada na infância do próprio O’Dowd, na Irlanda, nos anos 80, a série ganha destaque por fugir do usual. O humor irônico e inteligente representa de maneira divertida o pesadelo da pré-adolescência, que inclui ir para a escola, sofrer bullying, lutar contra a preguiça e socializar com outras pessoas. Além de recorrer aos fatos históricos que aconteceram no final dos anos 80 e início dos anos 90, como a queda do muro de Berlim, a eleição da primeira mulher que concorreu à presidência da irlanda… e isso tudo pela perspectiva infantil.

As crianças são realmente a melhor parte do show e é legal analisar como é viver sem essa coisa chamada internet. Há toda aquela inocência e ingenuidade que é rara nos dias de hoje. Não sabe de uma coisa? Pergunta para o pai ou amigo, simples e constrangedor assim. E quando você assistir vai saber de qual episódio estou falando.

Uma coisa que achei interessante é o fato das crianças não terem amigos imaginários da sua faixa etária, em um episódio fica evidente que todos têm de 30 anos para cima, mas que mesmo assim não agem como adultos. Então se você pensou na hipótese de ser uma substituição da figura paterna, descarte-a.

Chris O’Dowd é um lindo que criou uma das melhores séries de comédia da atualidade, sem precisar apelar para o humor idiota, falo mesmo. O roteiro tem pequenos furos, mas toda a criatividade e genialidade de Moone Boy faz com que você acabe os ignorando. A série já foi renovada para a 2ª temporada e as gravações já estão acontecendo na Irlanda. Com apenas seis episódios, recomendo que você assista hoje, numa maratona e garanto que você vai ser conquistado nos primeiros minutos.

 

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Emanuella Casado
    08/11/2012 at 3:33 pm

    Onti, que gif mais lindo o segundo.
    mais uma série que vale a pena, quero vê até onde vai chegar a lista! =/
    bjs /blink

    http://www.amodernpinup.com
    Emanuella Casado recently posted..Possessão (2012)My Profile

  • Reply
    Byzinha
    09/11/2012 at 3:10 pm

    UIA! Nunca tinha ouvido falar! Vou colocar na lista (ainda to enrolada com Arrested Development, tho)

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge