Literatura

Como Ser Feliz (ou, no Mínimo, Menos Triste), Lee Crutchley

Olá, queridos leitores do Who’s Thanny! É a Dessamore aqui mais uma vez trazendo a resenha de um livro interativo. O livro da vez é o “Como Ser Feliz (ou, no Mínimo, Menos Triste)” do Lee Crutchley. A editora Paralela resolveu traduzir essa belezinha e eu vou falar um pouco sobre ele aqui pra vocês e mostrar alguns dos meus rabiscos nele.

Livro Como ser feliz

À primeira vista, o livro não me chamou muita atenção pela capa. Que é a mesma da versão original “How To Be Happy” (or at Least Less Sad). A primeira vez que abri ele e comecei a rabiscar, nem prestei atenção que havia um prefácio. O que achei interessante, já que muitos desses livros não possuem.

Quando fui pegar pela segunda vez e li o prefácio, o livro fez mais sentido pra mim. Quem o escrveu foi o Oliver Burkeman (jornalista e autor do livro “The Antidote: Happiness for People who can’t Stand Positive Thinking”). Em um trecho ele fala “Em vez de tentar se convencer de que tudo ficará bem, pergunte-se o que é o pior que poderá acontecer, se as coisas não ficarem bem. Quanto mais você tentar evitar o sofrimento, mais sofrerá.

image01image05image00image02image03

Enfim, achei o livro bem legal. E mesmo com a temática meio “livro de autoajuda”, ele foi bem legal de preencher. Ainda não completei todo, mas vocês podem ficar de olho lá no meu blog que postarei mais fotos dos meus rabiscos nele. E confiram as outras resenhas que fiz aqui no Who’s Thanny: 1 página de cada vez, Listografia, Jardim Secreto.

informações

Cortesia da editora para resenha.
Título: Como Ser Feliz (Ou, No Mínimo, Menos Triste)
Autor: Lee Cruchtley
Tradutor: Henrique de Breia Szolnoky
Número de Páginas: 160
Edição: 1ª – 2015
ISBN: 9788584390076
Editora: Paralela
Preço: R$ 24,90
Classificação: ★★★★☆

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge