Música

K-Pop Top – Junho (parte 1)

Junho foi um mês tão doido e com trocentas mil coisas, que a gente teve até que separar as coisas em dois posts pra não ficar com uma lista quilométrica.

IZ*ONE – Secret Story of the Swan

Parece que foi ontem que o IZ*ONE lançou Fiesta, mas, embora tenhamos gostado MUITO desse comeback, devemos dizer que o Grande Retorno delas foi agora em junho com Secret Story of the Swan. Faixa título do seu novo mini-álbum, Oneiric Diary, que também marca a nova era do grupo (em muitos sentidos, já que elas até mudaram de companhia), o MV em si acabou saindo com um dia de atraso, mas tudo bem, porque eles lançaram no dia 15 um vídeo de performance que é a melhor coisa do mundo. O MV de SSOTS é meio cafona, mas a música é uma das melhores do ano, então a cafonice está perdoada. Duvido você assistir e não ficar “like swan swan swan” pelo resto do dia.

JeA – Greedyy ft. Moon Byul

O que você tem quando junta a vocalista do icônico Brown Eyed Girls, a maravilhosa MoonByul e a fadinha da IU como compositora? Um músicão delícia lindo de bonito. Greedyy é uma DELÍCIA de ouvir, feito por mulheres incríveis e sem defeito nenhum, então é até um dever moral ouvir essa música pelo menos uma vez.

DIA – Hug U

As meninas do DIA finalmente apareceram, e voltaram com nada mais que uma música fofíssima e soft, bem pro vocal das meninas. O MV segue a mesma linha de soft, todo bonitinho e até meio mágico às vezes, com as meninas bem fadinhas e em várias localizações pra ficar bem Soft. Dá pra dizer que a música é um… Abraço.

WayV – Turn Back Time

É WayV então já dá pra saber que não tem defeitos. A SM decidiu economizar dinheiro com roupas pra investir nos efeitos especiais do MV, e a gente não tá aqui pra criticar essa decisão, rs. Turn Back Time é a receita de música boa com o que provavelmente já é a assinatura de WayV: break dance com guitarra. Também temos uma coreografia ótima, vocais ótimos, um rap incrível dos meninos e muitos, mas muitos, visuais. Até aquele momentinho de refrão chiclete com coreografia pra gente repetir, porque WayV reis acessíveis. Além disso tudo ainda tem uma historinha rolando, então um salve pra eles. E lembrar sempre que mesmo que eles estejam na nossa lista e a SM promova eles como um grupo de k-pop, WayV é C-Pop, viu gente.

E’LAST – Swear

O E’last, que antes se chamava EBoyz, é um grupo novo que debutou esse mês. E chegou com gosto, cheio de ar mágico e contos de fada. Swear é uma mistura de instrumental clássico, rap inesperado que vai lá em baixo, vocais incríveis e uma coreografia sensa. o MV é realmente super bonito e bem editado, os meninos estão bonitos e estilosos. É quase aquele tipo de música que você não espera gostar, mas quando vê já tá ouvindo de novo. E a gente tá aqui pra ver tudo mais que os rookies do E’Last tem pra gente.

Heize – Lyricist

Vira e mexe alguns cantores de K-Pop surpreendem a gente e a surpresa dessa vez foi a Heize, cuja faixa título do seu novo álbum é nada menos que… uma bossa nova. Com um MV minimalista, instrumentais e vocais excelentes e uma vibe bem diferente de We Don’t Talk Together, esta provavelmente é uma das melhores músicas dela, e como se isso não fosse o suficiente, mais pro final tem uma surpresa sonora boa d++++. Tá de parabéns nesse comeback.

Super Junior K.R.Y. – When We Were Us

O que você tem quando junta os três baladeiros do Super Junior? Um sub-unit de música melosa da melhor qualidade, do jeitinho que o Super Junior sabe fazer. Simples, bonito e eficiente, o trio feito por Yesung, Ryeowook e Kyuhyun volta com o mini-album perfeito pra ouvir deitada no chão refletindo a vida.

WJSN – Butterfly

E sabe quem mais voltou? As fadinhas cósmicas WJSN, ou Cosmic Girls como vocês preferirem, com Butterfly. Já com um pezinho nos conceitos de verão, Butterfly é toda bonita e dançante, com refrão chiclete e até a Yeoreum como center e linhas do refrão, pra deixar tudo ainda melhor. O mini álbum das meninas vale demais a pena também, uma música melhor que a outra.

JukJae – No, Thanks ft. Zion.T

Pensa numa música excelente. Foi isso que o guitarrista Jukjae entregou pra nós. A primeira impressão logo no comecinho da música é que o instrumental por si só já pagou o ingresso. A linha de baixo é sensacional, especialmente se você estiver ouvindo com os fones certos e objetivamente falando é uma das melhores músicas do ano. O rap não tem muito punch, mas isso não estraga a música de maneira alguma. Infelizmente, ocorre o fator flop, porque o MV tem baixíssimas visualizações, um verdadeiro crime, então cabe a nós biscoitar esse musicão.

Seo Eunkwang – No One Knows

Main vocal quando lança coisa antes de alistar geralmente é balada. E o que temos quando o mesmo main vocal volta? Balada. É óbvio. Mas como estamos falando de Seo Eunkwang, o main vocal do grupo baladeiro de qualidade BTOB, mesmo que não goste balada, é impossível não curtir essa música (e qualquer balada que o BTOB e/ou seus membros lancem, shhh). Bom pra se ouvir naquele dia friozinho ou com a cabeça no vidro do carro pra viver aquele clichê que a gente gosta, o mais importante é o nosso vozeirão Eunkwang de volta.

Ha Sungwoon – Get Ready

Da série de temas inesperados, nós já falamos que rolou bossa na primeira quinzena de junho, e agora vamos falar que rolou funk (mas não o carioca, ninguém lançou V de novo), dessa vez vindo de Sungwoon. Demorou um tanto considerável para ele ter um comeback, mas perdoamos porque Get Ready é uma ótima música. Super groovy e com um MV criativo, é difícil encontrar defeitos nesse musicão. Sungwoon mais uma vez está super sexy sem ser vulgar, esbanjando carisma e fazendo a gente mexer o esqueleto. Um verdadeiro bop.

N.Flying – Oh really

N.Flying deu as caras novamente pra gente seguir tendo um comeback de k-bandas por perto, e o que dizer de Oh really que é uma delicinha de música? Se você tá buscando por algo mais felizinho e divertido, que dá pra dançar pela casa e fazer uns momentos de instrumentos musicais invisíveis, essa é a música certa pra você. Os meninos estão de cabelo colorido e divertidos no MV, então não deixa de ver porque é bom demais!

punchnello – US ft. meenoi

Algumas músicas são boas de nascença, né? Então assim que ela começa, você já taca o dedo no “gostei” e aproveita todo resto com prazer e com a certeza que não vai se arrepender de ter dado aquele voto positivo. É isso que acontece com Us, do punchnello. Ele não costuma dar as caras muito aqui no KPT, mas com essa faixa de R&B moderno não deu para deixarmos de fora. O ponto alto da música com certeza é o intrumental, cuja linha de baixo é encantadora, e a historinha do MV também é uma graça de assistir.

Bang Yedam – Wayo

Faz mais ou menos uns 7 anos desde que Bang Yedam apareceu para o mundo como trainee e por algum motivo a YG enfiou o menino no porão ao ponto que as pessoas começaram a questionar se ele iria mesmo debutar – fosse solo ou fosse como membro do Treasure. Esse dia finalmente chegou! Dá pra acreditar? Wayo é uma faixa acústica com MV bem produzido que quase faz valer a pena ter demorado tanto pra sair esse debut. Facilmente um dos melhores debuts do ano, com um refrão simples e encantador, Yedam está todo lindinho e trabalhado na sofrência nesse single. Sua voz limpa é apaixonante e nós não podemos negar que gostamos muito, muito da música. E para os interessados, também tem uma versão com a Suhyun do AKMU que é [chef’s kiss].

VICTON – Mayday

O que dizer de Mayday que [gritos]. Trabalhados no conceito de machucou quando você caiu do céu? Os meninos do Victon voltaram com o single Mayday que é…. Incrível. Icônica. Sem defeitos. De visual a rap, vocais e MV, Mayday é muito bonita e viciante, e até chiclete. Os meninos estão lindos, o rap do Hanse é Muito bom, Sejun está muito bonito e talvez o único defeito de Mayday é a falta de linhas do Subin, mas ele é center nos momentos de coreografia do refrão, então deu pra melhorar um pouquinho. E que coreografia BOA. Victon novamente faz tudo.

TWICE – MORE & MORE

Pra gente ficar bem esse mês, as meninas do Twice voltaram pra gente com duas surpresas delícia: a primeira é a volta da Mina nas promoções. E a segunda é esse comeback todo trabalhado em EDM e Tropical House no refrão que a gente ficou só “???”. More&More, ainda sim, não deixa de ser uma música clássica de Twice: ela é chiclete e tem coreografia que a gente finge que aprendeu pra repetir no meio da sala. O mini-album das meninas segue a mesma vibe de More&More, e o nosso salve especial vai pra b-side Make Me Go. E, por falar em salve, a gente deixa aqui um beijo pra esse MV porque ele é Muito Bonito.

Lay – Lit

As pessoas até tentam, sabe. Elas tentam parecer legais e dizer que têm um budget ilimitado, mas infelizmente as pessoas não são o Lay e nem exalam o poder que ele exala. As pessoas não desmoronam um fandom só com as fotos de conceito do comeback, nem criam uma cinematografia absurda pra um MV de menos de 4 minutos, com cenas de luta, coreografia e até um dragão enorme de CGI que deixam tudo completamente épico. As pessoas não fazem a gente ficar de queixo caído falando “mas esse é o mesmo cara que lançou Honey” sem parar, embasbacadas com a qualidade da música que nos foi entregue. Isso porque o Lay não somente sabe o que o povo quer, como sabe o que o povo precisa, e além disso ele consegue equilibrar os dois de forma coesa e entregar uma obra de arte. Desde que Jackson Wang lançou “100 Ways“, a gente não via uma música tão sensacional e por isso Lay está mais do que de parabéns.

Menções Honrosas:

TXT – Puma

BTS – We Are Bulletproof: The Eternal

GIDONGDAE – Party Like This

EDEN, Samuel Seo – SOON

Lee Sunhee – Anbu (ft. Chanyeol)

woo!ah! – Payday

Sunjin – Click

Miyao – Key

Jungkey – My dear (ft. Moon)

The Solutions – Dance With Me

Yoon Jiyoung – Shame

Lunch – I Don’t Need You

Choi YeGeun – Lucid Dream

Kim Youngwon – Blue Moon

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge