Literatura

A Casa das Orquídeas, Lucinda Riley

“Toda casa tem seus segredos e todo amor, seu preço.”

Confesso que ao primeiro olhar, “A Casa das Orquídeas” pode não parecer um tanto atraente para aqueles que não gostam de romances melosos, pois é isso que a capa sugere. Achei que não iria me envolver, ou que seria um “mais do mesmo”, leitura enfadonha. Não poderia estar mais errada.

Envolvente, emocionante, sensível, sensacional. Daqueles livros que não se para a leitura, que se anseia para a próxima página, o próximo capítulo. Não consigo, de fato, expressar a emoção que se sente ao lê-lo, pois de fato é algo surreal. O livro é um convite a pensarmos o quanto os lugares onde passamos nossas vidas nos afetam, e afetam a outras pessoas.

É o caso de Wharton Park, casarão antigo, onde se passam as tramas e subtramas de todos os personagens. Mansão aristocrática, que chegou a vida de Julia devido aos seus avós, que trabalhavam na casa. Ela sempre adorou o lugar, sua estufa cheia de orquídeas, sua arquitetura, tudo. O tempo passa, e ela se distancia do lugar.

Julia, agora famosa pianista, volta à Inglaterra para se recuperar de um trauma em sua vida, e a convite de sua irmã, volta para Wharton Park, que está pra ser vendida. Lá, reencontra Kit Crawford, atual dono da mansão, e personagem de seu passado.

Kit encontra um diário na mansão, e como acredita ser do avô de Julia, vai devolvê-lo. Através desse diário, e com ajuda da avó de Julia, Elise, somos transportadas à Wharton Park dos tempos da II Guerra Mundial, e das vidas dos jovens, Olivia e Harry. Esse diário carrega o segredo de uma família, escondido por gerações, junto com seus amores e sofrimentos.

Com as revelações do diário, Julia é levada a repensar suas atitudes, o seu modo de olhar a vida, e – com ajuda de Kit e Elsie – voltar a viver.

A narrativa em terceira pessoa, intercalada com alguns momentos de pensamento da personagem principal, ajuda a nos envolver ainda mais. De leitura fácil, porém bastante rica em descrições e detalhes que nos transportam para dentro do mundo e dos lugares de seus personagens. “A Casa das Orquídeas” é um livro para se emocionar.

Informações

Título: A Casa das Orquídeas
Autor: Lucinda Riley
Número de Páginas: 560
Edição: 1ª – 2012
Editora: Novo Conceito
Preço: R$26,90
Classificação: ★★★★☆

Postagens Relacionadas:

You Might Also Like

12 Comments

  • Reply
    Mareska
    August 16, 2012 at 4:40 pm

    Não sabia do que se tratava o livro… não me chamou muito a atenção, não sei se é muito meu tipo de leitura.
    Mareska recently posted..APAIXONADA POR PALAVRAS (Paula Pimenta)My Profile

    • Reply
      Gii Vasconcelos
      August 17, 2012 at 2:55 pm

      Bom, foi como eu disse na resenha né, de inicio tambem não me chamou muito a atenção, fui ler bem desacreditada mesmo… Mas me apaixonei!

  • Reply
    Maria Silvana
    August 17, 2012 at 6:33 am

    Oie =)
    Tenho esse livro aqui, confesso que ainda não o li por dois fato, primeiro que tenho várias leitura na frente e 2 ele é imenso!!
    Contudo estarei lendo e quero me emocionar como você!

    Oie Bruna =)
    menina quando vi esse livro já adicionei no skob, mas nem sabia que era tçao imenso, descobrir em uma caixinha de correio.
    Lendo a tua resenha, me fez ver que não imaginava que ele fosse assim triste e tudo mais, contudo ainda quero ler sobre as situações que Belle passa, e quero me sentir como você

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana
    Maria Silvana recently posted..** Entre Linhas e Letras **My Profile

    • Reply
      Gii Vasconcelos
      August 17, 2012 at 2:54 pm

      Pois dá uma chance! haha A leitura é gostosa, fácil e bem rápida!
      Tenho certeza que você não vai se arrepender ;)

      Beijinho!

  • Reply
    Jeniffer Haddad
    August 17, 2012 at 12:13 pm

    Confesso que a capa não é muito atrativa para mim, mas sempre que leio uma resenha sobre esse livro vejo que a galera gosta. Pretendo um dia desses comprar, ler e tirar minhas conclusões. :D
    Adoro segunda guerra mundial

    • Reply
      Gii Vasconcelos
      August 17, 2012 at 2:52 pm

      Pois você vai adorar. A segunda guerra mundial é só um plano de fundo pra história linda, linda ^^

  • Reply
    Anderson Vidal
    August 17, 2012 at 2:11 pm

    Adoro a capa desse livro, a união da capa+contracapa é demais, instiga bastante sobre qual é o fato que une as raízes da família.
    Sua resenha ficou muito boa! Tenho muita vontade de ler este livro, o que me desanima são as quase 600 páginas!
    Adorei a resenha!

    Beijos, Anderson Vidal /grin
    Hooked for Books
    Anderson Vidal recently posted..Insurgent por Veronica RothMy Profile

    • Reply
      Gii Vasconcelos
      August 17, 2012 at 2:52 pm

      Nossa, mas juro que você nem percebe o tamanho do livro! haha A leitura é tão gostosa, que você vai lendo sem perceber e quando vê, já tá no finalzinho!

      Beijinhos!

  • Reply
    Raíssa Lins
    August 22, 2012 at 1:34 am

    Eu vi essa capa e não me encantou muito, sabe? Não me chamou a atenção, mas estão falando tão bem dele que tenho de repensar essa minha primeira impressão :) E agora faz todo sentido o livro ser assim, enorme, afinal ele conta duas histórias paralelamente.
    Raíssa Lins recently posted..Branco é Para MagiaMy Profile

  • Reply
    Ana Maria
    November 3, 2016 at 10:12 am

    Nossa adorei!! Quero começar a ler agora mesmo. Obrigada!

  • Reply
    Luiza
    December 23, 2016 at 11:33 am

    Juro que não o conhecia, mais me chamou muito a atenção. Irei lê em breve..

  • Reply
    Ricardo
    December 25, 2016 at 9:48 pm

    Já está na minha lista de próximos livros a serem lidos

  • Leave a Reply

    CommentLuv badge