Evento

O que rolou no 1º dia do HQPB 2016!

hqpb-2016-em-joao-pessoa

O HQPB 2016, o maior evento de Historias em Quadrinhos e a Cultura Pop da Paraíba, acontece neste final de semana, nas dependências do Espaço Cultural José Lins do Rego. Para sua 9ª edição, a equipe organizou várias atividades, como palestras e workshops, para que os participantes se ocupem o dia inteiro consumindo o que há de melhor de cultura pop! Confira nossa cobertura do primeiro dia do evento em João Pessoa:

2º Encontro de Produtores de Conteúdo, por Thanny

Encontro de Produtores de Conteúdo no HQPB
O encontro, assim como na edição passada, foi uma espécie de mesa redonda para cada um falar um pouco do seu trabalho e do que tem observado na interwebs, seja de blogs, vlogs e podcasts. Este ano, tivemos a presença de Fábio Catena e Rodney Buchemi, do Melhores do Mundo, que compartilharam um pouco de sua experiência nesses quase 15 anos de história.

Na minha opinião, a escolha dos convidados foi muito sensata diante de tudo o que vem acontecido no mundo da cultura pop, o machismo e assédio de artistas e participantes do evento, principalmente às cosplayers. A conversa abordou um pouco disso tudo e como a internet deu voz à babacas. É como dizem, não alimentem os trolls.

14 toneladas de quadrinhos, por Icaro

COMIX no HQPB 2016

Foi delegado a este que vos escreve falar um pouco sobre o que a Comix teria trazido de interessante para esse HQPB 2016, quando na verdade poderíamos falar do que ela não trouxe de interessante (risos). Pois bem, a loja trouxe um arsenal de mais ou menos 14 toneladas de quadrinhos e quanto ao conteúdo trazido por eles tem coisa para agradar gregos e troianos.

Desde aqueles velho comicbooks da Marvel e DC, passando pelos quadrinhos da Vertigo, caindo nos Mangázinhos e finalizando com as graphic novels e materiais independentes. Fica até um pouco arbitrário demais falar do que tem de bom, visto que o gosto não se explica apenas pelas predileções pessoais, existem outros condicionantes e blá blá blá (sociólogo detected!). Então me limitarei a falar sobre os materiais que acabaram sendo “resgatados” por mim das prateleiras da solidão do consumo (snif snif).

1 – Shinjuku de Chistropher Morrison e Yoshitaka Amano

É um livro ilustrado, escrito por Christopher Mink (Diretor dos longa metragens “Full Clip” (2004) e “Into the Sun” (2005)) e ilustrado por Yoshitaka Amano (Ilustrador de Final Fantasy, Sandman e Vampire Hunter D). Recorte europeu, coisa fina, arte show, enredo doido cheio de reviravoltas e sangue. Lançado lá fora pela Darkhorse Comics e nacionalmente pela Editora New Pop.

Sinopse: ” No ano de 2020, o caçador de recompensa Daniel Legend se encontra perseguindo uma presa diferente: sua própria irmã a muito desaparecida. Armado apenas com seu juízo, sua arma e um misterioso cartão-postal, Daniel segue para o coração da multicultural Shinjuku, Distrito de Tóquio, onde o choque entre dois mundos – o criminal e o infernal – ameaça as bases da própria realidade.”

np_shinkuju

2 – Helter Skelter de Kyoko Okazaki

Esse mangá foi lançado este ano pela editora NewPop e tem uma pegada bem terror psicológico. Esse mangá foi ganhador do Premio cultural Osamu Tezuka de 2004. Além do prêmio em 2004, nos ano de 2008 esta obra foi ganhadora do Japan Media Arts e nomeado para a seleção oficial de obras essenciais do Festival de Internacional de História em quadrinhos de Angolema na França.

Sinopse: “Após várias plásticas extensivas e manutenção vigorosa, Lilico se tornou a beleza em pessoa, se tornando uma modelo, atriz e cantora de enorme sucesso. No entanto, logo o seu corpo começa a reagir mal as tantas cirurgias e ela se vê em decadência física. Agora ela é obrigada a encarar as consequências do que fez e do inevitável fim.”

56e2cf198c

A vontade de levar mais obras era bem maior, mas dinheiro tá curto e o mercado  de quadrinhos também não tem ajudado muito quanto aos preços e tamanho das obras  – se vocês atentarem alguns títulos em andamento andam cada vez mais possuindo números menores de páginas e os preços estagnando ou aumentando.  Mas aí é uma outra discussão para um outro momento, neste agora a mensagem é “Aproveitem que a Comix tá aqui!“.

Games, por Nichollas

Se você já rodou todo o evento e quer ir atrás de fortes emoções e se divertir muito só ou bem acompanhado saiba que o HQPB consta com espaço para amantes ou iniciantes nos RPG’s, board games e card games.

Boardgames no HQPB 2016

Na parte dos board games tivemos presença da Grow com clássicos conhecidos por todos como War, Perfil e Quest dentre muitos outros, e da enistore.com.br com diversos games da Galápagos jogos, Devir e outras marcas para venda e para jogar. Em ambas as áreas tinha instrutores bem solÍcitos e humorados para auxiliar aos novos jogadores a adentrar neste lindo universo dos jogos de tabuleiros. Particularmente, não fiquei muito na área da Grow, pois tinha jogos já comuns a todo público, aliás quem nunca desfez amizades jogando War?

Boardgames da Galápagos no HQPB 2016

Na área da Eni Store tem jogos estrangeiros que são desconhecidos ao grande público como King of Tokyo, Flash Point, Munchkin, etc e, mesmo conhecendo alguns desses jogos, fui apresentado a outros que me fascinaram, portanto é bem interessante dar uma passada por lá. Além disso a loja estava vendendo jogos, expansões, acessórios e card games para quem interessar e se tiver com a grana curta você pode fazer os seus pedidos no site.

rpg

A área dos RPG’s estava sendo organizado pelo grupo O Calangão RPG que já vem organizando eventos voltados para este nicho abrindo espaço para novos jogadores e antigos. Além disso eles fizeram uma mesa com a temática cavaleiros do zodíaco já para entrar no clima do evento pois havia a presença dos dubladores Gilberto Baroli e Carlinhos Silveira, que até deram uma passada por lá. Havia mesas com vários sistemas diferentes e com temas atrativos para novos jogadores como Stranger Things e Matrix.

card-game

Na parte card games não consegui identificar o grupo que estava na organização, porém achei bem bacana que estavam dando aulas de dos TCG de Pokemon, Magic, Yu-Gi-Oh e abrindo espaço para quem quisesse trazer seus decks e batalhar ali mesmo. “É HORA DO DUELO”.

Hoje o evento continua com muito mais atrações, nos vemos no HQPB!

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge