Cinema

A Hospedeira (2013)

A Hospedeira (2013), adaptação do livro de Stephenie Meyer, perde a chance de se aprofundar em um confronto relevante entre aliens e seres humanos e vira um romance adolescente ruim que certamente não será lembrado.

Com o planeta Terra dominado por alienígenas que utilizam humanos como hospedeiros, Melanie (Saoirse Ronan) é um dos “rebeldes” seres humanos que conseguiram escapar; logo no início do filme ela se torna um deles, depois de se sacrificar para salvar a vida do irmão e do namorado Jared (Max Irons). Diferente de outros da espécie, Melanie continua viva no seu corpo, junto com a tal alienígena, chamada Wanda, que tem controle de suas ações e  fala. A partir disso o filme começa a perder o rumo, o roteiro possui falhas simples que não consegue cobrir ao longo da história, e a ficção científica cai no buraco negro de um triângulo amoroso (tecnicamente um quadrado amoroso) e flashbacks desnecessários.

Mesmo com um bom elenco, nenhuma das atuações chama atenção. Muitas vezes exagerada, Saoirse Ronan não consegue transmitir coerentemente a diferença entre as duas personagens que interpreta.

Diálogos não foram bem aproveitados com a história que tinham por base, o que é uma pena, já que existe potencial no contexto do filme, e infelizmente não foi bem executado. É claro que essa não era exatamente a intenção, já que o livro não tinha esse propósito de manter o foco na invasão alienígena ou na criação de personagens realmente cativantes; mas estamos falando de um filme, e o “contexto interessante” não consegue salvá-lo das inúmeras falhas.


Com um ritmo lento, existem cenas envolventes, principalmente entre Melanie/Wanda e seu irmão, Jamie. Ainda assim, elas são ofuscadas pelo romance inserido no meio de tudo, e a falta de comprometimento (seja dos atores, roteiristas ou produção) que impediu qualquer afeto que eu poderia sentir pelos personagens.

Não posso dizer que tudo no filme é ruim e completamente dispensável, não; para quem é fã do livro, acredito que a construção dos personagens e do roteiro não deixará muito a desejar; mas para o espectador casual, pode ser algo cansativo, e depois de 30 minutos, até esquecido.

 

ficha técnica


Direção: Andrew Niccol
Elenco:  Saoirse Ronan, Jake Abel, Max Irons, Diane Kruger, Boyd Holbrook, Chandler Canterbury, Frances Fisher, William Hurt
Roteiro: Andrew Niccol
Duração: 125 min.
País: Estados Unidos da América
Gênero: Romance, Aventura, Ficção Científica
Trailer:(x)
Classificação: ★★☆☆☆

 

 

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    Gabi
    08/06/2013 at 1:38 pm

    Bem, não posso falar pelo espectador casual – a não ser que a opinião da minha mãe conte. Mas como você disse, como fã do livro, não achei o filme tão ruim. Achei até que eles souberam adaptar o livro muito bem, embora realmente tenham deixado algumas falhas.

    Só por curiosidade, você já leu o livro? Porque, apesar de o livro realmente não ser focado na invasão, ele tem muito mais detalhes legais sobre os alienígenas.

    (:
    Gabi recently posted..Um Milhão de Sóis (Através do universo #2) – Beth RevisMy Profile

  • Reply
    David Andrade
    09/06/2013 at 12:37 am

    É, vou falar pelo lado de fã tambem. Eu achei que a adaptação poderia ter sido melhor, apesar dos roteirista terem feito o melhor possivel, mas não acho que a questão romance seja um ponto ruim no livro. Pelo contrário, o romance é até legal. Totalmente diferenciado de Twilight, Stephenie Meyer deu outros olhares para esse novo mundo que desenvolveu, além disso, acredito que sua escrita tenha evoluido bastante, e apesar de muitos detalhes terem ficados meio fora de foco no livro, é um dos meus favoritos!
    David Andrade recently posted..#Mimos!My Profile

  • Reply
    Jheyscilane
    14/06/2013 at 3:37 pm

    Tenho o livro mas nunca li :/ e quando saiu as notícias de que viraria filme eu fiquei curiosa e esperançosa de que algo legal sairia, você não gostou muito do filme e fiquei mais curiosa ainda para assistir, gosto do trabalho da Saoirse Ronan e espero não me decepcionar, porém irei ler o livro primeiro /blink

  • Reply
    Sam
    22/06/2013 at 8:07 pm

    Ells causando polêmica SIM OU SIM? Ainda quero assistir o filme porque ELENCO, mas as expectativas – que por acaso nunca foram muito altas – foram pro subsolo. Acontece.

  • Reply
    Mayara (@MayaraMah)
    12/09/2013 at 1:40 pm

    O livro é bom e na adaptação cinematográfica deixaram passar muitos detalhes importantes, quiseram criar algo mais “romântico”, não odiei o filme. Achei bonzinho, claro que sempre pode ser melhor. Gostei principalmente da música que toca quando o filme está acabando: Radioactive – Imagine Dragons *-*

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge