Música

Fogo e violência regam o novo clipe de Jay-Z e Kanye West

Por Byzinha

O que é um ser humano para a máfia? O que é a máfia para um rei? O que é um rei para um deus? O que é um deus para um ateu que não acredita em nada?

Você não precisa gostar de hip hop ou ser do gueto para saber que Jay-Z e Kanye West são os reis do pedaço (sendo que Beyoncé e Jay podem ser considerados o casal mais poderoso do universo no momento?). Como se não bastassem os dois serem bons separados, os reis se uniram no último ano para lançar juntos o que foi considerado o blockbuster da música: “Watch the Throne“, um álbum absolutamente impecável, inteligente, marcante e (nem preciso dizer) bem produzido.

Após Otis e Niggas in Paris (ambos duas das melhores coisas lançadas atualmente, vamos ser sinceros), foi a vez de No Church in the Wild, faixa 1 com letra polêmica, ganhar um merecido videoclipe.

Com letra explicita sobre drogas, religião e violência, o tão esperado clipe foi além do “Music Video 101”, sendo político e realista. Ele retrada com precisão as ondas de violência que aconteceram na República Tcheca algumas semanas atrás, fatos que ocorreram pouco antes do show da turnê WTT na mesma cidade – Praga.

Tem quem ache que ficou uma droga (cadê as garotas? Cadê Jay e Yeezy? E Frank?), mas para aqueles que apreciam um daqueles videos bem pensados, No Church in the Wild está à altura da mente dos reis e reflete muito bem a letra “Nós saíremos vivos. Okay? Sem igrejas na selva.



E para aqueles que assistir o trono apenas uma vez é pouco, recentemente foi anunciado que o (até então chamado) “Watch the Throne 2” está sendo projetado para depois que Jay e Kanye lançarem seus próximos trabalhos solo – isto é, provavelmente segundo semestre de 2013. Não precisa ser um gênio para saber que tudo que os caras tocam vira ouro, né? (Rihanna? Rita Ora? Willow Smith? huh? Até aquela música do 30STM fica menos chata com o Kanye nela) Então não tem como não ficar empolgado com o que eles têm de novo para o público. Até porque as espectativas no primeiro álbum já eram altas e uma ouvidinha rápida nas primeiras músicas provaram que estava bem longe de decepcionar.

Os reis vão nos permitir assistir o trono mais uma vez. E nós esperamos que eles tragam-no para mais perto de nós da próxima vez com uma turnê na América Latina.

PS: Todo mundo sabe quem é a outra ponta do triângulo sagrado do rap, né? Um cidadão não muito amigo dos reis em si, mas pfv, o cara é gênio. To falando do Eminem mesmo. Só uma curiosidade. Tchau.

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Vitória Liz
    30/05/2012 at 2:24 pm

    Pfvr amei a resenha. FINALMENTE encontrei uma pessoa que concorda que Hurricane ficou 123456789 vezes melhor com o Kanye. Quase chorei com a sua notinha no final porque Eminem <3. O Kanye e o Em não são nada próximos, acho que o único contato que eles tiverem foi comercial em uma ou duas músicas (sem contar que o Eminem citou o nome do Kanye em mais de duas músicas de fomra ironica no cd Recovery), mas Jay-Z e Em é um bromance quase canon q n. Enfim, amei e amei, beijos.

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge