Literatura

A Herdeira, Kiera Cass (A Seleção #4)

Para todos aqueles que ficaram #chatiados quando virou a última página do terceiro livro da Seleção porque, vamos falar a verdade, ele não foi tão divertido quanto os dois anteriores, pouco antes da bienal do ano passado em SP foi anunciado que haveriam mais livros, fiquem sabendo: AINDA BEM!!

A Herdeira Seleção Kiera Cass

A Herdeira, quarto livro da série, é contado no ponto de vista de Eadlyn, a filha mais velha de America e Maxon. Aos 18 anos, ela se vê no meio de uma confusão entre súditos e realeza e com o intuito de ganhar tempo resolve topar em fazer uma Seleção para ganhar tempo. O único probleminha é que Eadlyn, bem, não acredita nadinha em amor eterno e tem absoluto P A V O R de dividir seu trabalho de (futura) rainha com um ~~homem~~. Na verdade, ela tem plena certeza que consegue fazer isso sozinha sem um companheiro, mesmo que seu gêmeo e seus pais vivam afirmando que seria muito mais fácil com alguém para dividir a carga.

No entanto, quando a Seleção começa, aos poucos Eadlyn vai amolecendo e embora ninguém tenha feito seu coração bater mais forte, embora seja muito difícil se imaginar casada um dia, a princesa se vê construindo um carinho por cada rapaz, especialmente aqueles que a surpreendem de maneira agradável.

I’m not sure if fate or destiny is real. But I can tell you that sometimes the very thing you’ve been hoping for will walk through the door, determined to fend you off. And still, somehow, you will find that you are enough.

A verdade sobre A Herdeira é que assim que comecei a ler eu SOUBE que ele era tão legal quanto A Elite, que tinha sido o melhor volume da série até então. Eadlyn é uma cética completamente diferente de America, ela é uma azeda maravilhosa que deixou tudo muito divertido. Muito mesmo. E os meninos não ficam atrás. E, para ser sincera, talvez eu goste dele até um pouco mais. A perspectiva diferente da selecionadora ao invés da selecionada narrando é bem mais interessante, principalmente partindo do fato que Eadlyn tem zero vontade de ~~encontrar um amor~~.

A melhor palavra para descrever a leitura é “isso é tÃO DIVERTIDO!”. Porque a gente sabe desde que o primeiro livro foi lançado que A Seleção não é para ser uma história política. Na verdade, a política foi o que mais ou menos arruinou o terceiro livro, então foi bom ver que Kiera aprendeu que a fórmula certa é focar no romance, porque em time que tá ganhando não se mexe. E como ela aprendeu isso bem!

As partes mais legais são quando Eadlyn descobre pequenos fatos sobre a Seleção dos pais dela. Ela sempre fica muito surpresa e isso sempre muda um pouco seu modo de encarar a situação.

Em suma, foi muito mais legal ler esse volume quatro do que o que tivemos para ler antes (os contos e o terceiro livro, estou olhando para vocês) e se você ainda tinha dúvidas (como eu) se queria continuar investindo nessa série a resposta é: SIM.

informações

Cortesia da editora para resenha
Título: A Herdeira (A Seleção #4)
Autor: Kiera Cass
Tradutor: Cristian Clemente
Número de Páginas: 392
Edição: 1ª edição/2015
ISBN: 9788565765657
Editora: Seguinte/Companhia das Letras
Preço: R$29,90
Classificação: ★★★★★

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

CommentLuv badge