Cinema

Byzantium (2013)

Depois de 2009, acho que eu já não tinha mais tanta esperança de ter algo bom sobre vampiros no cinema. Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros veio só pra concretizar a minha terrível decepção (todo mundo sabe que eu sou fascinada por vampiros, né? Plmdds, that’s not new at all!), Anjos da Noite 4 eu até ignoro a existência, mas, olha, Byzantium me surpreendeu. E muito.

gemma-arterton-in-byzantium-2013-movie-image

Nunca botei muita fé nesse filme. Na verdade, duvidava até que ele fosse ser feito! Muito mimimi por muito tempo e a primeira sinopse que li nem foi um balde de água fria, porque já não esperava muito mesmo (muita decepção em pouco tempo faz isso). Acontece que Byzantium é muito melhor do que eu esperava e eu nem sei como começar a dizer a que atribuir toda essa surpresa, mas, cara, é muito, muito bom esse feeling.

O elenco é perfeito. E lá tem outra coisa pra dizer sobre Saoirse Ronan, Gemma Arterton e Sam Riley? Todos os três fizeram um ótimo trabalho, assim como Jonny Lee Miller e Caleb Landry Jones. A história não é lá tão desenvolvida, não é aquela coisa genial, mas os personagens compensam por qualquer coisa. Eleanor e Clara foram muito bem desenvolvidas, cada uma a sua maneira. Entendam, Byzantium é uma verdadeira bomba de girl power! E isso misturado a uma boa dose de amor familiar (que é o meu favorito. Essas coisas quebram e derretem meu coração), sensualidade e dores por uma eternidade amaldiçoada. Sabe de uma coisa? Eleanor e Clara são quase que as versões femininas de Louis e Lestat, respectivamente (aliás, o diretor de Byzantium também dirigiu Entrevista com o Vampiro. No mesmo minuto eu já fiz a conexão).

byzantium_saoirse-ronan

Acompanhar a evolução de ambas, aliás, é fascinante, indo e voltando de flashbacks narrados por Eleanor, uma menina que terá, eternamente, 16 anos e anseia em dizer a verdade, pois não consegue viver com a teia de mentiras que sua mãe, Clara, construiu para elas. Mesmo que algumas vezes você sinta raiva delas, admirá-las é inevitável, ainda mais por toda a sua trajetória arruinada pelos homens cruéis que a colocaram naquela vida.

Eu não estou sabendo fazer essa resenha, mas é que, cara, EU TÔ COM FEELINGS!!! Pode não ser o filme perfeito em termos técnicos e gerais, mas, puta merda, é o primeiro filme de vampiros desde 2009 que presta (o último foi Rise of the Lycans, hey), valoriza a mulher perfeitamente e ainda não responde a estereótipos que sempre vemos no cinema. Cara. Esse. Filme. É. Ótimo.

Now go watch. Or else, the pointy nails of justice will cut you down.

(assistam e entendam a referência, ok)

FICHA TÉCNICA


Direção: Neil Jordan
Elenco: Saoirse Ronan, Gemma Arterton, Sam Riley, Caleb Landry-Jones, Daniel Mays, Thure Lindhardt, Jonny Lee Miller, Tom Hollander, Uri Gavriel.
Roteiro: Moira Buffini
Duração: 118 min.
País: Reino Unido
Gênero: suspense
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★☆

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Tyele
    October 11, 2013 at 8:38 pm

    Parece ser realmente muito interessante, gostei das imagens e sobre o efeito do filme em você rs procurar mais informações sobre!
    beijos

    /blink
    Tyele recently posted..{novidades} Em ChamasMy Profile

  • Reply
    francielly
    October 14, 2013 at 9:23 pm

    vou assistir /smile /blink

  • Reply
    thanny
    November 12, 2013 at 11:17 am

    Assisti e curti bastante. Só achei meio tosco o processo de transformação na cachoeira, mas fora isso é excelente.

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge