Música

BTS – LIVE TRILOGY EPISODE II: THE RED BULLET em São Paulo

Por Sam e Ells

Não conhece o BTS? Pois leia nosso post de aquecimento porque apresentamos o grupo lá, obrigada, de nada.

No dia 31 de julho houve o abençoado show do grupo sul-coreano BTS. Em sua segunda vinda ao Brasil, os 7 membros (J-Hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga e V) fizeram um belo show no Espaço das Américas, em São Paulo. Nós estávamos lá e fomos abençoadas. Muito abençoadas. Tipo, levantamos as mãos para o céu e agradecemos.

1

O veredito? Foi incrível. Absolutamente incrível. Uma das melhores coisas do show foi sua interatividade com os fãs. Em um momento o telão mostrava letras das músicas na versão romanizada, deixando bem mais fácil pra galera cantar o coreano (que a gente fingia saber); em outro era os membros fazendo o famoso aegyo (expressões fofas) durante as músicas e brincando um com o outro, sempre tirando intervalos pra conversar com as pessoas. Os meninos também faziam a fofura de deixar os fãs cantarem as últimas palavras dos versos depois de perceberem que eram as partes que eles mais sabiam; teve até J-Hope sendo um amor e incentivando todo mundo a cantar e depois rindo quando não conseguiam falar da forma certa. Foi lindo perceber o quanto eles se preocupam em fazer o show a melhor experiência possível.

Verdade seja dita, tudo começou extremamente sério. Os primeiros acordes de N.O foram suficientes para render gritos ensurdecedores da plateia, e os meninos começaram sua performance de forma profissional, com feições sérias e firmes por um bom tempo. Rap Monster olhava para a multidão como quem não gostava do que via (o que provavelmente era o caso), e tentava de forma calma pedir para que os empurrões intermináveis parassem, para a própria segurança dos fãs. O problema é que ele teve que fazê-lo três vezes durante o concerto, isso sem contar as vezes que ele insistiu que guardassem os celulares. Demorou por volta de 4 músicas para que o clima mudasse, e Jungkook foi o primeiro a se soltar mais no palco.

Durante toda a performance a energia dos meninos era impressionante, eles seguram o público no mesmo nível de diversão que eles até o fim, e mesmo com alguns parecendo bastante cansados no final (assim como os fãs), eles não paravam e pulavam com todo mundo. Menção especial (mesmo) para as melhores músicas que tocaram ao vivo aka If I Ruled The World, Cypher Pt. 3, I Need U, DOPE, Boyz with Fun e Rise of Bangtan. Esses foram com certeza os melhores momentos do show (realmente), e olha que um deles continha só 3 membros no palco; não existe forma precisa de explicar a situação quando Rap Monster, Suga e J-Hope dominaram o mundo com Cypher, mas parecia que tudo estava pegando fogo, de tão intenso que foi.

3

Apesar de tudo não podemos dizer que o show foi perfeito: antes dele acontecer houve um pouco de desorganização na fila, já que muitas pessoas que chegaram no dia conseguiram pegar lugares bons porque a casa de show não usou o sistema de fila planejado. E durante ele foi bem difícil lidar com todo mundo empurrando, a casa já estava lotada e, como já mencionado, até os membros perceberam e pediram para que a confusão parasse. 

Voltando para as coisas legais, os moços interagem muito bem entre si, brincando e rindo como um bando de idiotas. Quando o público começou a gritar “SUGA, SUGA”, J-Hope e Jimin se juntaram ao coro para implicar com o rapper. Em War of Hormone, V chutou a bunda do pobre Jimin, Jungkook saiu correndo do chute que V estava prestes a dar, e, no final da música, Jungkook e Jimin chutaram V por vingança. No fim do show, quando todos estavam saindo do palco, Jimin e Jin continuaram lá, e Jin começou a cantar sua parte de I NEED U de zoeira, e depois tentou ir embora; Jimin não deixou, e toda vez que Jin tentava escapar, era empurrado de volta ao palco por Jimin, o que resultou em Jin dançando o refrão da música sozinho de forma adorável, rindo bastante da situação.

Rap Monster, por ser líder e por falar inglês ~fluente~, foi o que mais se comunicou com a plateia, e tentou expressar sua alegria por estar em São Paulo novamente. E, o pior de tudo, trocou as letras de Miss Right para puxar o saco das brazucas: o que era “asian, caucasian girls” virou “asian, brazilian girls” e, por motivos óbvios, todo mundo gritou. J-Hope ficava fazendo aegyo e sorrindo e fazendo danças estranhas e danças sexy e colocando a língua pra fora, adorando a atenção do público. Jimin, que também parece ter curtido a histeria que causou ao levantar a camisa durante No More Dream, mostrou os abs quando não fazia parte da coreografia, só pra matar mesmo.

4

Os meninos arriscaram algumas palavras em português: Rap Monster disse “boa noite” e “eu te amo” (e até tweetou depois do show, ESTAMOS PODENDO), Jin, Suga e J-Hope soltaram uns “obrigado”s e Jungkook SENDO A COISA MAIS FOFINHA DO MUNDO falou “obrigada”. Jimin repetia “tá legal?” e “que legal!” sempre que podia, e V mantinha uma colinha pra quando quisesse agradar as fãs brasileiras, dizendo “como estão?”. V também resolveu berrar “GRITA” porque queria sair de lá surdo, e o público obedeceu; Jimin pronuncia “Brashil” e também pediu para que a plateia gritasse (sério, como se já não estivessem fazendo isso o show inteiro). Já no final, J-Hope saiu pulando e sorrindo com a bandeira nacional, todo animado.

Eles tentaram interagir com os fãs como podiam. Se comunicavam em inglês, se esforçando bastante e se saindo muito bem na língua (Suga demorava um pouco para articular suas palavras, de uma forma bonitinha, e disse “Brazil is amazing”. J-Hope, que ama a expressão “WOW”, não escondia sua animação ao falar “YOU GUYS ARE COOL!”, e Jimin disse “bless you”). Jin em algum momento apontou para alguém na plateia e sorriu, adorável, e durante sua parte em Just One Day ele ofereceu uma rosa para uma fã (não dá pra saber exatamente o que aconteceu depois disso, visto que um festival de empurrões se seguiu e foi impossível prestar atenção em algo além de não cair e acabar pisoteada). Jungkook fez algo similar, abaixando no meio do palco, apontando para as fãs que estavam na frente e sorrindo; ele e V pegaram coroas de flores que o público oferecia.

Nos aspectos técnicos o show foi quase impecável; para quem estava na pista o som era ótimo e funcionou sem falhas, assim como os microfones; a única coisa que atrapalhava na hora de escuta-los, na verdade, era o barulho de fãs gritando e cantando. A iluminação cooperava com a maioria das músicas, tornando as apresentações mil vezes mais divertidas, porém, em alguns momentos, uma luz azul iluminava o palco inteiro e deixava os meninos como sombras, tornando bem difícil de vê-los.

5

Depois do show, aconteceu o high touch, onde cerca de 300 pessoas tiveram o ~privilégio~ de tocar nos integrantes do grupo por um segundo e depois fingir que a vida segue em frente. Por ser depois de horas cantando e dançando, todos os participantes estavam mortos de cansados, e era evidente. O que não significa que foi uma coisa horrível.

Todos são muito simpáticos e bonitos (seres humanos não deviam ser bonitos daquele jeito, sério). V foi um amor, apertando a mão do pessoal e sendo bem receptivo. Suga estava sendo Suga, com uma lindíssima cara de quem queria estar dormindo. Jimin era todo sorrisos, dava vontade de bater de tão fofo. Jungkook era um poço de carisma, sorrindo muito também e falando “Hi” enquanto meio que fazia reverência, com aquele cabelo tão lindo que eu (Sam) cheguei a deixar o menino no vácuo. Jin é bem alto e lindo, e é só isso que posso dizer porque nesse momento o J-Hope disse “obrigadooooo” e eu travei.  J-Hope, com aquele rosto angelical e maravilhoso usava uma coroa de flores e sorria sem tentar esconder o cansaço e eu não falei “i love you” pra cara dele e morri de vergonha depois, nope. Rap Monster foi muito receptivo e é muito bonito, com as covinhas adoráveis dele dando um ar ~simpático~ para o líder.

Então, basicamente, os meninos se esforçaram muito pra que o momento fosse especial para os fãs, e, apesar de sua exaustão, conseguiram. A impressão que ficou do Bangtan é que os sete são pessoas que entendem seu trabalho e se importam muito com seu público, e fazem questão de criar uma atmosfera extremamente animada e inesquecível para quem está assistindo. Não tem como sair do show não querendo mais, apesar da dor no corpo e cansaço, a vontade é ficar a vida inteira naquele momento, assistindo aquele bando de idiota dançar e cantar e ser adorável no palco. O que nos resta é esperar que eles voltem para o Brasil durante a terceira parte de sua trilogia de concertos, e sejam tão incríveis quanto. VOLTA, BANGTAN! Sério, volta porque tá difícil viver sem vocês POR FAVOR VOLTA!!!!!!11

2

SETLIST

N.O

We Are Bulletproof pt. 2

We On

HipHop Lover

Let Me Know

Rain

Blanket Kick

Just One Day

Look Here

Propose

No More Dream

Tomorrow

Miss Right

I Like It

If I Ruled the World

Cypher PT.3: KILLER

War of Hormone

Danger

I NEED U

Boy in Luv

Path/Road

DOPE

Boyz with Fun

Rise of Bangtan

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Raíza
    14/08/2015 at 10:05 am

    Quanto BTS aqui essa semana, posta mais kkkkkkk Não consegui ir no show mais fiquei acompanhando tudo do meu quarto com um pote de sorvete, ano que vem eu vou com certeza. Queria ter visto o abs do Jimin ao vivo kkkk

    • Reply
      Sam
      23/08/2015 at 2:07 pm

      Olha, tem que ter muita concentração pra olhar pros abs do Jimin porque a quantidade de grito foi um negócio que eu espero nunca mais ouvir na minha vida, sério mesmo. Mas BORA ANO QUE VEM, tu não vai se arrepender. Ou talvez vá porque não dá pra superar depois e isso é um problema ops Mas vale muito a pena, apesar das saudades que sinto e *cries* E A VONTADE É POSTAR BTS TODO DIA NESSE SITE MAS SABE COMO É, TEM QUE TER VARIEDADE

  • Reply
    Giulliana Cristina
    10/12/2015 at 9:09 pm

    AAAAAAI meu deus, gente to no chão, sério. De longe foi a melhor matéria que eu já li sobre o assunto e olha que eu li várias. Fala sério gente eu imagino como esse show deve ter sido perfeito, anão sério já quero ir muuito mesmo. E esse Hi Touch? Como assim você vai lá conversa rapidinho com eles e segue a vida normalmente??? Isso é impossível gente -Q
    Sério to apaixonada demais! Adorei adorei adorei, obrigada por todos os detalhes e as fotos Vocês duas arrasaram! Beijãaaaao??
    Giulliana Cristina recently posted..Praticando o DeboísmoMy Profile

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge