Cinema

Jogos Vorazes (2012)

Sexta-feira passada, dia 23, estreou um dos filmes mais esperados do ano: Jogos Vorazes, adaptação de um livro com título homônimo. E se você ainda não ouviu falar, você não deve viver neste planeta. Com direção de Gary Ross e roteiro por Billy Ray e Suzanne Collins, a autora do romance, o filme conseguiu ser bastante fiel e agradar tanto aos fãs, como aqueles que não leram o livro. Nós, da equipe WT, vamos contar  o que achamos e convidamos você para participar de uma brincadeira no final do post.

Panem é a nova nação que ocupa a extinta América do Norte, ela era dividida em treze distritos, sob o comando da Capital. Sendo que o 13º distrito se rebelou. Ele foi dizimado. Mas para lembrar aos outros distritos o que acontece quando você fica contra o governo, uma competição anual foi criada. Nos Jogos Vorazes, um reality show sanguinário transmitido ao vivo para toda a Panem, uma garota e um garoto, de doze a dezoito anos, de cada distrito são selecionados em um sorteio e obrigados a lutar até a morte.


Byzinha: Esse fim de semana, eu fui com Juliana (Giacobelli, autora de Tocada) e mais duas amigas assistir um filme aí, adaptação de uma tal franquia chamada Os Jogos Vorazes que simplesmente calha ser minha terceira série de livros favorita na face da Terra.

Já faz cerca de três semanas que temos sido bombardeados com críticas absolutamente positivas e construtivas sobre o primeiro filme da franquia, que chegou aos cinemas internacionalmente sexta-feira, 23, e eu não sabia o que pensar. Por um lado, críticos não costumam ter lido o livro, então, se eles estavam entendendo a história e – mais que isso – achando ótimo, woa! Mas… eu sou fã… será que…

Então vieram os comentários de quem também é fã e são coisas do tipo “Poxa vida, eu me atreveria dizer que é melhor que o livro!” (Tim Pocock – Ciclope de Wolverine: O Filme), por exemplo, e meu medo só aumentou.

SEM CONTAR a notinha 8,2 do IMDb (que, no momento, caiu pra 8,1, mas qual a diferença?), o que é algo.

Dez minutos de filme e eu já estava amando kkk O que me chamou mais atenção foi a maneira que foi filmado, como a câmera foi utilizada, a sensação de estarmos assistindo um videogame ou algo do tipo. O filme foi muito elucidativo. Duas das minhas amigas não tinham lido o livro e entenderam perfeitamente do que se tratava quando acabou.

Obviamente senti falta de algumas falas de impacto e cenas, mas no fim das contas isso só me faz tirar 0,5 pontos de 10 porque o filme ficou tão. bom. É simplesmente tão. bom. que eu nem sei como explicar.

O que eu mais gostei, e você pode ficar tranqüilo porque essa é uma spoiler-free review, foi o ponto de vista da Capital, todos os momentos com Seneca e Snow e os “behind the scenes” dos idealizadores do jogo, como eles manipulavam o jogo. Obrigada, Suzanne, por permitir que isso acontecesse no filme, porque é praticamente minha parte preferida.

Parabéns também Jenninfer Lawrence por fazer uma Katniss melhor que a do livro, Liam e Josh por serem perfeitos pro papel assim como, bem… todo mundo nesse elenco. Quero dizer, sabe quando você vai pela lista de atores de um filme e quer chorar, porque é perfeição pura? Ladies and gentleman: The Hunger Games.

 
Gale: “Chatiado.”
(de fato, eu falei isso na hora que essa cena passou. As pessoas riram e a gente passou a chamar o Gale de Chatiado ao invés de Gale kekeke)
Sam: Como não fã de Jogos Vorazes, posso dizer que tinha expectativas de que o filme fosse absurdamente bom. Eu já tinha começado a ler o livro há um tempo, mas me irritei tanto com a protagonista que parei bem perto do fim. Só que, como minha memória é linda, fui pro cinema sem lembrar praticamente de nada. E, CARA, foi muito bom. Mesmo. Tão bom que ainda não consegui parar de falar e pensar no filme. Tão bom que me fez chorar como uma otária.

A primeira coisa que me deixou com os olhos brilhando foi a edição. Logo nos primeiros minutos já estava apaixonada pela câmera rápida, que capturava tudo e que mantinha um ritmo bom (e, num filme desses, ritmo é importante mesmo). A segunda coisa foi o motivo maior que me fez ir ao cinema: a trilha sonora. Amo o James Newton Howard desde Batman Begins, e estava contando os dias pra ouvir a nova trilha awesome dele. E, PUTZ, awesome demais!!!!!!!! Diferente, bonita, calma quando deve ser, e tensa quando deve ser. Não entendi muito bem a pegada meio oriental, mas saí da sala com os ouvidos sangrando de alegria. A terceira coisa foi… bem, ~elenco~. Todo mundo lindo e atuando super bem, principalmente a Jennifer e o Josh (que, por acaso, me fez virar team padeiro e abandonar o Gale). Também o Alexander Ludwig que deu uma engostosada LEGAL (VEM ME CATAR, SEU LINDO), a Elizabeth Banks irreconhecível, Stanley Tucci sendo Stanley Tucci, e o Woody Harrelson me fazendo amar Haymitch mais do que já amava antes.

E agora eu posso dizer que já tenho esperanças pro próximo filme. E que, pelo amor de Deus, contratem uma equipe que saiba fazer efeitos especiais direito, porque essa foi a única coisa ruim do filme: os efeitos especiais são PODRES. E sem essa de “mas tem coisa difícil de fazer, né”, porque se conseguiram fazer uma cidade virar de cabeça pra baixo em Inception sem parecer artificial (nem um pouco, diga-se de passagem), não deve ser tão difícil assim trabalhar com fogo. Sério. O desejo maior é que gastem mais dinheiro pra fazer as coisas propriamente dessa vez, e que a continuação seja tão ótima quanto o primeiro filme.

Thanny: Eu fiz questão de ler o livro antes de ir conferir o filme no cinema e posso dizer que minha vida mudou um pouco depois disso. Há muita comparação em torno de Crepúsculo e Harry Potter, e uma coisa não tem nada a ver com a outra, mas falando de grandiosidade, here we are. A bilheteria de estreia de Jogos Vorazes foi uma das maiores da história e só daí você entende quão awesome o filme é.

Na minha cidade não teve pré-estreia, mas gosto de fingir que teve. Eu e minha irmã, contaminadas pelo fanatismo fizemos até cosplay de Katniss e Prim (x), pois é, acontece. A ansiedade era grande e todos estavam com expectativas altíssimas, mas não esperávamos pelo o que estava por vir. O filme, além de retratar fielmente o livro, nos mostrou os backstage dos Jogos, diálogos do Presidente Snow com Seneca Crane, o Idealizador dos Jogos, e a fagulha da revolta crescendo nos distritos. Tudo isso era algo que eu tinha curiosidade de saber, mas como livro é narrado em 1ª pessoa, não era possível. Um coisa acabou complementando a outra e foi uma sacada genial.

Nas primeiras cenas, percebemos que a filmagem não segue o padrão de outros filmes, a câmera está sempre em movimento, como se estivéssemos correndo na arena, o que me deixou um pouco tonta. Mas ficou muito legal, principalmente nas cenas de luta. Jennifer Lawrence ficou perfeita como Katniss, sua atuação me surpreendeu bastante. Não tinha muita fé em Josh Hutcherson como Peeta, mas ele é tão adorável que conseguiu me convencer.

É meio difícil achar pontos negativos no filme, mas se for para escolher um, fico com os efeitos especiais. Na primeira vez que assisti, não reparei muito, mas na segunda, o que era aquele fogo? Vamos melhorar! Eu também esperava ver mais sangue, mas não me decepcionei com a forma não-explícita que as mortes dos tributos foram exibidas, afinal, não somos moradores da Capital loucos para ver crianças morrerem, certo?

E você? O que achou do filme? Qual foi sua experiência no cinema? Aconteceu algo engraçado ou surpreendente? Compartilhe os melhores momentos conosco, no Twitter, utilizando a hashtag #THGGoldMoments – por um mundo sem spoiler.

Ficha Técnica

Direção: Gary Ross
Roteiro: Gary Ross, Billy Ray, Suzanne Collins
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Woody Harrelson, Lenny Kravitz, Stanley Tucci, Willow Shields
Duração: 142 min
País: EUA
Gênero: Ficção, Drama, Ação
Classificação: ★★★★½

 

 

 

You Might Also Like

12 Comments

  • Reply
    Katy
    30/03/2012 at 3:20 pm

    AMEI as 3 opiniões!!! Assim como amei THG! <3
    Mas realmente… Os efeitos foram meio amadores mesmo heim… Mas preciso ver novamente pra poder ter mais certeza do q não gostei. Na 1ª vez é só amor e alegria!
    Adorei o comentáriop das SAM "…o Alexander Ludwig que deu uma engostosada LEGAL (VEM ME CATAR, SEU LINDO)…"
    Gente o que foi aquilo?! O Cato tava muito muito! KKKKKK
    Não gostei de algumas mudanças da história original pro filme, mas vamos aguardar os próximos pra ver no que vai dar!

    :*

  • Reply
    Thyeri Bione
    30/03/2012 at 3:36 pm

    Estou querendo muito ver esse filme. Já li críticas falando tanto bem quando mal, e isso só faz aumentar minha curiosidade. O que me deixa com esperanças de gostar muito do filme, é a visão da Capitol que foi incluída no filme, que fez muita falta pra mim nos livros. Espero em breve estar podemos assistir.

  • Reply
    Byzinha
    30/03/2012 at 4:38 pm

    Realmente, os efeitos especiais, esqueci de falar deles. Ao contrário de todo mundo, preferi o efeito do vestido do que do desfile. Anyway. Ainda não consegui assistir de novo, acredita? To pobre =( Alguém ta brincando na nossa hashtag?

    • Reply
      thanny
      30/03/2012 at 5:32 pm

      O fogo do desfile tava tosco demaaaais! HAHAHAHA Ninguém se ofereceu para participar da nossa brincadeira :(

  • Reply
    Juliana
    30/03/2012 at 5:27 pm

    BU!
    Olha, vou falar a verdade, só li a review da By – não me batam.

    OLHA, MANCADINHA COLOCAR O GIF DO GALE CHATEADO, HEIN u_u Pecado do menino ._. hahahahaha

    Concordo com tudo que a srta. disse, principalmente na parte da Katniss cinematográfica ser melhor que a literária *-* (Jura, mesmo?) Q haha

    Beijoooo!

    Ju
    julianagiacobelli.com

    • Reply
      Byzinha
      30/03/2012 at 5:42 pm

      MANCADA NÃO LER A RESENHA DAS OUTRAS E AINDA ADMITIR HEIM? KKKKKKKK
      Não resisti de colocar gif do Gale. Fiz QUESTÃO de rodar pelo tamble o tempo que fosse até achar. -masoq

  • Reply
    Letícia Santos
    30/03/2012 at 6:06 pm

    O fogo tava tosco demais, FATO.
    Gale chatiado foi motivo de MUITAS risadas na minha sessão.
    E o Cato, AH O CATO, eu prefiro nem comentar porque né. HASUHSUASHAUH -q

  • Reply
    Kamila Wozniak
    31/03/2012 at 2:27 pm

    Parabéns pra mim que o cinema da cidade só recebe os filmes que quer a hora q quer :S

    Esperando oportunidade pra assistir Jogos Vorazes :S rsrs

    Mas pelas opiniões acho q vou gostar … e ainda nem li o livro rsrs

    Agora …. efeito especial a desejar :S iiihhh hehe

    Beijos

  • Reply
    Breno Rodrigues
    31/03/2012 at 9:10 pm

    Sam, sou teu fã! heheh… #brinks
    É que acabei me identificando. Sério, também sou um “não fã” do livro, mas minhas expectativas para o filme estão nas alturas. (é, ainda não assisti!)
    Espero que tudo o que me fez desgostar o pouco do livro, tenha sido suprido na adaptação. (yn)
    Ansioso pra ver.

    Abraços ;)

  • Reply
    Mariana Borges
    02/04/2012 at 12:31 am

    Acho que sou a única que ainda não assistiu a Jogos Vorazes, mas é porque realmente eu ainda não tive tempo D: porque minha ansiedade ta a mil!! Ainda mais depois de ver tantas criticas positivas, são poucas as vezes que eu vejo algo negativo sobre o filme e ainda tem a Jennifer Lawrance que todo mundo está dizendo que arrasou!! Espero que eu consiga ver logo, não aguento mais! Beeijos.

  • Reply
    Flafli
    04/04/2012 at 1:59 pm

    Oi Gente!
    De cara gostaria de dizer que AMEI o livro e ODIEI o filme!
    Talvez minha expectativa fosse maior… sei lá.
    Achei a Katniss inespressiva. Por ser um livro narrado em primeira pessoa, sabíamos todos os pensamentos da personagem (e logo, tudo o que ela sentia). Não achei que a atriz transmitiu confusão de sentimentos com relação a Peeta… Não achei legal Haymitch aparecer “do nada” no trem… ele tinha que ter aparecido no sorteio e dado o “vexame”.
    Achei que tudo foi tão corrido que nem deu tempo de sentirmos o gostinho do suspense. Sei que no longa as coisas devem ser dinâmicas, pois tem muita história para pouco tempo…
    E… Thanny, me desculpe, mas odiei a filmagem! Fiquei confusa várias vezes e me deu um nervoso enorme não acompanhar o que acontecia em algumas cenas… principalmente as de luta.
    Enfim… pra mim não deu pessoal!

    Beijos

    • Reply
      thanny
      04/04/2012 at 2:24 pm

      Sério que você achou a Katniss inexpressiva? Eu amei (paguei pau) pra atuação da Jenn, mas eu senti falta dessa confusão de sentimentos mesmo. Acho que só quem leu o livro pra entender realmente, porque já to cansada de ler sobre o “triângulo amoroso”. E o livro foi bem mais tenso, mas gostei bastante da adaptação.
      Parecia que o camera-man tinha mal de Parkinson HAHAHAHA mas acho que que além de dar aquele efeito frenético, não quiseram deixar a violência das lutas e mortes tão explícitas.

      Beijos!

    Leave a Reply

    CommentLuv badge