Cinema

Divertida Mente (2015)

Depois dos incríveis Up – Altas Aventuras (2009) e Toy Story 3 (2010), a Pixar não teve uma boa fase no mundo das animações. Mesmo com filmes divertidos como Carros 2 (2011) e Universidade Monstros (2013), estava claro que para voltar a sua boa e velha forma, eles precisariam de algo diferente, algo mais profundo e “emocionante”, e foi assim que nasceu Divertida Mente.

1418294148_inside-out-1

Através da personificação de nossas emoções em criaturas totalmente fofas e coloridas, o filme apresenta a jornada de Riley, uma garotinha de onze anos que se muda com os pais para a cidade de São Francisco, deixando para trás tudo que mais gostava e fazendo suas emoções entrarem em conflito. A mente de Riley é guiada pela Alegria (que no original é dublada pela incrível Amy Poehler) – e ainda conta conta com a ajuda de Nojinho (Mindy Kaling), Medo (Bill Hader), Raiva (Lewis Black) –  e claro, Tristeza (Phyllis Smith). As coisas pioram quando Alegria e Tristeza saem da “sala de comando” de sua mente, deixando a menina sem suas duas principais emoções e criando uma pane dentro de sua cabeça.

Cada memória especial para a garota sustenta “ilhas”, como a Ilha da Amizade, da Família, do Hockey, e são elas que constituem a sua personalidade. Atrás dessas ilhas, fica um imenso labirinto colorido repleto de memórias de longo prazo, além da Terra da Imaginação, um dos lugares mais legais da mente de qualquer pessoa e onde conhecemos um dos personagens mais incríveis dos últimos tempos, o amigo imaginário Bing Bong (Richard Kind), um híbrido de elefante com gato e golfinho feito de algodão doce.

Dirigido pela mesma mente que nos trouxe as lágrimas com Up – Altas AventurasPete Docter consegue criar um equilíbrio entre os dois “mundos” diferentes, mostrando como as ações de cada um dos personagens afeta de uma maneira dentro e fora da mente de Riley, e como todas as experiências são essenciais para a vida.
cbzvmptrh0gevqxuiwf4O longa brinca com os sentimentos tanto dentro como fora das telas, fazendo as pessoas irem do riso ao choro em questão de segundos e toda a complexidade das emoções humanas é tratada com tanta leveza e sensibilidade que é fascinante aos olhos do espectador.

Divertida Mente é uma das animações mais geniais dos últimos tempos, daqueles filmes que você sai do cinema pensando em quantas memórias perdemos ou não pra dar lugar a outras, afinal, somos o conjunto de nossas lembranças, sejam elas tristes ou felizes.

Obs: Chegue cedo pois como é de praxe da Pixar, há um curta antes do filme que conta a história de amor de dois vulcões, tudo isso ao som de uma belíssima canção com clima havaiano.

FICHA TÉCNICA

Título original: Inside Out
Direção: Pete Docter, Ronaldo Del Carmen
Elenco: Amy Poehler, Bill Hader, Mindy Kaling, Lewis Black, Phyllis Smith
Roteiro: Pete Docter, Ronaldo Del Carmen
Duração: 94 min
País: EUA
Gênero: Animação
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Cecília Maria
    28/06/2015 at 8:31 pm

    Acabei de ver esse filme e estou completamente apaixonado. É divertido, mas também é profundo e lindo! Amo muito os filmes da Pixar, então sou suspeita para falar hahaha

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge