Coluna

Grandes influências brasileiras pelo mundo

Por equipe

Sempre tem aquele amigo que viajou para fora e voltou falando mal do Brasil. Quinze dias no exterior e o Brasil já é o pior lugar da face da Terra. Não é mesmo?

É muito fácil se esquecer que o país em que nascemos é um lugar muito bonito de se viver. Não fácil, vocês sabem que não é fácil. Mas é bonito – como a música diz. São poucos os povos que conseguem viver com alegria, não importa as circunstâncias. O nordestino com lata d’água na cabeça, o gari carioca sambando enquanto varre a pista do sambódromo, o trabalhador braçal em seu pequeno pedaço de terra na lavoura. Uma grande influência do brasileiro no mundo é sua hospitalidade, seu sorriso no rosto.

Nós moramos num lugar problemático, historicamente quebrado, é verdade. Um lugar em que as más decisões são feitas com mais frequência do que o suportável. Mas, no fim das contas, você realmente trocaria o Brasil por qualquer outro lugar? No fundo, no fundo, você viveria sem saudades daqui? Da comida e da família e das pessoas? Do por do sol no Arpoador ou do nascer do sol no belo e reto cerrado?

Seguindo a linha do nosso TopTop Momentos que marcaram o Brasil, publicado no Especial Nacional exatamente um ano atrás, hoje falamos do que o Brasil tem de bom e é reconhecido lá fora. Vai ter Copa sim, sabe por quê? Porque esse é o Brasil e pra tudo dá-se um jeito. Como diz o morador de Itaquera: Aqui é Curintia.

Carmem Miranda

carmen1 De pequena notável à “brazilian bombshell”, Carmen Miranda pode ser considerada como a primeira artista multimídia do Brasil. Dona de uma carreira meteórica, Carmen conseguiu uma projeção internacional como nenhuma outra artista do país, e é até hoje a única latino-americana a ter mãos e pés gravados na calçada da fama de Los Angeles. Durante sua vida, gravou cerca de 19 filmes (grande parte deles foi em Hollywood), atuando com grandes nomes como Elizabeth Taylor, Betty Grable e Dean Martin, e ainda gravou mais de 100 canções que marcaram época. Mesmo não sendo considerada uma grande beleza, sua graciosidade, sua grande voz e suas danças enfeitiçaram toda uma geração e continuam até hoje. E como ela mesma disse em um de seus maiores sucessos: “Taí, eu fiz tudo pra você gostar de mim, ah, meu Deus, não faz assim comigo, não, você tem, você tem que me dar seu coração“. A gente deu Carmen, a gente deu…

Moda Brasileira, Gisele Bündchen e Patrícia Bonaldi

Não é de hoje que percebemos que a moda brasileira vem ganhando um grande espaço fora do Brasil. É notório que cada vez mais, ela influencia a moda mundial e firma o seu lugar entre os maiores produtores de moda do mundo. Sem dúvidas, o ponto alto foi quando a top queridinha do Brasil, virou a queridinha do mundo. Em 2000, Gisele Bündchen foi considerada pela revista Rolling Stone, a modelo mais bonita do mundo. Desde então, a top gaúcha de 33 anos tem tido um grande destaque em todo o mundo. Todos os estilistas a querem desfilando com suas roupas, todos os jornalistas querem uma entrevista, todas as modelos mais jovens a tem como exemplo e ainda tem todas as meninas que sonham em um dia ser uma modelo tão linda quanto ela. Gisele que foi eleita a modelo mais rica do mundo, a mais sexy e a mais valiosa é sem dúvidas um orgulho para a moda brasileira. Sua carreira começou quando a loira tinha quatorze anos de idade, quando foi descoberta por olheiros de uma agência de modelos enquanto fazia um “desfile” para debutantes, para a sua formatura de conclusão de ensino fundamental. Belo jeito de ser descoberta ein? Trabalhou para a agência  de modelos Elite Model Management, depois passou a ser representada pela agência IMG Models.

Bastidores da nova campanha da Vivara Backstage of the new Vivara campaign

(Foto: Bastidores da nova campanha da Vivara. /Instagram: @giseleofficial)

Gisele fez fotografias e anúncios para várias grifes renomadas como Versace, Bulgari , Valentino entre outras grifes. Apareceu em capas de revistas como Vogue, Marie Clarie, Vanity Fair e em várias outras revistas, estima-se que em sua carreira já apareceu na capa de pelo menos quinhentas revistas. É considerada por muitos como a “última supermodelo do mundo”, já que atualmente várias celebridades são chamadas para associar seus rostos às marcas, desvalorizando assim as modelos. Claro, que Gisele é exceção. Claudia Schiffer, supermodelo alemã da década de 80, afirma que “supermodelos, como fomos um dia, não existem mais”, salientando que Gisele e apenas Gisele “é a única no mundo a ter notoriedade suficiente para ser considerada uma supermodelo”. Somente né?

(A criadora e a criação. A estilista é a baixinha de branco ^-^)

Já Patrícia Bonaldi é uma estilista mineira que nos últimos anos ganhou não só as passarelas mas também o coração de muitas brasileiras e muitas mulheres ao redor do mundo. Sabe aquela frase de Ralph Lauren que diz: “Não desenho roupas, desenho sonhos”? Se aplica perfeitamente à mineirinha!  Bonaldi ficou conhecida mundialmente por seus vestidos luxuosos com qualidade, originalidade e sofisticação (como diz a página da mesma). Seus tecidos? Maravilhosos! Seus bordados? Mais perfeitos ainda. Acho que a sensação que qualquer mulher tem a vestir uma peça da estilista é exatamente a de se sentir uma princesa (bem moderna e sofisticada por sinal). Há 8 anos no mundo fashion, vem unindo as tendências da moda e diversos ornamentos para suas criações fabulosas. Com foco na alta costura, suas inspirações para a moda festa tornaram-se extremamente respeitadas no mercado da moda nacional e nos mercados internacionais, como Estados Unidos, Europa, e Oriente Médio.Várias blogueiras e celebridades brasileiras já são clientes de carteirinha da moça, mas esses dias a mineira teve uma grande surpresa.  Shakira, jurada do programa “The Voice” USA apareceu usando uma peça da estilista Brasileira em um episódio do programa. A peça estava disponível no showroom dela em Nova York.

10172645_797810363563368_8316013318785797417_n  

O modelo agradou o stylist da cantora que o levou como uma das opções de look para a noite de gravação do programa. A marca de Patricia Bonaldi já é vendida há quatro anos nos Estados Unidos, pela Neiman Marcus. Que surpresa boa ein? Vale a pena ficar de olho nela!

Tom Jobim e Vinícius de Moraes

10270689_10200970167016462_750630009397376388_n

Até mesmo para os mais leigos dos dias atuais, os nomes de Tom Jobim e Vinícius de Moraes continuam inesquecíveis. Memoráveis por suas obras, sozinhos e juntos, ambos conquistaram corações, prêmios, mentes e um eterno espaço do mundo exterior. Seja Vinícius com suas poesias. Seja Tom com suas músicas. Seja Vinícius e Tom, com letra e música. A união mais duradoura e fecunda da música nacional, que marcou mais que uma brasa fervente, sucesso mais que notável nos clássicos “Eu Sei Que Vou Te Amar”, “Chega de Saudade”, “A Felicidade” e, é claro, naquela musiquinha que todo mundo conhece “olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela menina, que vem e passa, num doce balanço, a caminho do mar”.

Fernanda Montenegro

fernanda-montenegro-e-capa-da-revista-29horas-1380741643946_1920x1080

Considerada uma das maiores damas dos palcos e da dramaturgia brasileira, Fernanda Montenegro é simplesmente uma das atrizes mais incríveis que nosso país já teve. A maioria se lembra dela de novelas como Duas Caras, onde interpretava a vilã Bia Falcão, mas ela fez muita, mas MUITA coisa além. Ela foi simplesmente, a primeira atriz brasileira a ser indicada ao Oscar, pelo filme Central do Brasil, o qual acabou perdendo para Gwyneth Paltrow por Shakespeare Apaixonado; recebeu diversas indicações ao Globo de Ouro, Urso de Prata e recentemente, levou pra casa o Emmy Internacional de Melhor Atriz por seu papel em Doce de Mãe. Com mais de 40 trabalhos na televisão e no teatro, Fernanda é um símbolo da determinação e força do povo brasileiro, ela acredita em nossa cultura mais do que tudo e esse é um dos motivos pelo qual ela ainda não se aposentou da dramaturgia. E como ela mesma diz “Brasil, Brasil, Brasil, berço das artes reunidas. Acho que é isso que nós somos.”

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Babi Lorentz
    04/05/2014 at 12:03 am

    Pat Bô só tem mesmo nome. :/ Sei lá, não me encantei, principalmente ao me deparar com o acabamento das roupas, que nem é tão bom assim pra ter todo esse preço e essa pompa. De qualquer forma, bom saber que ela é referência lá fora.
    Beijos.

    • Reply
      Steh
      07/05/2014 at 3:21 pm

      Conta mais Babi! Eu sou designer de moda e fiz vários trabalhos sobre ela durante a faculdade mas nunca tinha visto ninguém falando sobre o acabamento das peças. Você ia comprar e viu? Bom, fiquei curiosa sobre isso. Outra dúvida, tu ia comprar algo da linha Pat Bo ou da linha Patrícia Bonaldi? Espero que tu veja esse comentário aqui e me responda KKK Porque eu sempre achei os vestidos e as roupas dela impecáveis… E ainda não vi nenhuma peça dela pessoalmente, só da linha que ela fez parceria com c&a.
      Beijocas!!

    Leave a Reply

    CommentLuv badge