Música

KpopTop – Março

Mais um mês que pareceu um ano ou vários domingos acabou, e a gente tem uma lista novinha pra aproveitar nessa quarentena.

AB6IX – Break Up (solo do Youngmin)

Fechando a série de solos que o AB6IX lançou os dois mvs que faltavam: Color Eye, do Woojin, e Break Up do Youngmin, que foi o único a bater a meta de visualizações em 24 horas do fandom. Particularmente, o líder do AB6IX é meu bias, então eu iria panfletar ele de qualquer forma, mas mesmo assim fiquei surpresa ao ver a recepção do público. Pra falar a verdade, Youngmin merece todo confete do mundo, porque sua posição é lead rapper, mas ele é um all rounder – canta, dança, faz rap e ainda por cima é um visual. A aclamação veio, e o mv todo sensuelen fez muita gente jogar no google “como ser um carro”. Acho digno.

NCT 127 – Kick It

Se NCT 127 disse que vai nos apresentar a coisas novas, quem somos nós para negar, não é mesmo? Com um novo full album, os meninos voltam com sua formação de nove membros com a volta do Jungwoo (e ainda nada do Winwin um bj SM bendita). Kick It bem…. kicks it. É própria pra dançar e fazer uns golpes de arte marcial achando que você consegue, porque a gente se ilude assim mesmo. Dá pra tentar a coreografia, o refrão é bem chicletinho E O JOHNNY TEM LINHAS. E tá sem camisa pra mostrar que mostrar o peitoral faz bem pra saúde (e que saúde rsrs). Os meninos lançaram pequenos videos das demais faixas do álbum pra promover o comeback, então veja todos, mas a gente manda um salve especial pra Sit Down!, Love Me Now e White Night.

Yook Sungjae – Come With the Wind

O maknae do BTOB, Sungjae, já vinha aparecendo aqui desde Dezembro com seus vídeos animados dos solos que vinha lançando, até que Come With the Wind chegou mais “oficialmente” como lançamento. Seguindo a linha de ilustração e animação que tinha nos outros videos, Come With the Wind tem legenda em português pra gente aproveitar toda a delicinha da música e da letra. Não apenas com a historinha do video, mas também com as fotos do grupo que aparecem no final do vídeo, a gente sente até um quentinho no coração. Também teve um MV pra Hypnotized que Sungjae canta com o Peniel, então não deixe de conferir também.

Yezi – Home

Que a Yezi é um mulherão incrível a gente já sabe, e se você não sabe pode começar a se educar seguindo o último comeback da rainha rapper, dancer e vocal. E se aproveitando bastante dos vocais, no começo do ano a Yezi lançou My Gravity, e depois mandou Home que tem referência a Umbrella (talvez não, mas no nosso coração é sim), é toda soft dance, ela tá linda e é até chicletinha. E se você viu os dos MVs das músicas lançadas, vai sacar a pegada do MV especial de Home, com um remix da música, que ela lançou.

Victon – Howling

Seungwoo feliz e de volta com seu grupo nesse comeback é o que a gente tem. Howling investe nos visuais dos meninos com uma música Tão gostosinha de ouvir. Howling é meio sofrência, é dramática e é viciante. O MV é trabalhado nos visuais meio melancólico pra cada um dos meninos, com vários sets bonitos e até uns brilhos pras cenas de coreografia. E os meninos estão Tão Bonitos que a gente fica igual o piano do MV (pra pegar a referência tem que assistir, ehehe). Também dão um show de rap e vocal na música toda. E Howling rendeu o primeiro win pros meninos com o grupo completo, então a gente faz um howling pessoal pra comemorar também que Victon finalmente tá tendo mais atenção. Dito isso, um beijo pro Subin e pro Seungwoo porque *chief’s kiss*.

ITZY – Wannabe

ITZY está de volta seguindo o seu estilo apresentado desde o debut. Wannabe é chicletinha, bem dançante e com aquela descidinha de doer as pernas até o chão e um dance break que ITZY mostrou que faz. E também teve a nova sensação, quase um desafio de tik-tok e afins, que é fazer o movimento dos ombros da Ryujin do começo da música. Se você não tinha o que fazer na quarentena, agora tem! E, aproveitando o período de isolamento, as meninas aproveitaram pra lançar um vídeo especial para Nobody Like You naquele estilo de self-cam que a gente gosta. E também quatro videos de dance practice pra Wannabe nas versões: Midzy, Part Switch, Random Speed e Hero.

Craxy – Aria

Craxy é o mais novo girl group a chegar nesse mundinho de meu Deus, então o melhor jeito de dar as boas vindas pras meninas é dando play no mv delas, viu. Aria meio que diz que as meninas podem fazer vários conceitos já que Aria tem… de tudo. Conceito de nobreza, clássico, princesa, moderno, fantasia, elementos e sets de cultura coreana… Tudo. A gente espera que os próximos comebacks das meninas sejam um pouquinho melhores que Aria, com um caminho definido pelo menos, porque os raps e os vocais são bons, e as meninas tem potencial de sobra.

Favorite – Lie

Se a gente tá aqui é pra ver os capope usando ritmos latinos. Embora Lie não tenha Tanto essa pegada latina, ainda dá pra ouvir um pouquinho, principalmente nos refrões. Favorite segue o comeback de Loca com Lie, e nos dá uma música super gostosinha de ouvir e dançar pela sala. As meninas estão lindas como sempre, o set do MV é super bonito, a coreografia é boa e mais “fácil” de repetir em casa. E e óbvio que tem refrão chicletinho pra você ficar repetindo lie lie lie pelos cantos, pff.

DONGKIZ – Lupin

Você quer uma música super gostosinha e dançante, até meio chicletinha, que tem uma história que não se sabe ao certo quem é o detetive e quem é o ladrão ou se ambos são as mesmas pessoas? Os meninos do Dongkiz te dão exatamente isso. Lupin tem uma coreografia super bacaninha no meio de uma história de detetive e ladrão que ninguém sabe ao certo o que tá rolando, mas a gente vai aproveitando porque a música é boa.

Hong Eunki – Breath

Eunki está de volta com Breath, que é aquela pitada de música sexy dramática dessa lista. Investindo em refrão chiclete, visuais e coreografia, Breath é música certa pra você investir talvez num pole dance ou só rebolar durante essa quarentena. É super gostosa de ouvir, então o replay é garantido.

Jackson Wang – 100 Ways

Pensa num ÍCONE de música. Pensou? Agora joga fora porque sua opinião está prestes a mudar depois de ver e ouvir 100 Ways do Jackson, porque essa música é T U D O. TUDO, sem nenhum exagero. Lançada de surpresa, e com a promessa de ser a primeira de muitas que Jackson tem preparado para nós, tudo nela é perfeito – desde o conceito, até a coreografia e os vocais. Além disso, ela é toda em inglês, então dá pra aprender a letra inteirinha sem medo de errar. Se você encontrar algum defeito, encontre aí na sua casa. JACKSON WANG FAZ ABSOLUTAMENTE TUDO!

ONEUS – A Song Written Easily

Depois de Lit, Oneus resolveu dar algo mais suavezinho pra gente aproveitar esse começo de ano (e quarentena). Como se não bastasse os meninos lindos de bonitos, e deixando aqui um salve pro Leedo o cabelo azul, o MV é simplesmente a coisa mais linda, repleto de paisagens naturais lindíssimas (que até lembra o mv de Starry Night do sister group deles). A Song Written Easily ainda tem uma coreografia super gostosinha e a música é digna de repeat.

Xydo – Betting (ft. pH-1)

Seguindo os lançamentos dos filhotes da companhia do Ravi do VIXX, o Xydo, que já fez featuring em várias outras músicas do Ravi e de outros membros da GROOVL1N, como Limitless, aparece com seu novo solo Betting. E o que dizer de Betting que consideramos pacas? Pois é. Betting é TÃO gostosa de ouvir, é realmente feita pra aproveitar e dançar no meio da sala com passinho de dança ridículo. Ou pra seduzir seu crush (em chamada de video pois isolamento social!!). O MV é feito de sedução entre Xydo e a atriz que vão jogando poker e tirando umas fotos, então a gente pode tentar também, quem sabe. O importante é aproveitar os vocais do Xydo e sair dançando.

Kang Daniel – 2U

Existem pequenas satisfações na vida que se tornam grandes quanto mais você as apreciar. Uma pequena satisfação do fã de k-pop é ver seu idol preferido saudável e feliz. É por isso que foi tão bom quando Daniel lançou do nada um vídeo especial para Adulthood e pouco tempo depois teve um retorno com 2U, uma música tão deliciosa que te conquista nos primeiros segundos. O mini-album CYAN lançado junto com o single não tem nenhuma faixa pulável e pela terceira vez fomos surpreendidos pelo Dani, porque por algum motivo oculto, nunca achamos que ele lançaria algo bom e ele sempre entrega. Sempre. Acho que está na hora de parar com a baixa expectativa, então.

Sejeong – Plant

A fadinha da Sejeong, ex IOI e do Gugudan, finalmente aparece com debut solo!! Plant é toda trabalha em ser Soft e aquele tipo de baladinha que te faz querer dar ou receber um abraço. Mostrando bem os vocais, é realmente uma balada bem calminha com um MV que segue esse aspecto, mas que tem vários efeitos especiais que são super bonitinhos também. Uma fadinha apenas.

Alexa – Do or Die

E a Alexa tá de volta com sua história meio que de robôs? Ciborgues? Enfim, alguma coisa assim. Com esse MV que mais parece um filme, Alexa segue sua missão e ainda entrega uma música dançante e chiclete, bem parecida com seu debut, Bomb. A coreografia é muito boa, os efeitos especiais são ótimos bem digno de filme mesmo, e a música é chiclete, porque é disso que o povo gosta.

Demian – Cassette

Demian é um solista surpresa pra gente. Porque? Bem, porque Cassette parece coisa de gente que ja tá ai faz tempo, mas é um debut! Ok que o moço já fazia covers, tem um canal no youtube e é compositor, mas o debut permanece. Os vocais são Muito bons e Cassette é TÃO boa de ouvir. Tem uma batida que parece algo inspirado nos anos 80 com os sintetizadores. Não existem defeitos nessa música.

Suho – Let’s Love

Depois de anos e muita luta, finalmente temos o debut solo do líder do EXO!!! Finalmente SM, obrigada. Com um mini-álbum chamado Self-Portrait, a música titulo é Let’s Love e ela é um amorzinho de música. Balada, mas nem tanto assim, a música é pra mostrar os vocais do Suho que a gente não escuta tanto nas músicas do EXO. Tudo inspirado em artes também, porque o Suho também é uma arte, então faz sentido. E pra continuar aproveitando esse sonho vocal que é o Suho, a gente também ganhou videos de live session pra todas as músicas do mini album: Made In You, O2, Self-Portrait e Starry Night.

JO1 – Infinity

Quando o grupo é de J-Pop mas foi montado no Produce e tem som de K-Pop a gente faz o que? Isso mesmo, panfleta. JO1 é o mais recente fruto da saga Produce 101, só que a versão japonesa optou por criar um grupo permanente. Gerenciados pela Lapone, os 11 meninos selecionados fizeram seu debut oficial em março com Infinity e o lado b La Pa Pa Pam. Tendo a coreografia como seus pontos fortes, e fazendo bom uso do autotune até que seja certeza que a capacidade vocal dos meninos estabilizou, Infinity tem cara de K-pop sim, é verdade, mas é uma música das boas, sendo que a versão de performance é minha preferida de assistir. Como o grupo é permanente, esperamos que eles continuem evoluindo e tenham uma carreira duradoura, porque é isso que eles merecem depois de passar pela tortura que é o Produce.

Menções Honrosas:

My.st – Don’t Know

Stray Kids – On Track

Ong Seungwu – Gravity

Glay x Pentagon – I’m Loving You

Kyuhyun – All Day Long

APRIL’s Lee Naeun & Lee Jinsoul – A Matter of Time

Daydream – Num Num

PurpleBeck – VALENTi

Lee Soo Young – Find Me

Dvwn ft. Giriboy – Burn the Memory

VIINI – Love The Moon

dress, sogumm – My Taste (ft. ZICO)

GEUNSU – LUV

OVAN – I Need You

John Park – March Lover

Motte – Elevator

Yuzion – No way

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge