Música

K-Pop Top – Outubro

Outubro foi um mês extremamente badalado, tanto no mal sentido quanto no bom. E teve muita coisa. Muita mesmo. Possível até que a gente tenha esquecido alguém na lista de tanta coisa. Então não vamos demorar muito e só seguir pros lançamentos do mês!

Zico – Human

Zico voltou, agora em pura carreira solo, e já chegou soltando várias músicas sendo que o comeback de verdade dele é só mês que vem. E pra mostrar toda a versatilidade que tem, e todas as palavras que tem para dizer, Zico não apenas lançou Human, mas também nos deu os mvs para Daredevil e Ballon. A gente tirou no palitinho qual música falar aqui no post, mas vamos de Human que não apenas mostra um lado mais vulnerável do nosso vocal!Zico, mas que também trás uma letra super tapa na cara e uma piadinha incrível com um bode no meio do mv (não, não vamos explicar a piada, boa sorte)

Ateez – Wonderland

Nós sabemos que nos últimos 12 meses, muitos grupos fortes fizeram seus debuts, mas também sabemos em nossos corações que o Rookie of the Year é o Ateez. É por isso que dizemos sem sombra de dúvidas que “Wonderland” foi o comeback do ano. Encerrando a era Treasure, a música título de seu episódio final (All to Action) traz de volta o tema pirata do debut e chega à Terra do Nunca de maneira épica. “Wonderland”, embora tenha ficado sem nenhum win, já é o MV mais visualizado do Ateez e o album que saiu junto dele é simplesmente excelente. Infelizmente, dois dos meninos se machucaram nessa era, então esperamos que a agência bote a mão na consciência e deixe as crianças descansarem por um tempo maior até o próximo comeback.

AB6IX – Blind for Love

O que você faz quando seu main dancer finalmente se recupera de uma lesão no tendão de Aquiles? Se a sua resposta não foi “deixa ele dançar sozinho no palco durante a parte dele porque ele merece” então você está errado e AB6IX te desaprova. O primeiro comeback do grupo primogênito da Brand New Music foi com um álbum completo e a música título, “Blind for Love” conversa bem com o debut “Breathe” ao mesmo tempo que mostra uma crescente dos meninos. Todas as faixas têm as mãos de 4 dos 5 integrantes, são músicas que refletem bem a personalidade deles e não é a toa que eles levaram 4 wins neste comeback.

Monsta X – Follow

Esse mês parece que surgiu uma moda do pessoal soltar um MV de alguma música que faz parte do próximo comeback, mas que não é efetivamente o comeback de verdade. E então, foi isso que Monsta X fez alguns dias antes de liberar Follow, o comeback real dos meninos, com Find You, e a gente não achou nem um pouco ruim, pois quanto mais Monsta X melhor. Find You é um MV feito pra dar continuidade da história apresentada em Dramarama e pra fazer todo mundo ficar doido de teoria pra tentar entender a história. Tudo isso enquanto a gente se acabava de chorar, porque Find You é, como você pode imaginar pelo título, sobre encontrar um ao outro e ficarem juntos. E como se isso não fosse choro o bastante, ator!Hyungwon destruiu nossos corações e esse menino merece um Oscar e começar a trabalhar em k-dramas, CORÉIA DO YOUR THING!! Mas então, após esse pequeno momento, Monsta X lançou Follow que, vamo dizer, é uma música boa, mas não é uma música boa tipo Monsta X Nível de Bom, entende? Ela é bem barulhenta, o que não é necessariamente um problema, então dá pra dançar, então fica ai o salve para a coreografia dos meninos que é realmente bacana. Além disso, os meninos estão MARAVILHOSOS como sempre, o MV aumenta o visual… Mas a gente ainda chora por toda a situação do Wonho, porque só chorando mesmo. #FightForWonho

Nu’est – Love Me

A gente já ama Nu’est, mas se eles pedem pra gente amar eles, o que podemos fazer além de concordar? Mais uma vez, Nu’est chega com um comeback maravilhoso, junto de um mini álbum lindo e gostoso de ouvir. Love Me é muito lindo, adorável, tem espaço, os meninos estão maravilhosos e, ai, é simplesmente tudo lindo. A equipe olha para o teclado e não sabe nem o que dizer, só sentir. Além de Love Me, Nu’est também está promovendo a b-side Stay Up All Night que honestamente é uma das músicas mais gostosinhas de se ouvir desse ano. E NÓS TEMOS VOCALIST!JR OBRIGADA NU’EST PELA MINHA VIDA!

TXT – 9 and Three Quarters (Run Away)

Ser da mesma agência do BTS parece ter certas vantagens que nada têm a ver com ser adotado pelas Armys do seu senior. Quando nas vésperas do seu comeback – que era pra ter sido em agosto – os membros do TXT se viram numa cadeia de doenças, a empresa – que já ia dar férias pro BTS – falou “então crianças, fiquem sussa, vocês fazem o comeback depois”. E fizeram em grande estilo. Homenageando Harry Potter como o bando de nerds que são, a música título de The Dream Chapter: Magic surpreendeu quem ainda estava cético quanto ao grupo e agradou ainda mais quem já gostava deles antes. Em geral, o álbum é mais maduro (destaque para “20cm”) e se continuar desse jeito, logo teremos o conceito sexy que o mais velho Yeonjun disse querer fazer.

ONF – Why

ONF fez uma surpresa pra nossa equipe com esse comeback. Os meninos já estavam mostrando que estavam aqui pra ficar e pra chamar atenção desde o último comeback, e Why só continua consolidando esse caminho. A música é muito boa e cada parte dela é uma surpresa, porque você acha que vai acontecer uma coisa e acontece outra. Além disso, o MV é cheio de história e com uma cinematografia que merecia as telas do cinema. A gente entendeu o que acontece? Não. Mas a gente adorou ver os acontecimentos com fotografia bonita, umas referências de filmes e o um set que é o mesmo de Chained Up do Vixx. Os meninos também lançaram um vídeo especial para Why, que é focado na história. A gente ainda não entendeu o que acontece, mas a gente gostou.

Super Junior – Super Clap

Super Junior voltou pras músicas…. Super Junior. Ou seja, bacana e engraçadinha. Panela velha é que faz comida boa, e SuJu tá aqui de volta pra mostrar que é verdade esse bilhete. O MV é todo engraçado com todo mundo nas mais diversas situações fazendo palhaçada, a coreografia é daquelas chicletinha. O Shindong aparece na máquina de pump it e a gente poderia ver um MV inteiro só disso. O Leeteuk tá com um cabelo loiro que a gente quer ignorar, mas que ainda deixa ele curiosamente bonito. Além disso, seguindo a linha de grupos que mimam seus maknaes, existe um pequeno break dance na música onde o Kyuhyun faz sozinho, porque se não for pra apreciar o bebê deles, SuJu nem vai. O álbum deles também é super gostosinho de ouvir, e a gente gostaria demais de mandar um salve pra I Think I, que ganhou um MV antes de Super Clap e fez todo mundo achar que seria essa a música título, porém não foi. I Think I é maravilhosa, a equipe toda adora, e também porque a parte mais importante desse lançamento é: Super Junior diz que poderiam dançar e então lançam um MV inteiro deles não dançando.

A.C.E – Savage

A.C.E volta mais uma vez chutando a porta da nossa casa e a gente não acha ruim não. Depois de Undercover lá no começo do ano, A.C.E. volta mais uma vez todos trabalhados em ser power boys. E a gente agradece. Savage também é daquelas músicas surpresa que você não espera pra indo tá indo. E, assim como os estilistas do A.C.E merecem m aumento por continuarem a colocar cabelos icônicos no Byeongkwan, os coreógrafos dos meninos também. Tanto é que eles lançaram um vídeo especial para a Intro do mini álbum, que tem a presença da maravilhosa Lia Kim. Obrigada por tudo A.C.E!

SuperM – Jopping

SuperM já dava o que falar assim que foi anunciado, e nada disso mudou com os teasers e videos que iam saindo, até que finalmente o debut do grupo “especial” da SM aconteceu, e ai deu mais o que falar ainda. Com Taemin do SHINee, Lucas e Ten do WayV, Taeyong e Mark do NCT e Kai e Baekhyun do EXO, a promessa de um super grupo com esses integrantes era grande. Jopping, assim como o resto do mini-álbum dos meninos, trás opiniões bem divididas, mas um consenso que pode ser achado é que, pelos membros e seus talentos incríveis, poderia ter sido bem mais. A música tem momentos muito bons, como os raps do Ten e do Mark, e a coreografia que é A+. No fim, você ou gosta realmente de Jopping, ou simplesmente ama odiar. Mas sinceramente a única certeza que a gente tem é que gostando ou não você vai ficar com cause when we jumping and popping, we jopping na cabeça.

Kei – I Go

A fadinha do Lovelyz, Kei, finalmente fez seu debut solo pra mostrar todo o vozeirão que tem, e é claro que foi com uma música toda gostosinha, meio balada e que parece de algum filme de princesa da Disney. A Kei também parece uma princesinha no MV que é absolutamente lindo e todo trabalhado em lembrar um conto de fadas.

Stray Kids – Double Knot

Stray Kids é outro grupo que tá no meio das confusões de saída de membros desse mês, e a gente fica só [aaaa] acompanhando tudo. Mas focando na música dos meninos, Double Knot faz parte da rodinha de músicas desse mês que saiu, mas que também não é realmente o comeback. Com o comeback real marcado para Novembro, os meninos do Stray Kids continuam em seu ritmo de batidas EDM mais pesadas que formam principalmente seu refrão. O MV também também uma fotografia bonita e, óbvio, uma história. Que só pra variar a gente também não entendeu muito bem. (E um beijo pra você Felix)

Ladies’ Code – Set Me Free

As anjas do Ladies’ Code estão de volta com seu próprio Ocean’s 8, e a gente achou mais que maravilhoso. Lindas como sempre, Set Me Free é uma música muito gostosinha de se ouvir, ótima pra dançar, tem refrão chicletinho e no final aparece até uma coreografia no meio de uma história bem filme de ação.

Heize – Falling Leaves Are Beautiful

É outono na Coréia, então nada melhor que vozinha confortável da maravilhosa da Heize com a aproximação dos dias mais frios. A música é super gostosinha de se ouvir e mais lenta que seu último lançamento, We Don’t Walk Together, e a Heize é a própria princesinha no MV, que é todo bonito e outonal mesmo. E, como diz um dos comentários no vídeo: é bom vê-la abraçando alguém vivo.

Lim Hyunsik – Dear Love

É balada boa que você quer? Então toma! BTOB são os reis da balada, e a gente já sabe disso, então quando seus membros finalmente fazem seus debuts solos, a gente já pode esperar mais música e provavelmente baladas de qualidade. Menos Peniel e Minhyuk que continuaram em seus raps e afins, mas vocês entenderam. O amorzinho ursinho de pelúcia do Hyunsik está aqui nessa lista pra te abençoar com sua voz maravilhosa de ficar ouvindo. Dear Love é totalmente pra ouvir deitada na cama meio sofrendo, e o MV que é LINDO só aumenta isso. Com uma história no espaço, que já é ótimo por si só, o vídeo vai te deixar quentinha e acabar com você até o final da música. Faz parte. Para além de Dear Love, ainda tem todo o mini álbum Rendez-vous que vale demais a pena!

Day6 – Sweet Chaos

Se vem Day6 a gente já sabe que vem música boa, e Sweet Chaos não é diferente disso. Apostando num MV simples, mas bonito, com efeitos de Mr. Stark I don’t feel so well, e um pouco mais retro, os meninos estão lindos e vem com música que é, como nossa equipe classificou, mais “raiz”. É um rockzinho alternativo e mais leve bem gostosinho de ouvir e a gente agradece Day6 por isso. The Book of Us: Entropy, o álbum, ainda tem mais 10 músicas que vão variando entre inspirações anos 80, alternativo e rock, e todas valem ser ouvidas além de Sweet Chaos.

Taeyeon – Spark

Taeyeon, retweet se você concorda. A gente gosta muito das baladas da rainha Taeyeon, como foi Four Seasons, mas quando ela resolve dar uma leve sacudida e deixar a música um pouquinho mais animada, a gente adora demais sim. O que é engraçado, porque Spark a primeira vista não é uma música que você acha que cabe uma coreografia que não seja aquela que você faz enquanto dança pela sala do seu jeitinho, porém, surpresa, não apenas tem uma coreografia na música, como Spark ganhou até um dance practice. E o que dizer de Spark além de que é muito boa e todo o álbum da Taeyeon, Purpose, é maravilhoso? Obrigada Taeyeon pelos mimos, sua linda.

1THE9 – Blah

Da série “grupos de reality que infelizmente floparam”, levou CINCO MESES para 1THE9, formado no Under Nineteen e cujo contrato é de UM ANO, finalmente fazer um comeback. O segundo mini-álbum, Blah Blah, é bem maduro em relação ao primeiro e a faixa título vem como prova. Cinco meses foi o suficiente pras crianças crescerem uns 15cm e aparecerem assim, todos lindinhos e evoluídos – tudo neste mini-álbum mostra que eles estão aprendendo bastante e quando chegar a hora do disband, eles irão para suas agências muito mais fortes. Por enquanto, ainda podemos apreciar os bebês, porque as músicas deles são boas de mais e eles merecem mais amor.

Youngjae – Forever Love

Quem acompanhou Youngjae nos tempos de B.A.P sabia que ele tinha e ainda tem muito a oferecer, e cada lançamento solo dele só continua a provar isso. Forever Love é bem EDM, mas a gente não sabe exatamente o que é que tem na música, não parece com tudo que tem saído de EDM, saca? É refrescante. É gostosa de ouvir. É pra dançar. É pra apreciar a coreografia do MV, pra apreciar o próprio MV que não tem só o Youngjae sendo bonito. Forever Love é uma surpresa gostosa de EDM.

Daehyun – Aight

Se a gente deixou Daehyun e Youngjae próximos um do outro de propósito? Talvez. Mas outro membro do antigo B.A.P, Daehyun, também surpreendeu a nós com seu comeback, principalmente por ter investido mais em baladas do que em músicas agitadas. Aight é super gostosinha de ouvir e dançar e tem até pézinho de uns pop anos 2010, que a gente também não sabe explicar exatamente, mas tá lá!

Brown Eyed Girls – Wonder Woman

Brown Eyed Girls são rainhas icônicas e se você não concorda, discorde ai na sua casa com sua opinião errada, muito obrigada. As rainhas voltaram depois de anos pra mostrar como que se faz música boa, e, como era de se esperar, não desapontaram. Com o nomo álbum chamado de ReVive, Jea, Nasha, Gain e Miryo chegaram com tudo. A título fica com Wonder Woman que é completamente old school k-pop, anos 80 e ainda COM UM MV ICÔNICO cheio de drag queens, porque BEG disse “no more homophobia here” e é isso. E como se essa delicinha de música que é Wonder Woman não fosse o bastante, BEG aproveitou que o comeback foi perto do halloween e lançou também Abandoned, que é simplesmente a coisa mais linda da vida que você P R E C I S A ouvir e assistir. Abandoned é lindo, é halloween e é um show de vocal, que só Brown Eyed Girls consegue fazer. Obrigada rainhas pela nossa vida.

VAV – Poison

Quanto mais VAV se mete com ritmo latino, mais a gente gosta sim. Embora Poison não tenha tanta influência ativa de ritmo latino, a gente tem um dos meninos contando em espanhol já no comecinho, e daí em diante é só o começo de uma música muito boa, com uma ótimo coreografia e todo mundo do VAV lindão. Boatos dizem que existe uma historiazinha deles com os sete pecados capitais, e se for, a gente gosta ainda mais sim, pode vir VAV! E sim, você provavelmente vai ficar com you’re just like poison ecoando na cabeça, rs.

OnlyOneOf – Sage

Quando o MV tem problemas técnicos, então você faz o comeback no dia 30/10, faz o comeback stage dia 31/10 e o MV só sai no dia 1 de Novembro, e deixa todo mundo confuso. Os meninos do OnlyOneOf já tinham chamado atenção com Savannah, e Sage veio aqui pra mostrar que os rookies também não estão pra brincadeira. O grupo irmão de Loona segue a linha das meninas de apresentar todo um universo de história, que a gente não conseguiu entender direito ainda, mas que é super lindo e bem feito, então a gente gosta. Os estilistas dos meninos merecem um aumento, assim como os coreografos, porque a coreografia de Sage é muito boa. A música tem uns drops não tão inesperados, mas que ainda dão uma sensação de surpresa pelos vocais dos meninos, e é uma surpresa muito boa.

Menções Honrosas:

Hyuk – A Long Night

AKMU – How can I love the heartbreak, you’re the one that I love

Winner – SoSo

Yubin – Silent Movie (ft. Yoon Mirae)

N.Flying – Good Bam

Sunny Hill – NomNomNom

Chen – Shall We?

Great Guys – Be on you

Xydo – Spotlight

Limesoda – Wave

Paul Kim – empty

THORNAPLLE – Romanesque

Henry – Don’t Forget

bada – OFF THE RECORD

Samuel Seo – Playaplayaplaya

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge