Cinema

Gravidade (2013)

“ASSISTAM GRAVIDADE NO IMAX 3D, VAI MUDAR A SUA VIDA” frase mais escutada por todos em 2013.

Gravidade foi, sem dúvida, um dos filmes mais populares de 2013; gerou críticas excelentes que deram pro filme o carimbo de histórico, memorável e inovador. Uma obra prima visual trouxe uma nova visão para filmes de espaço, comprovou o talento do diretor Alfonso Cuarón e deixou espectadores no mundo todo ansiosos durante um longa que não permite momentos para respirar.

Sandra Bullock faz o papel de Ryan Stone, uma astronauta nova e profissional médica que acompanhava o experiente Matt Kowalski (George Clooney) na sua última missão no telescópio Hubble. Uma chuva de destroços de um satélite atinge a nave onde estão, destrói e os jogam no espaço. Sem nenhum contato com a NASA ou qualquer outra estação espacial, os dois ficam à deriva e lutam pela sobrevivência.

É vantajoso assistir um filme e ver algo completamente inesperado, mesmo sabendo núcleo de uma história por sinopses ou trailers, Gravidade mostrou muito mais do que prometia, em um curto período de 90 minutos.

Deixando de lado os erros físicos encontrados e discutidos interminavelmente, o longa não deixou de se tornar uma obra prima visual do cinema. A luta pela sobrevivência de Ryan Stone se acomoda em um roteiro tecnicamente simples, mas que se equilibra perfeitamente com o resto do peso do filme. Seja os efeitos especiais perfeitos, a direção brilhante de Alfonso e o trabalho de transformar o filme em um experiência mais próxima da realidade possível para quem assiste. O roteiro pode ser simples, mas conta uma bela história de renascimento e superação humana que torna ainda mais fácil a preocupação que sentimos com a personagem, acabamos torcendo por ela e seu renascimento é encontrado nos mínimos detalhes, mas está lá.

Um grande kudos também vai pra trilha sonora original (Steven Price), manteve o tom de tensão e carregou o filme que não se deu ao luxo de utilizar sons no espaço, deixando tudo ainda mais real e intrigante.

É impossível não dar mérito à toda a repercussão gerada pelo filme, tanto de pessoas criticando a falta de realidade quanto às estações espaciais mostradas no filme, a distância surreal percorrida pela personagem e etc (Ryan também deveria estar usando fralda no momento que tira seu traje de astronauta, mas pra que mostrar isso quando podemos ter Sandra com um shorts bonitinho, right?)…continuando, isso não afeta a qualidade cinematográfica da direção, das atuações e do cuidado em que o filme foi feito. Como o próprio Cuarón disse: “Isso não é um documentário, é um pedaço de ficção.”

Gravidade é com certeza um dos melhores filmes de espaço já feitos, facilmente comparável com clássicos que faz referência, como 2001: Uma Odisseia no Espaço, Alien e Apollo 13.

Em IMAX 3D, 4D, blu-ray ou qualquer outra forma de se ver um filme, esse é um daqueles que vale pena de qualquer forma. Por enquanto ficamos aqui cruzando os dedos e esperando a vitória de Cuarón da direção no Oscar e uma rapa linda nos prêmios técnicos.

Uma curiosidade linda sobre o filme: A cena do pouso foi gravada exatamente no mesmo lugar que a cena do pouso dos astronautas do filme Planeta dos Macacos (1968), no Arizona.

ficha técnica

Título original: Gravity
Direção: Alfonso Cuarón
Elenco: Sandra Bullock, George Clooney, Ed Harris
Roteiro: Alfonso Cuarón e Jonás Cuarón
Trilha sonora: Steven Price
Duração: 91 min.
País: Reino Unido, EUA
Gênero: Drama, Sci-Fi, Thriller
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★½

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Sam
    08/03/2014 at 11:01 pm

    Alfonso Cuarón <3 Ellen cheia dos fun facts, bjs pras inimigas porque melhor review KBYE

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge