Televisão

Faking It

Faking It é uma série teen da MTV tão boa, ou até melhor, que Awkward. Com apenas oito episódios de 21 minutos na primeira temporada, você vai se apaixonar por esses personagens maravilhosos e bem diversificados que estão naquela jornada de se descobrirem e aceitarem quem são.

faking it

Karma (Katie Stevens) e Amy (Rita Volk) são alunas da Hester High, uma escola comparada a Hogwarts Gay em um dos episódios, por ser livre de preconceitos. Ser diferente é legal. Não importa se você é homossexual, possui algum tipo de deficiência ou é anão. O caso é que as melhores amigas são comuns e não se destacam entre os demais, por isso, ao serem confundidas como um casal de lésbicas, elas decidem fingir e conquistar a tão sonhada popularidade e quem sabe, ganhar a atenção do carinha mais bonitinho do pedaço.

Parece loucura, né? Fingir ser o que não é só para ser aceito, certo? Mas se analisarmos essa história ao contrário, quantas pessoas que sofrem preconceito ou discriminação não tentam fazer o mesmo? A série trata-se de uma sátira e tem sacadas bem legais com referências à cultura pop. Não seria legal se as pessoas tivessem mente aberta e fossem mais tolerantes como na Hester High?

30041-shane-michael-willett-e-o-melhor-620x0-1

Amy desde o início não queria participar disso com Karma, mas ela o faz, porque gostaria de ver a melhor amiga feliz. E acredite, ela fica muito feliz quando Liam Booker (Gregg Sulkin) finalmente a nota e os dois começam um relacionamento às escondidas. Amy fica de lado nesse triângulo amoroso, onde é requisitada apenas para continuar fingindo e ganhar mais carisma dos outros estudantes da escola.

Um beijo pode mudar tudo. E desde que Amy e Karma se beijaram, Amy não tem mais certeza de sua sexualidade. Ela nunca se sentiu assim com nenhum garoto antes e totalmente confusa, ela pede ajuda de Shane (Michael Willett), que é aquele amigo gay que faz de tudo por você. Nesse ponto, acho que muitos chegam a se ver na personagem e na sua busca para entender o que é num mundo repleto de rótulos.

tumblr_n4i1xzksL81qey4wco2_1280

Acho que o fato da série ser tão boa, além do roteiro, está nos atores, que se entregaram aos personagens e em todos os dilemas/questionamentos que fazemos quando somos adolescentes. Não vi nenhum rosto conhecido, mas amei todos. Até o da típica menina malvada, Lauren (Bailey Buntain), que não suporta a popularidade ir toda para os gays e nerds, e chega a sofrer bullying por isso.

A trilha sonora casa perfeitamente com as cenas e é tão descolada que eu poderia passar o dia inteiro ouvindo, sério, só amor. (Caso queira ouvir também, clique aqui).

Faking it é basicamente uma série que promove a aceitação. Vemos os mais diversos personagens e situações que fogem do estereótipo de sempre. Um garoto heterossexual que tem um melhor amigo homossexual. Uma feminista que não declara ódio aos homens. Um triângulo amoroso que faz você torcer pra #Karmy acontecer.

tumblr_static_ke8qyef0ilsooksww488cook

Sinceramente, essa é uma série que merece ser assistida e oh, dá pra fazer isso em apenas algumas horas no final de semana.

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Alice
    08/10/2014 at 10:53 pm

    Faking it é muito boa!! <3

  • Reply
    Andreana
    09/10/2014 at 9:13 pm

    Eu AMO essa série <33
    E sim, com certeza faz a gente torcer pra Karmy acontecer.
    e quem não quer um amigo gay como Shane??? ele é puro amor, e com certeza é um dos meus personagens favoritos!! /cute

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge