Literatura

Fangirl, Rainbow Rowell

Um livro doce, engraçado, encantador, e cheio de sentimentos que se tornou um dos meus favoritos. Este é Fangirl.

fangirl

E essa capa lindérrima?

A protagonista é uma jovem chamada Cath, grande fã da série de livros do Simon Snow (tipo Harry Potter, sabe?). Prestes a ir para a faculdade, a moça se vê perdida pois sua irma gêmea, Wren, não quer que elas fiquem muito juntas no campus. Com essa “traição”, acompanhamos a vida de Cath sem sua outra metade sempre ao seu lado, suas interações com sua colega de quarto Reagan e o namorado dela, Levi, seus dramas familiares, a responsabilidade de escrever uma fanfic extremamente famosa no fandom de Simon Snow, e, no meio disso tudo, Cath precisa descobrir a si mesma.

Rainbow Rowell instantaneamente se tornou uma das minhas escritoras favoritas: Fangirl é TÃO bom assim. Se teve um livro que falou bem próximo ao meu coração, me entristeceu e me alegrou na mesma medida, que me fez chorar pelo simples fato de o livro ter acabado, foi esse. Não existem palavras suficientes para expressar meu amor por Fangirl e tudo o que se encontra em suas páginas, mas vou tentar.

In books, when people wake up in a strange place, they always have that disoriented moment when they don’t know where they are.

That had never happened to Cath; she always remembered falling asleep.

A narrativa em terceira pessoa se concentra na protagonista, fazendo com que o leitor entre na cabeça de Cath e compreenda suas inseguranças em primeira mão, o que nesse caso é incrível, visto que ela não é uma daquelas personagens que fazem decisões estúpidas por motivos esdrúxulos. Você entende Cath, toda vez. Levi, é fantástico, um daqueles que você ama apesar de suas falhas, bem humano mesmo. Reagan é ótima também, apesar da estranheza no primeiro momento, e Wren tem um grande desenvolvimento ao longo do livro. O pai das gêmeas é um personagem complexo que adiciona muito coração à história. É tudo tão bem feito que você sente que conhece esse pessoal, como se eles fossem seus amigos na vida real, e você se importa com o que acontece com eles, cada um deles. E isso não é algo fácil de se fazer.

Rainbow, pelo menos pra mim, se assemelha a John Green no quesito de personagens identificáveis. Não importa o quão simples possa parecer, sempre tem algo que te faz pensar “nossa, parece que estou lendo sobre mim“. Rowell entende suas criações perfeitamente, e não os julga. É refrescante ver o quanto ela sabe sobre a vida de boa parte das fangirls, que às vezes são reprimidas por outras pessoas ou chamadas de depressivas só porque sua ideia de diversão difere das dos demais. A autora não tenta te dar uma lição de moral ou dizer que seu modo de vida é errado, também. Ela entende. Simplesmente entende.

It felt good to be writing in her own room, in her own bed. To get lost in the World of Mages and stay lost. To not hear any voices in her head but Simon’s and Baz’s. Not even her own. This was why Cath wrote fic. For these hours when their world supplanted the real world. When she could just ride their feelings for each other like a wave, like something falling downhill.

Pois é, esse livro é cheio de coisas lindas e maravilhosas, e como cereja do bolo temos a escrita sensacional e única. Além do plot principal, no final de cada capítulo temos uma parte da história de Simon Snow ou de alguma fanfic que Cath escreveu, o que definitivamente adiciona mais à narrativa; se compreende a razão de Simon Snow ser tão famoso e dá uma dorzinha básica no coração lembrar que é uma ficção dentro de uma ficção (ficçãoception?). A autora faz parecer tão simples que é maravilhoso ler cada palavra que ela escreveu e como cada uma se encaixa com perfeição na outra. É viciante, também, tanto que terminei o livro em 2 dias e quis reler assim que acabou. E agora, escrevendo essa resenha, a vontade está matando. Oh, well.

Se você quer se arriscar nas leituras em inglês, ou se gosta de contemporâneos, ou se é fangirl/boy, ou escritor, ou se só quer um livro que vai te encher de sentimentos, fica a dica. Mal posso esperar para ler os outros trabalhos da autora, porque olha, ela é excepcional.

E pra quem não manja dos english (porque afinal ninguém é obrigado), a Novo Século vai lançar os livros da Rainbow em território tupiniquim, e Fangirl está entre eles. Aparentemente a versão traduzida sai ainda esse ano, então não vai ter desculpa para não ler essa maravilha, viu, gente.

And sometimes you held somebody’s hand just to prove that you were still alive, and that another human being was there to testify to that fact.

informações

 

Título: Fangirl
Autor: Rainbow Rowell
Número de páginas: 448
Edição: 1ª – 2013
ISBN: 9781250030955
Editora: St. Martin’s Griffin (Twitter | Fanpage)
Preço: US$16,99 (hardcover)
Classificação: ★★★★★ x323582353029 milhões

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Natália Gomes
    April 24, 2014 at 8:06 pm

    Eu estou lendo e estou amando. Talvez não seja a mais das originais das histórias, mas o que é original hoje em dia? O importante é que eu realmente identifico a Cath como fangirl – a autora parece ter pleno conhecimento sobre o assunto para não parecer que foi um assunto que ela pesquisou na internet.

    E eu me pergunto o porquê não estou priorizando esta leitura… =S /roll
    Natália Gomes recently posted..O Que Estou Lendo #15: voltando a organizar a bagunçaMy Profile

  • Reply
    Victória Santana
    April 25, 2014 at 3:25 pm

    Vou me identificar totalmente, sou uma “fangirl” louca e nem sempre me entendem por preferir ler tanto a fazer outras coisas. Amo livros com personagens profundos, que nos faz acreditar que são reais à primeira vista. Já vi que vou me derreter em lágrimas enquanto leio. Valeu pela dica!

  • Reply
    Vlog-se #7: Webséries Parte II - Who's thanny?
    April 13, 2015 at 10:25 am

    […] mas atuam como eles acreditam que o autor quis que o texto fosse imaginado. O episódio de Fangirl(resenhamos o livro aqui!) é um dos mais famosos, por ser uma das cenas mais adoradas pelos fãs, e também é encenado pela […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge