Literatura

A menina que tinha dons, M.R. Carey

Por Nichollas Jaques

a menina que tinha dons - whosthanny.com

Melanie mora em um corredor. Especificamente numa das celas localizadas nele e seu mudo se limita a isso, saindo apenas para a sala de aula que fica em uma das portas da extremidade deste corredor, onde tem aulas por cinco dias na semana com outras crianças e passa os seus melhores momentos com sua amada professora Sra. Justineau.

A outra porta do corredor atiça a imaginação de Melanie constantemente, que é a mais inteligente de sua turma, o que causa destaque entre os trabalhadores da prisão em que vive. Sendo que, por mais inocente que seja garota e as outras crianças, elas são zumbis extremamente perigosos, e além do mais, têm pensamentos e sentimentos humanos. Acredita-se que estas crianças possam ser a chave da cura para erradicar os zumbis da face da Terra e por aí que se desenrola a trama.

Nesta história os zumbis, aqui chamados de famintos, são gerados a partir de um fungo (e ele realmente existe, Ophiocordyceps unilateralis, porém afeta apenas formigas), que sofreu uma mutação, podendo parasitar o corpo humano transformado-o em hospedeiro. Os zumbis são extremamente rápidos e fugir não é uma opção. Eles também sentem os humanos pelos sons e olfato, por causa disso são utilizados componentes para bloquear o cheiro humano. Os zumbis não são os únicos temores dos sobreviventes, alguns humanos chamados “lixeiros” matam impiedosamente quem não faça parte do seu grupo.

O livro é denso e o confronto de personalidades dos personagens deixa-o com um caráter digno de um survival pós-apocalíptico, revelando o pior de cada um em momentos de crise. Ao passar das páginas a Melanie consegue ser mais nobre que os próprios humanos, mesmo sendo um zumbi.

A narrativa de M. R. Carey dá uma nova abordagem para histórias de zumbis e consegue refletir nesta obra sua qualidade já mostrada em produções como, X-Men, Lúcifer, Hellblazer, Batman e Quarteto Fantástico. Apesar da densidade da obra, a leituraé fácil e bem rápida, sem perder a tensão. O livro é muito bem amarrado e o instiga a ler para ver o densenrolar da história que tem um final bem bad vibe.

PS: Está sendo produzida uma adaptação cinematográfica, então leia antes de ser lançado!

informações

Cortesia da editora para resenha.
Título: A menina da que tinha dons
Autor: M. R. Carey
Tradutor: Ryta Vinagre
Número de Páginas: 384
Edição: 1 – 2015
ISBN: 978-85-68432-02-0
Editora: Fábrica 231
Preço: R$ 29,50 (Compre com desconto aqui)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    monique
    12/07/2015 at 8:02 pm

    Já ouvi falar sobre esse livro mas nunca li. Gostei da sua resenha. Me deixou com vontade de conhecer mais da história :)

  • Reply
    Gabriela Morgante
    13/07/2015 at 4:04 pm

    A capa desse livro sempre chamou minha atenção , mas eu tinha uma ideia complestamente diferente da história (sem ler a sinopse haha). Esta resenha me surpreendeu demais, realmente parece ser uma história diferente e bem escrita sobre zumbis!
    Irei conferir :)

    Beijos,

    Gabi
    Mundo Platônico
    Gabriela Morgante recently posted..#RESENHA “À Espera de um Milagre”My Profile

  • Reply
    Dead Island, Mark Morris - Who's thanny?
    10/08/2015 at 5:33 pm

    […] e achar um que se destaque é difícil para mim, aliás li um livro incrível de zumbis chamado A Menina que tinha dons que é uma obra de zumbi de destaque. Não digo isto como se o livro fosse ruim, ele é razoável, […]

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge