Literatura

Easy, Tammara Webber

Realmente fácil. Fácil de gostar, fácil de apaixonar, fácil de abraçar um travesseiro e dizer pra ele que tudo ficará bem nessa vida. Eu definitivamente não estava esperando isso.

Quando Jacqueline Wallace segue seu namorado de ensino médio até a faculdade, ela acha estar fazendo a melhor escolha. Ela, afinal, era Jackie de seu Kennedy, assim como o ex-presidente – ao qual seu namorado aparentemente idolatra.
O que ela não podia prever era que, após o início das aulas, ele iria querer algo totalmente diferente ao sufocante relacionamento de adolescentes deles: Kennedy queria “galinhar por aí”.

Jacqueline agora está sozinha: em outro estado, longe dos pais, sem namorado e sem amigos – já que em seu círculo social incluíam-se os amigos de fraternidade de seu namorado. Ela só pode contar com Erin, sua amiga de dormitório.

Após voltar sozinha de uma festa na fraternidade de sua amiga em uma noite, ela é abordada inesperadamente pelo melhor amigo do namorado de Erin. Buck, o educado e simpático rapaz que sempre a cumprimenta nos corredores da universidade a ataca e tenta estuprá-la. Seus planos seriam bem-sucedidos se um rapaz ao qual Jacqueline nunca havia notado, não tivesse aparecido para salvá-la. Agora ela precisa lidar não só com a dor de quase ter sido brutalmente agredida, mas também com o misterioso rapaz que lança olhares penetrantes a ela em suas aulas de economia e com Buck, o covarde que ainda está à solta.

Definitivamente não esperava gostar o tanto quanto gostei. Na verdade, não esperava devorá-lo em tão pouco tempo. Estou passando por uma safra com livros tão ruins, que ler algo assim, que me fez querer mais, deu até um alívio. A escrita da Tammara é super leve e jovial, então você vê as coisas fluindo com naturalidade. Apesar do tema ser bem pesado, a abordagem é simples e direta.

E é lindo de ver como os personagens evoluem, a cada capítulo. A Jackie que você conhece ao começar a ler é muito diferente da Jacqueline que termina o livro. Ela enfrenta seus demônios, mesmo com medo de fracassar. Ela luta pelo que quer, mesmo tendo desperdiçado seu tempo seguindo o namorado na faculdade.

As for being somewhere you’re not supposed to be–Maybe you’re here for a reason, or there is no reason.

Esse novo gênero literário, o New Adult, que ainda estamos nos acostumando, é o encaixe perfeito pra quem não se identifica mais com romances Young adult e que ainda não está no momento para ler algo mais sério. Livros como este, Belo Desastre e a série da Sociedade Secreta mostram que podemos ver essa fase problemática da vida (ser ou não ser, eis a questão!)  menos dolorida.

Então você lida não só com temas mais “adultos”, como universidades, mil empregos nas horas vagas, além de estágio e tutoria, lida com o relacionamentos mais abertos e há a abordagem sexual, sim senhor, sem ser vulgar. E é claro que você lida com romance. Claro.

Lucas é o tal rapaz misterioso. Além dos olhos cinza-azulados mais penetrantes que Jacqueline já viu, ele tem a postura do bad boy material: o cabelo despreocupadamente bagunçado, as roupas pretas, largadas, o fantasma de um meio-sorriso brincando nos lábios, as tatuagens que cobrem boa parte de seu corpo. E até a Harvey preta está lá. Quer melhor?

Mas é claro, também, que a pesar de externar alguém super carrancudo e problemático, Lucas vai ser totalmente o oposto de sua aparência. Com um trauma de infância e um relacionamento complicado com o pai, ele não deixa ninguém se aproximar. Nem mesmo a doce Jacqueline, a quem um laço foi traçado desde o momento em que se conheceram.

Love is not the absence of logic
but logic examined and recalculated
heated and curved to fit
inside the contours of the heart.

Já chega de elogiar esse livro, né? Apesar das mil e uma qualidades, alguns pontos ficaram soltos, mas se eu falasse alguma coisa seria spoiler. O vilão da história me irritou bastante ao longo da leitura.  Em alguns momentos ele não havia motivo algum pra atacar Jacqueline, e mesmo assim o fazia. Mas eu não sou esse cara transtornado com distúrbios, então não posso julgar.

Pra quem ainda não quer se aventurar no inglês e ficou curioso para ler, não se desespere! A editora Verus já comprou os direitos de Easy, e ele será lançado aqui no Brasil ainda este ano!

Informações

 

Título: Easy
Autor: Tammara Webber
Editora/Selo: Penguin
Nº de Páginas: 336
Edição: 2012
Preço: $8,96
Classificação: ★★★★☆

You Might Also Like

9 Comments

  • Reply
    Agatha Menezes
    14/04/2013 at 1:19 pm

    Cara, eu vi esse livro em um site de traduções em pdf. Fiquei com vontade de ler. Li Belo Desastre em um dia, só parei quando acabei. Foi bom, mas não foi excelente. Essa nova categoria “New Adult” até então não está parecendo ter muita profundidade, já que os padrões se repetem: badboy-herói-meloso-tatuado, protagonista-sofredora-forte-opostodeBella. Sei lá. Espero que esse livro tenha um ritmo diferente de Belo Desastre.

    • Reply
      Thayná
      14/04/2013 at 11:49 pm

      Eu não acho que haja uma fórmula pré-moldada para as histórias de NA. Como temos poucos livros desse gênero circulando popularmente, fica bem fácil dizer que possuem uma receita mágica. Belo Desastre e este podem ser bem parecidos, concordo. Mas Sociedade Secreta já foge um pouco disso.
      E NA realmente é um meio-termo entre os romances melosos do jovem adulto e algumas descrições mais “descaradas” de livros adultos (endenta adulto aqui não como CONTEÚDO adulto, mas sim como LITERATURA adulta–livros mais sério e tal). Há algumas cenas descritivas, mas a abordagem passa longe do vulgar.
      Não posso lhe afirmar que Easy tenha um ritmo diferente, mas a abordagem é bem distinta.

      • Reply
        Agatha Menezes
        23/04/2013 at 10:59 pm

        Entendi bem o que você quis dizer, e vou dar uma chance. Acho até que, por mais que seja YA e não “NA”, A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista é mais profundo do que Easy parece ser. E se você aceitar… Gostaria de te indicar um, de literatura brazuca, do Daniel Galera (meu ex-amor), Até o Dia em Que o Cão Morreu. Na minha cabeça, NA tinha que ter essa pegada.
        =]

  • Reply
    Ceile
    14/04/2013 at 8:29 pm

    OMG <3
    Quando recebi o email com a review fiquei totalmente /omg
    Estou louca por este livro!

    Beijo!

  • Reply
    H.
    14/04/2013 at 11:38 pm

    É uma série ou livro único?

    • Reply
      Thayná
      14/04/2013 at 11:40 pm

      Livro único =)

  • Reply
    Mareska
    18/04/2013 at 10:19 pm

    Por enquanto, NA me dá preguiça, mas pretendo ler algumas coisas do tipo pra ver como me dou com o gênero.
    Mareska recently posted..O LIVRO DO AMANHÃ (Cecelia Ahern)My Profile

  • Reply
    mikaela
    14/05/2013 at 6:48 pm

    loooooooooooooooooooooooooooooouca para ler esse livro /smile /sigh /roll /omg /love /grin /gosh /cute /cry /confuse /bored /blink
    Faz muito tempo que quero lê-lo e estou desesperada para ler. I NEED ?

  • Reply
    Ana Fernandes
    20/11/2013 at 3:24 pm

    Ei Thayná!
    Menina é como você disse, o título do livro disse tudo EASY… lembrei daquela música ‘fácil extremamente fácil’ rsrsrs. Pra mim foi fácil (gente quanto clichê u.u) dar 5 estrelinhas! Gostei da narrativa da autora, amei a criação dos personagens, os protagonistas tem a química exata mesmo, são cenas gostosas de se ler, a Erin também foi outra que achei a personalidade interessante. A Tammara realmente escolheu um tema pesado, mas soube demonstrar com perspicácia o melhor jeito de falar com os jovens a respeito disso… Até curti as partes das aulas de defesa pessoal (deu vontade de me inscrever em uma xD). Acho que foi o primeiro New Adult que li.
    abraço :)

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge