Cinema

A Jovem Rainha Victoria (2009)

História sempre foi meu forte, até minha fascinação, então é impossível não haver um filme épico entre os meus favoritos e — olha só, é um romance!

Then you had better master the rules of the game until you play it better than they can.

Protagonizado por Emily Blunt, o filme do qual vos falo retrata os turbulentos primeiros anos de reinado da Rainha Victoria, a qual representou a monarquia inglesa durante o mais próspero período industrial do país. Passando pelo romance e também envolvendo um certo tempo antes de Victoria assumir o trono, um dos focos principais é a incessante busca pela independência de nossa protagonista, seus esforços para se livrar dos jogos de sua mãe, do conselheiro da mesma, Sir John Conroy (Mark Strong) e de seu tio, o rei belga.

No entanto, entre coroações e esperanças de se ver livre, Victoria acaba caindo nas mãos de outro como um fantoche. Líder do partido liberal, Lorde Melbourne (interpretado por Paul Bettany — lindo, ouch, you sick bastard!!!) entra em um cabo de força pela integral confiança da rainha, desafiado ainda por Albert, futuro marido de Victoria. Este, retratado pelo talentosíssimo e lindíssimo Rupert Friend, vive com a personagem de Blunt uma história de amor que se tornou uma das minhas favoritas, repleta de carinho, desencontros e aprendizado da parte de ambos. As figuras reais, aliás, governaram o Reino Unido juntos por vinte anos e eu estou querendo um Albert pra mim.

Sua coisinha fofa, por favor, vem pra mim, Rupert!!!

I had two very good reasons. First: I am replaceable and you’re not. Second: you’re the only wife I’ve got or ever will have. You are my whole existence and I will love you until my very last breath.

Em meio a tantos pontos fortes, A Jovem Rainha Victoria se destaca no elenco. Emily Blunt está impecável, demonstrando a força da personagem até em seus momentos mais frágeis. O intérprete do Príncipe Consorte Albert então!!! Eu já disse que o Rupert Friend é um dos mais espetaculares talentos britânicos dos dias de hoje? Pois ele é e você pode vê-lo agora em Homeland mostrando seu tão lindo traseiro. E, como todo mundo sabe, na minha vida eu só tenho pagação de pau pelo Paul Bettany, porque ele é tudo de bom. Sim. Dos principais aos coadjuvantes, pelo amor de Deus, os atores não se permitiram errar, invocaram e encarnaram tais importantes figuras históricas da Inglaterra.

O figurino também, devo dizer, é divino! Chegou a ganhar o Oscar em 2010 e merecidamente. A imagem, então, incrível! Holy freaking hell, se vocês acharam que a review ia continuar aquela coisinha formal, erraram feio! Eu quase grito quando falam nesse filme, fico louca, porque ele é simplesmente uma das coisas mais lindas que já foram criadas. Argh! Estou toda derretida só de pensar em Albert/Victoria, porque o que eles representam um para o outro é mágico. <3 Já posso falar de novo da atuação? Porque, é, foi perfeita demais pra citar só uma vez, assim como esse filme todo e as tantas lágrimas que eu soltei ao assisti-lo.

ficha técnica

Diretor: Jean-Marc Vallée
Elenco: Emily Blunt, Rupert Friend, Paul Bettany, Miranda Richardson, Mark Strong, Jim Broadbent.
Trilha sonora: Ilan Eshkeri.
Roteiro: Julian Fellowes.
Duração: 105 min.
País: Inglaterra.
Gênero: Drama, Romance, Histórico.
Trailer: (x)
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Camila Costa
    26/11/2012 at 8:58 am

    romances históricos já tem um lugar reservado no meu coração hahaha *-*
    poxa me sinto ignorante, nunca havia ouvido falar desse filme, mas já está na lista de downloads, adoro a emily blunt embora ainda não tenha visto taanto assim do trabalho dela: eis a chance
    otima dica, bjos /smile
    Camila Costa recently posted..12 Cliques – Charlotte Street – Danny WallaceMy Profile

    • Reply
      Geo
      02/02/2013 at 7:04 pm

      Romances históricos são lindos, não? Se gosta tanto, indicarei a você O Amante da Rainha, um filme dinamarquês que foi indicado ao Oscar este ano na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Estarei resenhando-o em breve, mas assista! É lindo e doloroso.
      Muito obrigada pelo comment!

    Leave a Reply

    CommentLuv badge