Evento

Comic-Con 2012: Community, Arrow, Game of Thrones, The Walking Dead, OMG tanta coisa!

POP! POP!

Human Beings de todo o Brasil, a equipe do WT vem direto de Greendale para trazer as notícias mais cultura pop do segundo dia de exibições da San Diego Comic Con a todos que interessar!

Vamos começar com o que faltou ontem e seguir adiante.

Teen Wolf

Ficamos sem postar porque ficamos esperando mais e mais informações sobre o painel até descobrirmos (hoje na hora do almoço, por puro acaso) que o painel teve apenas 10 minutos de duração :/
Pior eu, tão preocupada em escrever isso aqui que até SONHEI com o Tyler Posey e Dylan O’Brien sobre contar para eles de um artigo raivoso que eu li falando que a série só tem audiência porque a mulherada fica comentando qual lobisomem é mais gatinho, eles ou Taylor Lautner. Eu também falava no sonho que a faixa etária de pessoas que assistem a série é tipo 14 – 32 anos (tava naquele mesmo artigo) e Dylan falava que estava disponível pra mulherada de 30 anos e eu ficava chatiad~~, porque só tenho 22. E tinha que ser justo o Posey?? Eu não podia sonhar com o outro Tyler não, o Hoechlin???? :( Nadav.
MAS NÃO SE PREOCUPEM! Foi o suficiente para os atores fazerem brincadeiras uns com os outros, responderem alguns fãs, e, mais importante, anunciar que a série foi renovada para uma terceira temporada com o dobro de episódios! (24 dessa vez) Você pode assistir ao painel no video abaixo.

Halo 4: Forward Unto Dawn

Na quinta-feira, a 343 Industries e a Microsoft revelaram o trailer de “Halo 4: Forward Unto Dawn”, um live-action baseado na franquia de games para X-Box. A série, que apresenta uma combinação de atores com elementos de animação, será dividida em cinco episódios que irão preparar o mundo para o lançamento de Halo 4, em novembro. Como eu não jogo nada além de Dance Central, nem vou mentir dizendo que estou ansiosa e tal. Mas veja o trailer abaixo e diga se não está totalmente fantástico:

Quem concorda que isso deveria ser um filme?

Dirigido por Stewart Hendler e escrito por Todd Helbing e Helbing Aaron, estrelando Tom Green, Anna Popplewell (As Crônicas de Nárnia!!!), Daniel Cudmore, Ayelet Zurer (a Vittoria de Anjos e Demônios!!), Mike Dopud, Enisha Brewster, Masam Holden, Osric Chau, Iain Belcher e Kat De Lieva.

Halo 4: Forward Unto Dawn estreia no dia 5 de outubro no novo canal Machinima Prime.

Community

Obviamente, o painel de Community foi recebido com grande empolgação, mesmo sendo o primeiro do dia. Muitos fãs lotaram o hall na espectativa de ver/ouvir Gillian Jacobs, Yvette Nicole Brown, Joel McHale, Alison Brie, Danny Pudi e alguns dos roteiristas da 4ª temporada da série da NBC.

O painel foi aberto com um video compilado dos melhores momentos das três temporadas, iniciando com um coro de “When I say Greendale, you say suck! Greendale?” que só quem terminou de ver a terceira temporada entende~~.
Os roteiristas enfatizaram o tempo todo sobre como eles estão se esforçando para manter o nível Dan Harmon de brilhantismo nessa temporada, sempre falando como como fãs da série, não estão dispostos a estragar tudo. Foi insinuado que a quarta temporada pode ter episódios na incrível mansão de Pierce, o pai de Jeff pode aparecer, mais animações serão utilizadas (todo mundo na platéia chorou um pouco de sangue quando o episódio do video game foi citado) e que, apesar de teoricamente ser a graduação de vários personagens, é possível ter mais temporadas, porque a amizade deles não depende mais da universidade.

Outra coisa que levou a galera à loucura (lá no salão e quem acompannhava pelos tweets também) foi o anúncio de um dos episódios ser uma convenção de Inspector Spacetime. Será que a gente vai conseguir aquela participação especia da Karen Gillan? (Sammy morrendo em 3… 2…)

Uma curiosidade revelada: A ideia da guerra entre fortes de travesseiros e de cobertores surgiu lá na segunda temporada. Harmon queria um forte de travesseiros, mas a equipe achou mais fácil fazer uma de cobertores e a de cobertores prevaleceu no 2×09 “Conspiracy Theories and Interior Design”. Ainda bem, porque o 3×14 “Pillows and Blankets” é GENIAL.

Um pequeno video com os erros de gravação foi exibido e a data do lançamento do DVD da terceira temporada foi divulgado enquanto a gente aqui espera a segunda temporada ainda, sacanagem, Sony.
Confira:

Eles também fizeram um video especial para os fãs, mas ainda não foi disponibilizado :(
#sixseasonsandamovie

Arrow

Infelizmente, não achei tanta coisa sobre Arrow. UGH POOR ME. Okay, exibiram o piloto da nova série da CW e… dizem que os fãs da HQ aplaudiram de pé e que elogiaram bastante. Alguns acharam um tanto meloso, outros muito planos, mas todos concordam: a série que foi criada para amparar os órfãos de Smallville é muito mais dark e interessante que a do homem de aço. Stephen Amell foi considerado o Arrow perfeito por muitos dos que assistiram e, durante o painel, ele revelou que foi o primeiro a fazer o teste para o papel! Já estou gostando desse cara (e de seus abs). A backstory do personagem, dizem, foi bastante explorada, porém, à medida que voltaram-se para a cidade e a volta de Oliver Queen, a qualidade do piloto ficou menor e os personagens que viram não tiveram lá tanto material. Ok, ok… sobre o painel, tivemos perguntas respondidas e um dos produtores (nome muito difícil e eu já esqueci) revelou que a Canário Negro (Dinah Laurel – personagem vivida pela linda da Katie Cassidy, a Ruby da terceira temporada de Supernatural) aparecerá mais tarde do que esperam, porém antes do que imaginam. Mais informações sobre a nova aposta da CW, esperem aqui, guys!

Game of Thrones

Eu, como fã incondicional de A Song of Ice and Fire, venho aqui dizer que aquele painel foi a minha morte. Quem acompanhou sabe e quem não… oras, vai ficar sabendo agora! Tivemos a data de estreia da 3ª temporada, que será dia 31 de março de 2013 e a divulgação dos novos membros do elenco! ISSO MESMO! Tivemos Meera e Jojen Reed, Olenna Tyrell, Blackfish, Edmure Tully e muito mais! (só não tivemos Mance Rayder e Ramsay Bolton porque é tudo uns filhos duma égua). A lista dos novos membros vocês verão no final dessa cobertura, então esperem eu tagarelar sobre o painel e a preciousness de George R. R. Martin, Richard Madden, Michelle Fairley, Emilia Clarke, Alfie Allen e Rose Leslie. (Kit Harington não pode estar presente, pois quebrou o tornozelo :/)

O painel começou com GRRM quebrando o gelo, comentando a piadinha do SNL em que havia um ajudante de 13 anos coordenando a presença de nudez na série. Ok, ok. Martin, então, perguntou a Alfie Allen sua opinião sobre o personagem que interpreta, Theon Greyjoy e, como um bom ator, ele defendeu o antigo e velho amigo de Robb Stark, dizendo que ele não é verdadeiramente um vilão e sim alguém mal compreendido. O nosso lindo autor e moderador do painel também disse que Allen deveria agradecê-lo por ter escrito tantas sex scenes para ele e comentou sobre a cena… hm… hot de Richard Madden. Este disse que prefere muito mais filmar cenas de guerra do que as em que está nu rolando pelo chão com uma mulher e, como costume, suas bochechas ficaram vermelhinhas (AWWW *_*). Bem, pra resumir minhas reações a esse painel: TÔ AMANDO O GEORGE MAIS AINDA MEU DEUS o nosso bom velhinho brincou com o Kristian Nairn (Hodor), que estava na plateia, dizendo “he’s still learning his line”, sendo que o Hodor só diz “Hodor”. AFF MENINO.

Quando permitiram que a plateia fizesse perguntas, Madden respondeu que as cenas que mais ama fazer são as com Michelle Fairley (bom filho, bom filho) e também que seu amor por Winterfell quase se compara com o que seu personagem, Robb Stark, tem. Os “panelistas”, quando perguntados sobre a conexão do mundo de ASoIaF com o mundo contemporâneo, disseram que a história lida com questões universais como a família e a morte (fala de Emilia Clarke) e também que é mais do que uma guerra fantasiosa entre bem e mal, mas sim uma exploração da humanidade e inconstância dos personagens. Martin, tomando de exemplo a negação de Tolkien ao dizer que LotR não era uma alegoria à Segunda Guerra Mundial, disse que, ao escrever a série, tenta relatar problemas maiores e mais graves que os de nosso mundo atual.

Casting da 3ª temporada: Dianna Rigg como Lady Olenna Tyrell, Mackenzie Crook como Orell, Clive Russell como Brynden “the Blackfish” Tully, Nathalie Emmanuel como Missandei, Kerry Ingram como Shireen Baratheon, Paul Kaye como Thoros de Myr, Thomas Brodie-Sangster como Jojen Reed, Ellie Kendrick como Meera Reed, Richard Dormer como Beric Dondarrion, Kristofer Hivju como Tormund Giantsbane, Phillip McGinley como Anguy, Tara Fitzgerald como Selyse Baratheon, Tobias Menzie como Edmure Tully e Anton Lesser como Qyburn.

The Walking Dead

Os fãs da série não têm do que reclamar. Trazendo um trailer da tão esperada terceira temporada, dando uma data de estreia para a mesma AND prometendo um arco mais violento e sombrio, os produtores e o elenco de The Walking Dead falaram animadamente da nova fase da trama, mas sem detalhar muito. O criador das HQs e produtor da série, Robert Kirkman contou que a terceira temporada “começa numa cena de ‘eu não posso te falar’ e vai para uma cena de ‘você vai ter que esperar pra ver’”, e completou dizendo que os novos episódios começam no nível que a segunda temporada terminou e não para. Ou seja, TENSÃO, TENSÃO, TENSÃO E MÃE, SOCORRO. Os produtores também falaram sobre a maquiagem dos zumbis, que agora estão se decompondo, e que o uso de bonecos se tornou frequente.

Andrew Lincoln, intérprete do agora machinho Rick Grimes, disse que o elenco e a produção estão trabalhando muito para trazer a melhor temporada de todas. Lincoln foi todo fofo com os fãs, falando sobre a honra de estar ali naquela sala com toda aquela gente, e, quando Sarah Wayne Callies comentou sobre ter tantas pessoas que ela nem conseguia ver onde terminava, acenderam as luzes e o elenco todo ficou abismado; Norman Reedus usava seu celular pra filmar a platéia de 6,500 fãs.

Reedus falou sobre como seu personagem saiu da sombra de seu irmão Merle, e como ele agora se tornou uma parte necessária dentro do grupo de sobreviventes. Laurie Holden disse que Andrea vai passar por uma fase diferente, já que agora está separada do grupo após ser salva por Michonne. Lauren Cohan explicou que a fazenda era um parque de diversões comparado ao que Maggie vai viver neste novo arco. Uma das novas adições à produção, Danai Gurira, contou sobre seu treinamento para viver Michonne, e David Morrissey, o tão temido Governador, falou que se sente muito acolhido pela família que o elenco e produção de The Walking Dead formaram, e disse que é muito fã da série. Andrew Lincoln também falou que agora Rick entende que precisa de outras pessoas para sobreviver, mas que está se tornando mais duro com tudo que está acontecendo.

Com estreia prevista para 14 de outubro nos EUA e dois dias depois no resto do mundo, a terceira temporada de The Walking Dead promete muita tensão e violência. Com os icônicos personagens das HQs Michonne e Governador dando as caras, os sobreviventes acabarão passando por coisas ainda mais inesperadas. Woodbury, a Prisão e até Merle nos aguardam nessa nova fase da série de zumbis mais awesome do mundo.

Nikita

Okay, okay, eu (Geo) ainda nem terminei a primeira temporada, mas me senti na obrigação de cobrir esse. O painel contou com os cast members Maggie Q, Shane West, Aaron Stanford, Melinda Clarke e Lyndsy Fonseca, além do produtor executivo Craig Silverstein. As revelações para a terceira temporada foram muitas e eu, obviamente, nem as entendo! Enfim, os atores Devon Sawa (Owen) e Noah Bean (Ryan) foram promovidos a series regular! Que bom, amo o Ryan. Foi escalado também o vilão para o primeiro episódio, Jeff Pierce (Jack Sylvane da cancelada Alcatraz). A personagem de Clarke, Amanda, parece que vai estar na mesma situação que Nikita na primeira temporada: on the run. E, claro, o painel não seria tão proveitoso se não houvesse uma pequena revelação sobre Mikita (o ‘ship’ dos personagens de Q e West): entre dificuldades e mais dificuldades em seu relacionamento, haverá uma cena no banho, então VISHE vai esquentar.

E Maggie Q também revelou que Aaron Stanford cheira como um bebê… foi muito pro meu coração.

Fangirlei demais nisso (?) Esperem The Hobbit, rs.

Resident Evil: Retribution

O painel do novo filme de Resident Evil, aparentemente, foi curto, mas nos trouxe aquela boa sensação de que as mulheres estão realmente se destacando ainda mais, principalmente no gênero de ação. Antes do elenco ser apresentado, foi mostrado o trailer em 3D e também uma cena do final do filme que, segundo quem estava lá, foi pretty awesome. Milla Jovovich, como sempre a simpatia em pessoa, interagiu como nunca com a plateia assim que foi apresentada e declarou que interpretar uma espécie de super heroína no universo de Resident Evil assustou-a muito até ter de retratar uma pessoa normal nesse mesmo universo. Oded Fehr, Li Bingbing, Michelle Rodriguez, Boris Kodje e o diretor Paul W. S. Anderson também estiveram presentes no painel e o último revelou que Retribution pode ser o começo do final e que haverá muitas mortes e descobertas. Fehr e Rodriguez disseram como é bom estar de volta depois que seus personagens foram mortos e esta também disse que Anderson, dirigindo um filme em que  uma mulher é a protagonista e uma heroína de ação, é uma inspiração e que a colega de elenco, Milla Jovovich, exerce muita influência nesse quesito. GRRL FLAWLESS CAST IS FLAWLESS.

Sony: Total Recall, Looper, and Elysium

A Sony trouxe o painel da nova sci-fi Looper, que mostra um futuro onde viagens no tempo são possíveis, mas usadas para enviar para o passado pessoas que os chefões do crime querem mortas. Daí o corpo indesejado some em um tempo em que ele ainda nem existiu e BAM problema resolvido. O personagem de Joseph Gordon-Levitt é um looper, encarregado de matar qualquer um que os chefes mandam. Mas as coisas começam a ferrar quando ele fica de matar sua versão futura, interpretada por Bruce Willis. #tensão Junte isso com a belíssima presença de Emily Blunt, e aí está o filme, provavelmente assaz awesome.

O diretor Rian Johnson disse que teve a idéia do longa há 10 anos atrás, sobre um sistema que usava viagens no tempo para matar pessoas. Ele também comentou que escreveu o personagem especialmente para Gordon-Levitt. Emily Blunt falou que não podia dizer muito sobre seu personagem, mas disse que ela e sua família acabam se enrolando na confusão criada por Joseph quando ele é “um maricas” e não mata seu “eu futuro”. E perguntaram ao Sr. Maricas como foi encarnar Bruce Willis, e Joseph respondeu que não é bom mímico, então ele assistiu todos os filmes de Willis várias vezes e até colocou áudios dos filmes em seu iPod para ouvir sua voz. OU SEJA.

Quando perguntado sobre trabalhar com Blunt, Gordon-Levitt respondeu que sua habilidade de fazê-lo rir é uma grande vantagem. “A maioria das garotas bonitas não são engraçadas”, completou. Joseph também comentou que Bruce Willis é doce e tem fala mansa, mas que não precisa levantar a voz para ser ouvido. Blunt adicionou que mandou para seu pai uma foto de Bruce coberto em sangue segurando um guarda-sol. PFVR, QUEM NUNCA?

E o painel da Sony não ficou só por isso mesmo. Tivemos Total Recall e Elysium, outros novos investimentos da produtora. Sobre o último, temos que o primeiro trailer foi exibido na Comic! Isso mesmo. Assim que tal cair na net, postamos aqui para que vejam. O diretor sul-americano, Neill Blomkamp (o mesmo de Distrito 9), mostrou um trailer com efeitos ainda crus, mas bastante completo. De acordo com as descrições que vi por ai, o cenário é semelhante ao filme anterior do diretor, porém ainda mais pós-apocalíptico! E, é claro, o engajamento político está ainda mais intenso, o conflito entre terráqueos pobres e ricos ainda mais cruel. O centro da trama, aparentemente, é o sistema de saúde. No ano em que se passa a história, a Terra é um verdadeiro caos e os mais ricos habitam naves que formam um anel, chamado Elysium, rodeando o planeta. Nessas naves, doenças são diagnosticadas e curadas em um tempo mínimo, enquanto que na Terra os doentes são deixados para morrer e Max, o protagonista interpretado por Matt Damon, acabou de ser atingido por uma parcela muito grande de radioatividade na fábrica onde trabalhava, localizada na antes conhecida Cidade do México. É ai que vemos a trama se formar e, olha só, o primeiro papel hollywoodiano do nosso brazuca Wagner Moura foi revelado! Ele será quem transformará Max em um ciborg e liderará o movimento dos mais pobres contra Elysium! Yeps, yeps, garotada.

Durante o painel, perguntas foram respondidas e, basicamente, suas respostas mostraram o quanto esse filme tem significado apesar das tantas explosões e sangue jorrando. O contexto político dele é incinerante e, para mim, mais intenso que o de Distrito 9. Matt Damon elogiou o diretor pelo trabalho no filme anterior e também por ter lhe dado um material completo para trabalhar mesmo antes das filmagens começarem. Como ele disse, não foi uma decisão difícil participar do filme. Jodie Foster, que interpreta a líder das forças de Elysium, revelou que gostaria de ter criado e dirigido esse filme, mas como não foi possível, ficou muito feliz em poder participar. Aparentemente, Elysium vai trazer grandes emoções ao cinema, não? ;)

Agora vamos com Total Recall, dirigido por Len Wiseman.

Eu sou fanzoca da série Underworld, então, obviamente, não vou perder esse filme por nada. E tem a Kate Beckinsale (a vampira fodona de Underworld, Selene) e, é, sou fanzoca dela também, então podem perdoar as fangirlagens aqui, não (?). Ok, o painel contou com o diretor e as estrelas: Colin Farrell (e suas sobrancelhas), Jessica Biel, Kate Beckinsale e Bryan Cranston. O reboot já teve um painel na Comic no ano passado devido ao início da produção, mas agora contou com outro e, ora, tiveram de agradar e surpreender, não? Aqueles presentes no painel conferiram um sneak exclusivo do filme e depois partiram para as perguntas aos “panelistas”. Depois de uma brincadeirinha de Cranston, Jessica respondeu como foi o treinamento físico com um “boxing, boxing, boxing… and chicken”. Wiseman também confidenciou sobre seu sonho de trazer um mundo futurístico à realidade e que, com esse reboot, pode realizar suas fantasias de criança e também disse que, além da ação, o que o atraiu no filme foi o intrigante mistério que o ronda.

Beckinsale, perguntada sobre a semelhança da sua interpretação com a de Sharon Stone no original, declarou que o ambiente é tão diferente que quase não há similaridades com o personagem de Stone e que, agora, a audiência pode aceitar uma vilã que não precise do apoio de um homem (GO BECKINSALE!!!). Segundo suas declarações, ela reagiu muito bem à escolha do marido de retratá-la como uma nativa britânica e, então, ele adicionou que, se uma nação poderia sobreviver no futuro, esta seria o UK. Colin Farrell, como o protagonista, quando perguntado como foi estar no lugar de Schwarzenegger, disse que em nenhum momento sentiu a necessidade de competir com o original e que esse sentimento foi comum a todos, inclusive ao diretor. Agora só nos resta esperar pelo filme inteiro para ver se realmente valeu a pena.

The World’s End

E a terceira e última parte da épica trilogia que você deveria amar ganhou sinal verde do estúdio AND um primeiro pôster na Comic-Con. The World’s End, a mais nova produção das mentes brilhantes de Edgar Wright e Simon Pegg vai fechar a Blood and Ice Cream Trilogy, que começou com Todo Mundo Quase Morto e teve Chumbo Grosso em seguida. No novo filme, 20 anos depois de tentar um pub crawl – uma maratona de bebedeira em vários bares na mesma noite -, cinco amigos se juntam para mais uma tentativa. Enquanto eles procuram reconciliar passado e presente, acabam descobrindo que a grande luta é pelo futuro. Não só o deles, mas da raça humana. Chegar até o The World’s End, o último pub, é a menor das preocupações. O pôster mostra isso, o nome de todos os pubs que eles têm que passar até chegar ao The World’s End.

O filme tem direção de Edgar Wright (Scott Pilgrim Contra o Mundo). Simon Pegg e Nick Frost estrelam o longa que tem estreia prevista para algum dia de 2013.

Mais informações

Ok, tivemos algumas novidades durante o dia 2 da Comic Con: o papel de Viper no filme The Wolverine, sequência do X-Men Origins, foi oferecido a Jessica Biel. E o roteirista do reboot de Fantastic Four foi escolhido: Jeremy Slater se encarregou do papel.

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Mareska
    July 14, 2012 at 5:21 pm

    É a Willa Holland lá em cima em Arrow? É a Willa. Minha Willa. OMG. Morri.
    Mareska recently posted..THE WONDERFUL WIZARD OF OZ (L. Frank Baum)My Profile

  • Reply
    Raíssa
    July 14, 2012 at 6:54 pm

    GRRM fazendo só perguntas polêmicas pra galerê! XD~ Atóron! E o Kit com essa viadice de quebrar tornozelo, gente? Travesti… Eu adoreeei o trailer de The Walking Dead, quero que chegue outubro logo. :)

    Esse Looper tão falando bastante, né? ._. Parece ser bom!

    Ótimo post!

    bjs!
    Raíssa recently posted..The Walking Dead: Trailer e imagens da 3ª TemporadaMy Profile

  • Reply
    May
    July 15, 2012 at 1:51 pm

    Nunca assisti nem a Cummunity, nem Game of the Thrones, mas quero muito! Community for fugir um pouco do que tenho assistido agora, e Game of the Thrones por todos falarem tão bem, e eu ter lido UM POUCO do primeiro livro (não consegui lê-lo todo)!

    Beijinhos,
    May ;*

  • Reply
    jeniffer haddad
    July 15, 2012 at 2:48 pm

    Game of Thrones e The Walking Dead eu estou esperando ansiosa. Quero muito *-*

  • Reply
    Gabi
    July 16, 2012 at 4:29 pm

    Putz, é tanta novidade que eu fico até perdida *-*
    Mas o que mais chamou atenção foi GoT e TWD *___________________*
    Gabi recently posted..Os Desejos da Bela Adormecida (Sleeping Beauty #1) – Anne RiceMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge