Literatura

Mentirosos, E. Lockhart

Meu nome completo é Cadence Sinclair Eastman.
Aguento enxaquecas. Não aguento idiotas
Gosto de distorcer significados.
Eu suporto.

We Were Liars Mentirosos

Os Sinclair são belos, brancos, loiros, altos, aristocratas e americanos. Os Sinclair não falham, não perdem seu reino, não se entristecem. E
os Sinclair
mentem.

É assim que somos apresentados à família protagonista, através dos olhos atentos e mente confusa de Cadence, a neta mais velha que está sofrendo de amnésia seletiva há dois anos. Ela tem quase 18 anos e algo aconteceu no verão dos 15, quando estava na ilha particular da família. Algo tão terrível que ela preferiu esquecer, mas que tenta lembrar todos os dias de sua vida. É por isso que ela tem que voltar para a ilha no verão dos 17. Ela precisa da verdade. Ela precisa dos primos Mirren e Johnny e de Gat, seu Gat, o garoto indiano que a deixou completamente apaixonada. Só eles poderiam ajudá-la a colocar as peças no lugar.

She confused being spartan with being charitable, and gave away her possessions without truly doing good with them.
She confused being sick with being brave, and suffered agonies while imagining she merited praise for it.
She confused wit with intelligence, and made people laugh rather than lightening their hearts or making them think.

Eu sou dessas que, quando gosta de um escritor, costuma pegar todo e qualquer livro dele sem ao menos ler a sinopse; fiz isso com todos os livros do John Green após ter lido Quem é você, Alasca? e não foi diferente com a Lockhart.

É também como eu consegui manter o efeito surpresa ao ter o livro em minhas mãos, porque mesmo que eu tenha “acompanhado” o pre-release pelo goodreads and o reboliço que o livro causou nas redes sociais, eu não realmente soube do que se tratava até efetivamente lê-lo. E, caramba, como valeu a pena!

Veja bem, eu só tinha lido Frankie Landau-Banks da Lockhart e realmente não sei o que estava esperando ao pegar Mentirosos. Suas primeiras 100 páginas foram um curioso “sobre o que você é, livrinho do meu coração?” e a cada descoberta da mente de Cadence… você quer mais. Mas eu vou te contar, talvez você não esteja pronto para o que tem a mais.

The universe is seeming really huge right now. I need something to hold on to.

Oh, mas eu estou entregando de mais a história. O que eu posso dizer agora é que Mentirosos te faz rir e chorar. Posso dizer que ele absolutamente partiu meu coração e que falar sobre ele dói. Porque ele é uma dessas histórias que você não espera que impacte sua vida e é certo que você possa ter uma de duas reações: 1) ficar dolorosamente apaixonado ou 2) achar o livro irritantemente overrated. Qualquer uma das duas vai estar relacionado a apenas um fato: traição.

E nada – para mim – foi tão catártico como o momento em que Cadence pula do penhasco. Foi como ver Miles e Chip passando pelo local do acidente em Quem é você, Alasca? e respirar o alívio de estar vivo.

Talvez seja por isso que eu tenha gostado tanto de Mentirosos. É um livro esperto, escrito de maneira diferente, cujos sentimentos foram muito semelhantes aos que senti ao ler Alaska. Ele teve um impacto tão grande em mim que me fez perceber que não devo ler tantos livros que me socam diretamente nos feels. Tão grande que eu imediatamente criei uma playlist para ele (e você pode ouvir se quiser, é uma jornada pela mente de Cady e está bem AQUI).

I’ll be fine, they tell me. I won’t die. It’ll just hurt a lot.

informações


Cortesia da editora para resenha
Título: Mentirosos
Autor: E. Lockhart
Número de Páginas: 272
Edição: 1ª – 2014
ISBN: 9788565765480
Editora: Seguinte
Preço: R$24,90
Classificação: ★★★★½

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Bárbara
    October 16, 2014 at 9:31 am

    Esse livro é maravilhoso! É mesmo bem difícil falar dele, o melhor é ter a experiência de ler sem saber do que se trata. Gostei dessa ideia de buscar livros simplesmente confiando no autor, eu mesma não leio a sinopse quando alguma indicação ou algum outro fator já me fez escolher um livro. Quanto menos eu souber, mais surpresa!

    Também resenhei Mentirosos, se quiser ler está neste link: http://www.blogsemserifa.com/resenha-mentirosos
    Bárbara recently posted..[Resenha] Assassin’s Creed: RenascençaMy Profile

  • Reply
    Who's thanny? » Arquivo Melhores de 2014
    December 29, 2014 at 7:43 pm

    […] todos os livros lançados em 2014, Mentirosos (que veio para o Brasil pela Seguinte) foi de longe a leitura que mais me marcou. Capaz de partir […]

  • Reply
    Os Bons Segredos, Sarah Dessen - Who's thanny?
    December 18, 2015 at 3:03 pm

    […] não há traição no final (Lockhart, estou olhando para você) e a história de Sydney é bem amarrada, interessante e apaixonante. Há muito tempo que eu não […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge